“A Persistência da Memória”: 25 anos sem Salvador Dalí

Salvador Dalí

Salvador Dalí

Grandioso do Surrealismo, Salvador Dalí faleceu em 23 de janeiro de 1989 deixando para o mundo o seu legado em obras que transmitem a desafiadora análise da sociedade por meio do inconsciente. Vinte e cinco anos depois de sua morte, Dalí continua atual e os estudos de suas pinturas ainda exigem diversas interpretações.

Artista múltiplo, Dalí percorreu diferentes vertentes como pintura, escultura, cinema, fotografia e teatro. Também escreveu. As marcas de suas obras são de aspecto profundo de um artista em estado de vigília (no limiar do sonho e da realidade) construindo uma crítica ao racionalismo, ultrapassando as doutrinas impostas pela sociedade e exigindo a libertação da mente humana por meio do fluxo de consciência.

A estética de Dalí fornece um diferente olhar para as obras de artes, deixando a tradição da representação da realidade de lado e concentrando-se no universo dos sonhos para formar uma análise poética dos conceitos tradicionais.

O humor excêntrico de Dalí desafiou as camadas artísticas do início do século XX com obras que abordam um diálogo entre sonho e realidade, tendo as imagens completamente fora do habitual, mas que transmitem linguagens artísticas na crítica com foco na política, história, sociedade, guerra, religião e costumes.

Quadros que distorcem objetos, como “A Persistência da Memória”, a representação da religião como em “A Última Ceia”, os temores da guerra em “A Face da Guerra”, o sonho e suas variações que misturam o inconsciente e a realidade vistos em “Sonho Causado Pelo Voo de uma Abelha ao Redor de Uma Romã um Segundo Antes de Acordar” e a releitura do surgimento do Homem em “Criança geopolítica assistindo ao nascimento do Novo Homem”.

Personalidade controversa

A Persistência da Memória. S. Dalí.

A Persistência da Memória. Salvador Dalí.

O campo da política, apesar de ter desempenhado um significativo papel na emergência artística de Dalí, não poderia deixar de ser controverso como a própria personalidade do artista. Sabe-se que André Breton, também um dos grandes nomes do surrealismo, estabeleceu um esforço hercúleo na tentativa de desvincular o nome de Dalí do movimento surrealista, uma vez que o artista catalão foi inúmeras vezes apontado como apoiador do ditador Francisco Franco.

Dalí chegou a denunciar seu colega e cineasta surrealista, Luis Buñuel, como comunista e ateu, levando Buñuel a ser despedido de sua posição de chefe do Departamento de Escrita no Museu de Arte Moderna de Nova York e consecutivamente ingressar na lista negra do cinema americano.

Ao mesmo tempo, o pintor era amigo pessoal do arquiteto Paulo László e admirador declarado de Freud e Einstein, todos judeus – o que ia de encontro com a postura antissemita de Franco. Também trocou telegramas de admiração com Nicolae Ceausescu, líder comunista romeno e ainda chegou a declarar, em 1970, ter abraçado o anarquismo e o comunismo. Polêmicas a parte, Dalí sempre mostrou-se ligado à política e ao homem de seu tempo, o que permitiu ao artista um senso crítico e uma ironia dificilmente vislumbrada em outros nomes da arte.

Parcerias

A Tentação de Santo Antônio. Salvador Dalí.

A Tentação de Santo Antônio. Salvador Dalí.

Como já dissemos, Dalí foi um artista múltiplo. Estabeleceu uma grande lista de parcerias, algumas mais conhecidas, outras inusitadas. As mais conhecidas delas talvez sejam a já dita parceria – turbulenta – com Luis Buñuel, no filme Um chien andalou (aquela com a famosa cena do corte do globo ocular com uma navalha) e com o também cineasta e animador, Walt Disney, na coprodução do curta-metragem Destino. O filme só foi completado e lançado em 2003, 58 anos depois de sua idealização. Também estabeleceu grande parceria com o poeta e dramaturgo espanhol, García Lorca, como na peça teatral Mariana Pineda. Os dois também estabeleceram grande amizade e uma vasta troca de cartas, que deu origem ao livro Querido Salvador, Querido Lorquito, reunião epistolar das duas figuras.

No rol das mais inusitadas, Dalí foi contratado pela estilista italiana Elsa Schiaparelli para a confecção de um vestido da coleção da estilista.  Com Christian Dior, criou uma complexa peça de roupas chamada “fantasia para o ano de 2045”. Dalí também colaborou com o estilista espanhol Paco Rabanne, juntamente com o fotógrafo Jean Clemmer, que resultou num conjunto de fotografias de moda no mínimo irreverentes.

Foram vastas as imagens que fizeram de Dalí um artista singular, demonstrando que a Arte não tem limite. Sua influência ainda em vida formou conceitos vanguardistas nos diversos segmentos artísticos. Vinte e cinco anos de sua morte, por insuficiência cardíaca, em Figueres, na Catalunha e Dalí ainda é referência. Suas obras são estudadas e interpretadas pelas gerações que o sucederam, ampliando o conhecimento e contribuindo para a importância de um artista que alargou brilhantemente os horizontes da Arte.

A “Divina Comédia” em São Carlos

Gravuras de A Divina Comédia. Salvador Dalí

Gravuras da Divina Comédia. Salvador Dalí

A cidade de São Carlos recebeu uma doação de 100 gravuras elaborada por Salvador Dalí retratando a obra Divina Comédia escrita por Dante Alighieri. Doadas em abril do ano passado, além de ter passado por diversas polêmicas, até hoje a cidade não obteve resposta de quando as gravuras serão expostas para a população.

Divididas em três partes, as gravuras reproduzem as temáticas do Inferno, Purgatório e Paraíso, também encontradas na obra de Alighieri. Orçada, segundo a prefeitura da cidade, em R$ 50 milhões, as gravuras doadas para São Carlos completarão um ano e nem sinal de abertura pública para vislumbrar mais um trabalho do pintor catalão.

Jorge Filholini Vinicius de Andrade

2 comentários sobre ““A Persistência da Memória”: 25 anos sem Salvador Dalí

  1. Pingback: Função soneca « Aleatórias Palavras

  2. Pingback: Frenesi do séc. XXI | poeiraestelaar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s