CAVIAR COM COCAÍNA: A Removedora de Merdas, por Marina Filizola

11081515_10206032254063498_793837786_n

 

São seis da manhã.
Tá um frio esquisito.
Só nos pés.
E entre o vão dos dedos da mão.
Não muda muita coisa. Não mesmo.
Tô emputecida com meu editor. Ainda. O bastardo me critica de cara limpa. Mas sou eu quem senta o rabo seco na cadeira enferrujada cheia de tiques, empoleirada de pensamentos.
Vou mudar o quê?
O conto é meu.
E eu conto o que eu quiser.

Esse bairro me inspira. Está forrado de obcecados. Nego sem dinheiro nenhum. Um banquete de insanidade. Queria o quê, que eu escrevesse sobre fadas? Mais fácil falar sobre putas aladas. Todo mundo cagando na cobertura do prédio.
Que caralho.
Eu disse pra ele que o caralho ia ser irremovível.
Disse e repito: o caralho fica. E ponto.
O editor quase me fez perder o fio do conto.
Eu sei. A realidade é sempre melhor. No duro.
Eu agarro ela com as duas mãos, e quando a força dá, eu despejo sobre a pagina em branco. E pronto.
Sem retoques nem maquiagem.
A realidade é tão dura que as pessoas não acreditam. Lêem e dizem que eu forcei inventando.
Não.
Não foi inventado.
Só que eu tive a pachorra a coragem a falta de vergonha na cara de pegar toda
maçaroca da realidade e deixar cair num golpe só em cima da pagina em
branco.
Refazer o conto. Ok.

Dessa vez, sem mentiras. Só mudo os nomes.

Esse é meu oficio: removedora de merda. Ninguém gosta de uma removedora de merda. Tapam o nariz quando eu passo. Sentem nojo de carniça de gente sem filtro gente sem botão “moderado”.
Por isso não olham pra mim.
Sou um caminhão de lixo carregado de palavras empesteadas.
Não procuro nada na merda. Nunca achei nada. “Oh! Encontrei um diamante no meio da merda, encontrei uma boa idéia, o prêmio Pulitzer”. Não é assim. Não encontro nada, não procuro nada. Simples assim. E quando me encho e vejo que não tem mais nada pra fazer, acendo um cigarro.
Depois vejo o que eu faço.

marinafilizola

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s