O Não Dito

tumblr_myn3vvmqdl1rj8gavo1_500-2717

 

Andei descalça a semana toda e você não viu a beleza disso.

você viu que meu pé ficou cascudo, disse que eu preciso me cuidar,

que devo usar mais meias, mas você

não viu a beleza

disso. De sentir o chão entrar na gente, subir pelos dedos

até a cabeça

ficar mais

Memória.

Não dói receber fluídos do taco, o gelado da cozinha molhada,

o quente depois de pisar no chão em que deitou meu cachorro. Fica ali o morno da existência dele, eu piso e

como as texturas variadas, a vida com luvas é menos perigosa mas também

tão menos

Interessante. Toda vez que te conto uma descoberta

você me pega

pelo lado errado, fico pasma.

Coisas pequenas e bonitas me acontecem diariamente, apesar do meu excesso de morte de deus, elas acontecem

Pra todo mundo, inclusive pra você. Te falta deixar escorrer.

Ontem mesmo, ganhei chocolates

de alguém que não conheço sem motivo nenhum, como não

achar a vida demoradamente

curta?

Um minuto pode ter ares de eternidade quando estamos no pedágio e num beijo

1 minuto não existe.

Vi,

inclusive,

o quadro que você me deu à venda. Levei um tiro, ou seja, você desistiu, ou seja, você não me deu o quadro

coisa nenhuma, você queria a minha Atenção. Queria que eu te dissesse:

– Você é bom.

Você tem talento pra pintura.

– Pra escrita, também, cê escreve como Miller sem nunca ter lido o cara. Sem nunca ter lido porra nenhuma.

– Você é um milagre.

Cê queria isso, menos me dar algo que não fosse ego.

Se você tivesse mesmo me dado o quadro, ele

jamais seria vendido.

Você o deixaria na sua sala pra sempre ou até o dia em que você me encontrasse, acreditaria na força que é oferecer um presente, confiaria em mim, entenderia que o tempo das coisas não é o seu tempo, exclusivo e rápido, tem gente que demora mais

pra dizer sim e tudo bem.

É pena que teu amor seja feito com palavras, por isso é tão fácil pra você se esconder. Você ama explicações, Explicações eu não

Dou.

Pessoas literais são desgastantes, me dão dores de cabeça. Não quero abrir a Janela, com esse Sol que tem feito nos últimos dias, e

sentir Dúvida só porque o sol não diz que

me Ama.

Ele está lá,

existindo exaustivamente, esteja eu olhando ou não e isso

é Amor.

Eu quero a vista da vida me nutrindo por dentro, me

Deixando

Intacta através desses pequenos

Pedaços de (feli)cidade, sem

você ao meu lado pra me mostrar

A pior parte, sempre.

Aline Bei

A busca ou o processo.
(nunca o pronto)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s