Mas ele não sabe quem foi Jane Austen

Na foto o disco Birthdays, de Keaton Henson

Na foto o disco Birthdays, de Keaton Henson

 

Escrevi errado a palavra sobrancelha.

Escrevi sombrancelha e

dei enter.

 

Meu amigo Marcelo percebeu.

 

Me corrigiu com doçura, mas

já era tarde. A Vergonha

Tinha tomado conta de mim, como se

eu tivesse Roubado dinheiro da própria carteira pensando que era de outro e,

depois,

percebo que não, percebo que a carteira

era Minha.

Meu corpo ferveu, especialmente as bochechas.

Pensei em ficar off line e justificar a queda pela conexão ruim nesses dias de chuva: não fiquei.

Preferi fingir que foi um lapso, disse ao Marcelo:

Claro,

é verdade.

E logo mudamos de assunto. Eu leio muito,

corrijo os outros inclusive no café da manhã.

4 anos de letras, 4 anos de teatro, 4 anos de inglês, 4 meses de espanhol, 2 viagens pra Europa incluindo Lisboa, 11 anos de escola, 2 anos de academia e

Ainda assim,

escrevi errado

A palavra

Sobrancelha.

Minha mãe chega a me dizer que eu devia ganhar a vida sendo professora ao invés de

arte. Ah,

Se ela soubesse do meu erro na

Sobrancelha. Se ela soubesse, jamais me diria isso e sentiria vergonha de mim como eu sinto, quase todos os dias, não (só) pela ortografia.

A ortografia em mim

é um erro quase bonito, uma pequena tendência a

revolução. Decoro as palavras como as prefiro. Deveríamos, por lei, escreve-las como bem quiséssemos em nome do lúdico e me diriam, os brutos:

 

– Mas e a comunicação?

 

Meus caros idiotas.

A comunicação

não existe e

ainda menos

com tantos aplicativos

e filtros de fotos, fora os feriados. As pessoas não cansam de colocar filtros em fotos. Eu nunca canso

e sinto que está tudo acabado desde a fila da

padaria. Eu Já devia ter desistido de acertar há muito tempo.

As coisas que sei

Não

Importam, tipo abrir a porta da geladeira não pra pegar comida, mas pra sentir menos calor. As coisas que sei são ridículas. Esqueço-as,

pra não sofrer.

Meu namorado, inclusive,

Fica bravo

Toda vez que falo

– não sabia dessa notícia.

Em casa a tv fica desligada e na internet

muitos poemas,

agora

Especialmente os de Angélica Freitas.

Aline Bei

A busca ou o processo.
(nunca o pronto)

4 comentários sobre “Mas ele não sabe quem foi Jane Austen

  1. Intriga

    Leio um poema
    há tanta coisa pra se fazer na internet
    no mundo do computador
    e eu leio um poema

    penso em corrigir os erros ortográficos do poeta
    e outros
    mas o poema me intriga mais

    além disso é fora de moda corrigir ortografia
    no mundo do computador
    há tantas outras coisas pra se fazerem na internet

    entender o bosão de Higgs

    e eu continuo lendo o mesmo poema
    na internet.

    Poesia?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s