Coluna 5: Cadeira vazia

3335ad34-3d19-4277-bcb8-0975a0b3443b

Fui convidada para participar no curta de uma amiga. Curiosamente, para o papel de uma professora.

Enquanto esperava minha cena fiquei trancada numa sala de aula, vazia.

O silêncio do silêncio.

Escrevi um pouco, li o jornal do dia, rolei o mural do facebook, revi e excluí algumas fotos no celular, tentei ler e nada. Fiz tudo isso em 5 minutos e ainda tinha muito tempo de espera.

Abri os olhos.

De pé, apoiada na mesa do professor, encarei as cadeiras vazias.

Uma sala de aula sem o professor fica desprovida de sentido mas os próprios alunos podem conversar, usar o celular, ouvir música, ler um livro, o jornal, o mural do facebook, o instagran, ou seja, um aluno pode fazer tudo na sala de aula sem um professor, inclusive aprender.

Escola sem aluno não existe, não é nada.

O meu marido odeia escola. O meu filho também. Durante 20 anos eu dei aula e tentava convencer os dois de que o problema não eram os professores, era o sistema, a política, a sociedade, tudo, tentava tirar o peso dos professores.

Hoje eu também não gosto de escola.

Gosto de pessoas que fazem diferença na vida de outras pessoas.

São aquelas que não precisam estar na sala de aula para te passar algo que preste.

Pessoas que te beliscam, te acordam para que você preste atenção.

Eu encontrei um milhão dessas pessoas na minha vida, vou citar algumas e vou esquecer outras, sendo injusta, sempre, é claro: minha mãe, minha irmã Marina, professoras Elsa, Hiromi, Alfa, amigas de todo sempre Rosaninha, Geovana, Vera, Louise, Adriana Guimarães, Aninha, o Caio, a Ana Lucia (do Juventus), a Claudia da Néia, o Carlos (meu chefe no Bradesco), meu marido, meu filho, todos os meus sobrinhos, a Lara, Marcelino, Regina Junqueira, Cris Gonzalez, Gilda, Sarita, Iracema Franzolin, Isolina Soler Chui, Rodrigo Teixeira, Marcelo Coelho, Fernando Gonsales, Antonio Prata, o Gregório, Tolstói, Machado de Assis, Miranda July, Michelângelo (o pintor, não a tartaruga ninja), a Hélida e a Irani do Benedita, Manoel Carlos, Gilberto Braga, Lídia Brondi, Glória Pires, Felipe Hirsch, Renato Russo, Cassia Eller, Woody Allen, Julia Roberts, Ryan Gosling, George Clooney (não, essa é outra lista).

A sala está cheia de mestres. Cada um deles contribuiu com ensinamentos na minha vida. Ando tão chorona esses dias. Não se preocupem. Eu choro é de lindeza. Espero que seja somente a comoção causada por dezembro e o desgaste de um ano difícil e longo e arrastado e demorado e que não acaba nunca.

Na origem da palavra professor você encontra: fazer uma declaração, manifestar-se, declarar alto, afirmar, assegurar, prometer, protestar, confessar, mostrar, dar a conhecer. Sendo assim, somos todos professores.

Eu prefiro ser aluna.

Aqui, no filme, estou fingindo ser uma professora. Em inglês fica melhor porque seria brincar de ser professora e quanto mais velha eu fico mais eu gosto de brincar.

Uma professora na ficção.

Uma professora de mentirinha.

Como sempre diz minha querida Cris: eu não existo.

lucimar-mutarelli

 

 

11 comentários sobre “Coluna 5: Cadeira vazia

  1. Pingback: Coluna 8: Um dia de cão (versão light), por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  2. Pingback: Coluna 9: “Que a zueira never ends”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  3. Pingback: Coluna 10: Cagando e andando, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  4. Pingback: Coluna 11: Ouvindo Hello Kitty, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  5. Pingback: Coluna 12: Inventário, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  6. Pingback: Coluna 13: “Guilherme de Deus!!!!”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  7. Pingback: Coluna 14: “Trocando figurinhas”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  8. Pingback: Coluna 15: “Baseado”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  9. Pingback: Coluna 16: “Adágio”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  10. Pingback: Coluna 17: Cada um no seu quadrado, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  11. Pingback: Coluna 18: “Vila Itaim”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s