Literatura e Sociedade: 96 anos de Antonio Candido

Candido-uspHoje o maior crítico literário brasileiro completa 96 anos. Sociólogo, literato e professor, Antonio Candido desenvolveu uma obra crítica extensa e respeitada, não se limitando à literatura brasileira.

Professor-emérito da UNESP e da USP, e doutor honoris causa pela Unicamp, Antonio Candido estrou na crítica literária na revista Clima, que circulou na década de 1940. Lá trabalhou com nomes como Décio de Almeida Prado, Alfredo Mesquita e Gilda Rocha de Mello e Souza, que viria a ser sua esposa.
Logo depois, em 1942, passou a ocupar a cadeira de Sociologia II e trabalhou com Florestan Fernandes. Também passou a colaborar com o jornal Folha da Manhã, publicando diversos artigos e resenhando as primeiras obras de João Cabral de Melo Neto e Clarice Lispector.

Obteve o título de livre-docente com a tese Introdução ao Método Crítico de Sílvio Romero e, em 1954, o grau de doutor em Ciências Sociais com a tese Parceiros do Rio Bonito, ainda hoje um marco nos estudos brasileiros sobre sociedades tradicionais. Na USP, como professor-titular de Teoria Literária e Literatura Comparada da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (assim denominada após 1970), tornou-se uma das maiores influências da formação de grande parte da intelectualidade nacional, ainda que indiretamente. Entre os seus “discípulos” estão Antônio Lázaro de Almeida Prado, Fernando Henrique Cardoso, Roberto Schwarz, Davi Arrigucci Jr., Walnice Nogueira Galvão, João Luiz Lafetá e Antônio Arnoni Prado.

Além dos estudos acadêmicos voltados à literatura, Antonio Candido também desempenhou papel forte na política do Brasil. Por meio de documentos, textos e artigos, Candido demonstrou sua militância política na vertente socialista para lutar contra os inúmeros embates com os modos oligárquicos e autoritários. A partir do Estado Novo, passando pela Ditadura Militar, Antonio Candido fez uma reflexão da complexidade política vivenciada no país. Membro do Partido Socialista, Candido apontou a ambiguidade de transformar a vida social no sentido igualitária, nos modo socialista, em um país que ainda havia resquício oligárquico.

Ao longo de seus 96 anos de vida, O crítico já recebeu quatro Prêmios Jabuti e um Prêmio Camões. Destacar suas principais obras é tarefa difícil, devido à importância de cada uma delas, mas há obras que são consideradas os pilares da crítica sociológica e da literatura brasileira, como Ficção e confissão: estudo sobre a obra de Graciliano Ramos (1956), Formação da literatura brasileira: momentos decisivos (1959), Literatura e sociedade: estudos de teoria e história literária (1965), Formação da literatura brasileira (1975), A educação pela noite e outros ensaios (1987), O estudo analítico do poema (1987), O discurso e a cidade (1993) e O Romantismo no Brasil (2002).

Para comemorar o aniversário deste grande intelectual brasileiro, o Livre Opinião – Ideias em Debate selecionou alguns vídeos de palestras e programas proferidos pelo crítico e que podem dar a dimensão de sua obra e de sua humanidade.

O caipira, com Antonio Candido

Grande Sertão Veredas: Antonio Candido sobre Guimarães Rosa

Antonio Candido: Um homem, duas cidades

FLIP: Antonio Candido fala sobre e-books e Oswald de Andrade

Depoimento de Antonio Candido no Simpósio Graciliano Ramos – 75 anos do livro “Angústia”

4 comentários sobre “Literatura e Sociedade: 96 anos de Antonio Candido

  1. Pingback: Milton Hatoum: “Ainda considero a literatura como uma aventura da imaginação e do conhecimento” | Livre Opinião - Ideias em Debate

  2. Aula magna continua nos dando o prof. Antonio Candido no vídeo, “O Caipira”. Parabéns aos organizadores do evento. Obrigada prof. Candido por disseminar saber com simplicidade, por acolher os ouvintes como se nos contasse histórias de trancoso … ouvi tantas na minha infância e ouvi-lo no vídeo discorredno sobre ‘ O tipo caipira’ levou-me ao brejo paraibano que, de alguma maneira, dialoga com a cultura do matuto nordestino. Meu muito obrigado a todos que, direta ou indiretamente, nos deram este belo presente online.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s