Coluna 3: “Pego criancinha pra fazer mingau”

85c26cad-1cf9-487d-8f3a-ed82619aadda

Hoje eu segui uma criança no metrô.

A escada estava livre e, mesmo assim, eu quis descer atrás dela. Daquelas perninhas tão curtas.

Era uma menina linda. Eu tive só um filho, homem. Acho que isso amplia meu fascínio pelas meninas. Gosto de presilhas, chuquinhas, rabos de cavalo, cor de rosa e pérolas.

Durante oito anos meu filho foi meu parceiro de shows, teatro, exposições de arte, cinema e McDonalds. Aos 9, eu virei um mico. Não estou chorando, nem reclamando. Acho o máximo ele ser tão livre e independente e fazer tantos programas com os amigos. Não estou dizendo que ele não é mais meu companheiro. A gente ainda vê filmes e séries juntos e, se eu pedir com muito jeitinho, me dá umas caronas também.

Mas esse texto não é sobre isso.

É sobre a menina que eu persegui na escada da estação Ana Rosa.

Essa menina virou uma obsessão pra mim.

Há dois anos comecei a escrever um romance (A menina que sabia todas as respostas) e ele não sai. Eu escrevo mas ainda não encontrei o tom, como ensina Marcelino Freire.

Tem algo de errado com essa história. Estou com dificuldades para aceitar essa menina.

Outro romance em andamento (A costureira e o vendedor de livros) e lá está a minha menina de novo. Nesse eu a reconheço, gosto dela, pego no colo, descasco laranjas e tiro as sementes da melancia. É muito bem tratada por mim e por todos da família. É a caçula, mimada. Fazem as suas vontades e depois jogam de volta na cara dela:

– Egoísta!

– Mimada!

– Você só pensa em você!

(isso me faz lembrar que ontem eu comentei com a Gilda que tudo que você posta no facebook é sobre você. Uma música, um trecho de livro, uma tira em quadrinhos, filmes. Tudo fala sobre você. Tudo que você posta mostra um pouco de você. Mesmo que não seja verdade, mesmo que aquela não seja você. Pode ser também sobre o que você queria ser)

Eu tenho pena dessa menina. Procuro esquecer e sufocá-la na privada do banheiro. Ela resiste. Bate a cabeça nas laterais do vaso e a cabeça não mergulha totalmente. No chão, deito seu corpinho mole e fácil e esgano o pescocinho fino.

– Menina boba! Chata e gorda! Não entendeu ainda? Fica quieta! Cala a boca! Pra que tanto lamento? Olha a vida que você tem. Não tem tudo que você quer?

Abro os olhos.

Me desculpa, menina. Eu só queria chegar perto de você. Andar ao seu lado e não na frente ou atrás de você. Fica bem, menina. Deus te acompanhe. Eu te liberto. Agora. Amém.

Quem me vê distribuindo corações e carinhas felizes o tempo todo no Facebook acha que eu sou muito fofa. Quem me conhece de perto, sabe que eu não sou. Não o tempo todo e nem com qualquer um.

Às vezes, eu sou a Chapeuzinho.

Às vezes, o Lobo Mau.

lucimar-mutarelli

Confira os textos anteriores de Lucimar Mutarelli

Coluna 1: Não Coluna

Coluna 2: Eu Cuido da Sua Vida

12 comentários sobre “Coluna 3: “Pego criancinha pra fazer mingau”

  1. Pingback: Coluna 4: Pra eu parar de me doer | Livre Opinião - Ideias em Debate

  2. Pingback: Coluna 8: Um dia de cão (versão light), por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  3. Pingback: Coluna 9: “Que a zueira never ends”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  4. Pingback: Coluna 10: Cagando e andando, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  5. Pingback: Coluna 11: Ouvindo Hello Kitty, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  6. Pingback: Coluna 12: Inventário, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  7. Pingback: Coluna 13: “Guilherme de Deus!!!!”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  8. Pingback: Coluna 14: “Trocando figurinhas”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  9. Pingback: Coluna 15: “Baseado”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  10. Pingback: Coluna 16: “Adágio”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  11. Pingback: Coluna 17: Cada um no seu quadrado, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  12. Pingback: Coluna 18: “Vila Itaim”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s