SESC Ribeirão Preto apresenta “Circuito 2015 Indie Festival”

Criado em 2001, em Belo Horizonte, e realizado também em São Paulo, no CineSesc, desde 2007, O Circuito Indie Festival expande suas atividades para além do período regular e leva sua programação para cinco Unidades do interior do estado. Exibição de oito filmes que foram destaques da programação do festival nas últimas três edições vindos dos mais importantes festivais do circuito internacional.  Descubra novos diretores, conheça filmografias e mantenha vivo o seu interesse pelo cinema. Dias 7, 14, 21 e 28/4. Terças, no Galpão de Eventos. 100 lugares. Grátis. Retirada de ingressos uma hora antes na Bilheteria do Sesc.

IdaIDA
Um filme de Pawel Pawlikowski.
80’, 2013, POL/DIN. 14 anos
Às vésperas de assumir seus votos e compromissos como freira no convento onde foi criada, Anna é levada a conhecer sua única parente viva – sua tia Wanda. A partir de Wanda, Anna descobre revelações impressionantes de seu passado, atado ao passado da Polônia nos anos de dominação nazista, e vai em busca de respostas e do túmulo de seus pais, em sua cidade natal. Nessa jornada, Anna encontra uma nova identidade, um amor e começa a questionar seu futuro.
Dia 7/4, às 19h.

485433VIC+FLO VIRAM UM URSO
Um filme de Denis Côté.
95’, 2013, CAN. 14 anos
Victoria acaba de deixar a prisão. Ela tem 61 anos e quer começar uma vida nova. Vai para a casa de um tio, já doente e inválido, em uma típica “cabane à Sucre” desativada no meio da floresta canadense. Vic espera viver ali com sua amante mais jovem Florence, sua ex‐ companheira de cela com quem dividiu anos de intimidade. Mas o passado volta para assombrar Flo e sinais de ameaça iminente começam a surgir.
Dia 7/4, às 21h.

HELI_120x160_INTER_RELEASEHELI
Um filme de Amat Escalante.
105’, 2013, MEX/ FRA/ ALE/ HOL. 18 anos
Estela tem 12 anos, vive em uma pequena cidade mexicana e está perdidamente apaixonada por um jovem cadete da polícia. Ele quer fugir com ela e se casar. Para realizar o seu sonho, ele desvia alguns pacotes de droga. A família de Estela terá que enfrentar a violência que devasta a região.
Dia 14/4, às 19h.

 

516321.jpg-r_160_240-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxNICK CAVE – 20.000 DIAS NA TERRA
Um filme de Iain Forsyth e Jane Pollard.
95’, 2014, Reino Unido. 14 anos
Um vislumbre da mente de Nick Cave, compositor lendário, estrela do rock e líder da banda The Bad Seeds. O filme acompanha Cave por um dia fictício, entre o real e o imaginário, sessões de análise, encontro com músicos, dirigindo seu carro para passageiros especiais, falando do presente e do passado, enquanto busca por inspiração. Uma chance única de conhecer o processo criativo de um dos músicos mais inventivos de nosso tempo.
Dia 14/4, às 21h.

315031.jpg-r_160_240-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxUM EPISÓDIO NA VIDA DE UM CATADOR DE FERRO-VELHO
Um filme de Danis Tanovic.
75’, 2013, Bósnia e Herzegovina/ França/ Eslovênia /Itália. 10 anos
A família Mujic, de origem cigana, vive na periferia dos centros urbanos na Bósnia e Herzegovina. O pai Nazif vive de catar metais de carros velhos e vendê-los a um ferro-velho. A mãe Senada mantém a casa arrumada, cozinha e cuida de suas duas filhas pequenas. Um dia, ela sente uma dor aguda no abdômen. Na clínica, lhe dizem que há algo errado com o bebê que ela está esperando: “ele está morto.” Ela está em risco de septicemia e deve ser operada imediatamente. Mas Senada não tem seguro médico e a operação vai custar muito mais do que a família pode pagar. O chefe do hospital se recusa a tratá-la. Começa uma corrida contra o tempo. Baseado em fatos reais.
Dia 21/4, às 14h30.

326894.jpg-r_160_240-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxNÓS SOMOS AS MELHORES!
Um filme de Lukas Moodysson.
102’, 2013, SUE. 12 anos
Bobo e Klara, duas garotas suecas de 13 anos, querem montar uma banda punk, mesmo que todos digam que o punk morreu. Elas cortam seus cabelos em estilo moicano e recorrem à música para protestar e vencer o tédio. Mas, na verdade, as garotas não sabem tocar nada. Para melhorar a qualidade da banda, chamam a tímida e certinha colega Hedvig, brilhante na guitarra. Uma história sobre as dificuldades e encantos de crescer e não se encaixar em lugar nenhum.
Dia 21/4, às 16h30.

21012929_20130617130524715.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxAPENAS O VENTO
Um filme de Benedek Fliegauf.
86’, 2012, Hungria. 16 anos
Em uma aldeia húngara, as notícias sobre o assassinato de famílias pobres de origem cigana se espalham rapidamente. Ninguém se manifesta sobre a possível identidade dos assassinos e os crimes parecem ter motivação racial. Mari mora com seu pai inválido e os dois filhos em um barraco, localizado em um bosque fora da cidade. Ela faz malabarismos com seus dois empregos e tenta manter sua rotina em meio à ansiedade da ameaça de violência.
Dia 28/4, às 19h.

20453149.jpg-r_160_240-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxDEIXE A LUZ ACESA
Um filme de Ira Sachs.
101’, 2012, EUA. 18 anos
A trajetória emocional e sexual percorrida por dois homens que vivem experiências de amor, dependência e amizade. O documentarista Erik e o enrustido advogado Paul se conhecem casualmente em Nova Iorque. O que a princípio poderia ser apenas um encontro sexual fortuito, torna-se um relacionamento sério. Quer individualmente, quer como casal, Erik e Paul vivem intensamente todo tipo de riscos – compulsivamente e incitados pelas drogas e pelo sexo. Numa relação de quase uma década, marcada por altos e baixos e por padrões disfuncionais, Erik procura negociar os seus limites, enquanto busca a sua verdade.
Dia 28/4, às 21h.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s