Outubro de Samba: Mart’nália e Monarco da Portela se apresentam em São Carlos

Monarco da Portela e Mart'nália

Monarco da Portela e Mart’nália

No mês de outubro, em homenagem a todos os comerciários, o Sesc São Carlos embala as noites de sábado, sempre às 20h, com o ritmo mais popular do Brasil, o samba! A programação inclui shows dançantes nos vários estilos do ritmo: gafeira, samba raiz, samba enredo e samba rock. Para animar as noites de sábado importantes representantes do samba passarão pelo SESC: Gafieira Carioca, Mart’nalia, Monarco da Portela e Farufyno. Confira:

Gafieira Carioca
Alguns dos mais experientes músicos do Rio de Janeiro resolveram reunir influências do samba, Big-Bands e MPB e criar a “GAFIEIRA CARIOCA”, em que a proposta é o samba de salão regado à malandragem bem carioca. Unindo a tradição das orquestras de baile a uma musicalidade requintada, a banda propõe transportar o espectador às noites do Rio com seus bailes, alegria e balanço.
Dia 4, sábado, às 20h. Galpão. GRÁTIS. Retirada de ingresso no dia da atividade. Livre

Mart’nalia em Samba
Mart’nália samba desde que nasceu, ia com seus pais nas rodas de Vila Isabel, ainda muito pequena e foi assim que se apaixonou pela música. Neste novo show Mart’nália vai cantar SAMBAS de todos os bambas, de todas as vertentes, de compositores conhecidos à desconhecidos, numa homenagem ao ritmo mais popular do Brasil.
Dia 11, sábado, às 20h. Ginásio de eventos. Livre
R$20,00 Inteira – R$10,00 Meia – R$4,00 – Comerciário

Monarco da Portela e Grupo Mania de Samba
Para celebrar os 81 anos de vida e 65 de samba, Monarco da Portela se apresenta acompanhado pelo Grupo Mania de Samba, de Araraquara. Integrante da Velha Guarda desde 1950, Monarco tem composições gravadas constantemente por outros intérpretes de samba, como Beth Carvalho, Martinho da Vila e Paulinho da Viola.
Dia 18, sábado, às 20h. Galpão. GRÁTIS. Retirada de ingresso no dia da atividade. Livre

Farufyno – Olho Vivo
A banda paulistana Farufyno procura manter uma conexão fiel ao estilo samba-rock, utilizando instrumentos e arranjos típicos do movimento. Além disso, também propõe uma leitura mais atual com suas composições próprias, que lançam influências que vão do rock psicodélico ao rap, passando pelos afro-beats e a jovem-guarda.
Dia 25, sábado, às 20h. Galpão. GRÁTIS. Retirada de ingresso no dia da atividade. Livre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s