Hey ho, let’s go! 40 anos dos Ramones

Capa do álbum Ramones, de 1976.

Capa do álbum Ramones, de 1976.

2014 marca os 40 anos do The Ramones. Seja pela primeira reunião do grupo (Joey, Dee Dee e Johnny), em 27 de janeiro de 1974, seja pelo primeiro show da banda, em 30 de março do mesmo ano, 1974 seria o primeiro impulso que consagraria o grupo norte-americano de punk rock no cenário musical mundial.

Numa década em que a técnica das guitarras do Pink Floyd e do Rush, a virtuose dos acordes de Tony Iommi no Sabbath e as superproduções do Glam ditavam as regras do que as gravadoras e as rádios esperavam, um trio do subúrbio nova-iorquino de Forest Hills se juntava para nadar contra a corrente. Com instrumentos baratos, Dee Dee assumia o baixo e vocais, enquanto Johnny passava sua correia na guitarra e Joey preparava suas baquetas na bateria.

A formação inicial pode parecer estranha àquela que ficou mais conhecida, mas os riffs áridos e as músicas curtas já se delineavam ali.

Já com Joey nos vocais e com suas composições tecnicamente simples e repetitivas, rápidas e diretas, os Ramones sobem ao palco do CBGB (templo e refúgio do rock underground nova-iorquino) para apresentar uma sonoridade única, fruto das influências rockabilly e das girl-bands dos anos 1960, além de bandas como The Velvet Underground e The Stooges.  O nome The Ramones também vem de uma influência: Os Beatles. Fãs do quarteto inglês, todos adotam como sobrenome “Ramone”, nome usado por Paul McCartney para despistar fãs e jornalistas quando reservavam hotéis na Alemanha.

Curta a página do Livre Opinião – Ideias em Debate no Facebook e fique por dentro do nosso conteúdo.

Primeira formação do grupo.

Primeira formação do grupo.

Joey Ramone, Johnny Ramone, Dee Dee Ramone, Tommy Ramone, Marky Ramone, Richie Ramone, C. J. Ramone e Elvis Ramone passaram pela formação da banda, que gravou mais de 20 álbuns. Com a morte de Joey e Johnny, acometidos pelo câncer, o membro mais ativo do grupo nos dias de hoje é Marky Ramone, que passou pelo Brasil no ano passado tocando com Michale Graves (ex-Misfits).

Além da influência que o grupo deixou em diversas gerações de fãs e músicos ao redor do planeta (eles chegaram a realizar mais de 2.500 shows ao redor do globo) e de se consolidarem como uma das maiores bandas – não só de punk rock – da história, os Ramones deixaram saudade. Para relembrar estes 40 anos de banda, o Livre Opinião – Ideias em Debate selecionou 10 músicas que marcaram a história da banda:

Blitzkrieg Bop 

(música mais conhecida do grupo, ainda que muitos não saibam que este é seu verdadeiro nome)

The KKK Took My Baby Away

Now I Wanna Sniff Some Glue

I Believe In Miracles

Commando

Somebody Put Something In My Drink

I Wanna Be Sedated

Judy is a Punk

Beat on the Brat

Pet Sematary

Sobre listas: listas são assim, agradam ou desagradam. Compartilhe nos comentários quais músicas da banda você colocaria ou removeria da lista do Livre Opinião – Ideias em Debate.

Vinicius de Andrade

Um comentário sobre “Hey ho, let’s go! 40 anos dos Ramones

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s