Cinco filmes sobre a Ditadura Militar no Brasil

Com o cinquentenário do Golpe Militar chegando, durante anos o cinema nacional construiu a temática para retratar as opressões, torturas, sequestros e conflitos ideológicos que marcaram a fase social e política do país, tendo como ponto de vista os relatos de pessoas que vivenciaram o período.

Diante desse aspecto, diversos filmes aprofundaram a temática do Regime Militar, denunciando casos e mortes de militantes que lutaram contra a conduta dos governantes, assim como elaboraram enredos que possibilitaram debates em relação à problemática do governo militar no país.

O Livre Opinião selecionou cinco filmes importantes para compreender o período que marcou o país. os relatos reais inovaram o cinema nacional, transformando clássicos cinematográficos em documentos necessários para a história do Brasil. Confira a seguir nossa lista.

AÇÃO ENTRE AMIGOS (1997)

bbrant2

Influente cineasta do cinema independente, Beto Brant retrata quatro amigos presos durante o Regime Militar após tentativa de roubo em um banco no ano de 1971. Na prisão, todos os amigos foram torturados. Anos depois, os quatro amigos em um fim de semana de pescaria reconhecem o torturador deles, fazendo com que decidissem acertar as contas com o torturador, mas descobrem que nos tempos da Ditadura um dos quatro amigos delatou a ação do roubo do banco para os militares.

BATISMO DE SANGUE (2007)

batismo

Baseado no livro homônimo de Frei Betto, o filme retrata as memórias de Frei sobre o Regime Militar, focado nos frades dominicanos na resistência ao governo, apoiando ações de grupos guerrilheiros que lutavam contra a Ditadura. O filme aborda a violência das torturas que os frades foram submetidos e a relação que tiveram com Carlos Marighella, executado por policiais do DOPS.

CABRA MARCADO PARA MORRER (1984)

1361302232_581304_1361302287_noticia_normal

Obra-prima do documentarista Eduardo Coutinho, que durou mais de 17 anos para ser concluída. Anteriormente ao Golpe Militar, Coutinho e equipe foi até o engenho da Galileia, na Paraíba, para retratar o assassinato do líder camponês João Pedro Teixeira, pelo ponto de vista de seus familiares e amigos. Devido a Ditadura, as filmagens foram interrompidas por alegação de que a equipe tinha ligação com comunismo. 17 anos depois, Coutinho retoma as filmagens e sai em procura da viúva de João Teixeira, Elisabeth, que fora ameaçada pelo regime militar e decidiu viver na clandestinidade.

Marcante documentário sobre a censura e a opressão que a Ditadura forneceu no período, assim como mostra a força de Coutinho em concluir sua obra que se tornou marcante para o cinema nacional.

 

O DIA QUE DUROU 21 ANOS (2013)

o-dia-que-durou-21-anos

Outro documentário que retrata o período da Ditadura, mas mostra a influência do governo dos EUA no Golpe Militar no Brasil. O filme retrata a participação da CIA na articulação do Golpe, tendo como provas gravações da época onde mostrou o posicionamento dos presidentes americanos John F. Kennedy e Lyndon Johnson para tirar João Goulart da presidência brasileira.

Filho de jornalista que lutou na Ditadura, o diretor do documentário Camilo Tavares articula o debate dos dois lados ideológicos que permearam o período do governo Militar. No documentário diversos relatos de pessoas que ainda defendem a Ditadura e aqueles que lutaram contra, um equilíbrio que formulará debates após a sessão.

 

PRA FRENTE BRASIL (1982)

pra-frente-brasil01

Corajoso filme lançado durante o governo militar, “Pra Frente Brasil” retrata a história de Jofre (Reginaldo Faria), um cidadão da classe média que é confundido por militante. Preso, torturado e mantido em cativeiro, Jofre sofre os horrores da repressão ditatorial enquanto a Copa do Mundo de 1970 acontece para a vibração da população. O título é uma sátira da marchinha elaborada para a Copa daquele ano.

O filme causou polêmica no ano de seu lançamento, fazendo com que o governo protocolasse um documento listando nomes de diretores consagrados do cinema brasileiro que, segundo denúncias do governo militar, tinham relações com a esquerda, além de proibir a exibição de “Pra Frente Brasil” nos cinemas.

Anúncios

Um comentário sobre “Cinco filmes sobre a Ditadura Militar no Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s