Coluna 12: Inventário, por Lucimar Mutarelli

unnamed

Foto: Reginaldo Moraes

Eu não gosto de ganhar presentes

Particularidade herdada diretamente da minha mãe

Mas se você é o tipo de pessoa que gosta de dar presentes (como eu) fica a dica

Um café, um passeio no centro, passar horas na Renner experimentando roupas e não comprar nenhuma, arroz com feijão, carne moída e salada de tomate, deixar eu passar a tarde com a sua neta enquanto você descansa, ver os amigos no teatro, percorrer exposições de arte contemporânea e não olhar nem uma das obras, ficar só matando a saudade da amiga, comer pastel na feira, levar meu filho e sobrinhos ao cinema, teatro e parques temáticos, fazer piquenique no zoológico ou no Parque do Ibirapuera, ir até a praia só pra dar um beijo na Lourdes, molhar os pés no mar ou ficar sentada em silêncio só olhando o mar, fazer pão frito, tomar café da manhã na padaria, preparar um miojo, pegar saches a mais de catchup e colocar na minha bandeja e todas as coisas mais simples do cotidiano que você falou que sente saudades de lavar uma louça de ir ao mercado de ajudar a carregar a sacola

Uma caixa grande da Peppa só pra guardar brinquedos, uma caixa média decorada com corações floridos e uma cartela com 12 isqueiros coloridos, a Melissa de 1979, um cobertor quentinho pra ver TV na sala, uma jaca dura, duas porções quentes de bolinho de chuva, as instruções do Marcelino de como fazer uma lista, pijamas, cadernos, canetas, textos e desenhos feitos por você ou copiados do seu livro preferido, tatuagem de henna e panos de prato da sua viagem, da Espanha ou do Ceará, o efeito em cima do fogão é o mesmo

Coisas pra casa, principalmente se forem panelinhas, taças de champanhe ou xícaras de café com bigodes de preferência ou animais tentando fugir delas

Uma lavada na tranca

Uma diarreia que leve junto a sujeira acumulada, a raiva, o egoísmo, o vício, a depressão, o choro fácil, a cara de brava e o fato de ser muito burra e mimada

Assistir um episódio inteiro da Peppa e da Dora, sem falar no meio e sem dormir

Se você quer mesmo me dar um presente me chama pra cuidar do seu filho doente para que você possa trabalhar ou ir ao cinema ou cuidar da sua esposa

Faz um pudim pra gente comer junto

Um cartão artesanal e assinado por todos, os amigos na família ou a família de amigos

Me convida pra ir num show, pra dançar na Trash, pra cantar no karaokê, pra ouvir aquela canção do Roberto, ver novela, falar mal da novela, fazer e comer panquecas juntos

Junta a família e os amigos pra fazer mesa compartilhada nas bodas de porcelana, aniversário da afilhada ou festa surpresa. Faz uma vaquinha pra comprar meu anel de formatura ou aceita participar de outra para ajudar um sobrinho, um amigo, um conhecido, um estranho

Faz doação das roupas e bijuterias que você não usa mais e mandar entregar em casa dizendo que é para distrair as minhas sobrinhas

Manda piadas no face ou no whatsap só porque sabe que o tempo aqui anda pesado e você sabe que eu rio com essas bobagens

Me chama pra ser a Mamãe Noel, pro churrasco na laje, pra tomar café nas xícaras que você só deixa as visitas usarem. Um dia deixa seu marido e seu filho usarem a louça que você guarda pras visitas e brinca de casinha com eles

Conversa comigo no chat do face ou do gmail, zoa com a minha cara ou me manda um pedaço do seu bolo de nada, naked cake também serve mas com recheio de morangos frescos

Qualquer tipo de bolsa para carregar livros mas se tiver o desenho do Snoopy, da Hello Kitty ou de qualquer gatinho vai me fazer sorrir de novo…olha a carinha piscando o olho direito e gargalhando

Me leva pra bater perna no shopping ou na 25, não deixa eu gastar nada porque o dinheiro está acabando e quando eu te contar que meu sobrinho está chorando de dor, vem correndo e atravessa a cidade para que eu o veja dormindo e dê um abraço real na minha sobrinha

Deixa eu ir pra Disney com você e sua filha. Me dá um porta retrato pra colocar a nossa selfie e deixa eu lavar a louça na sua casa só pra agradecer um pouco da sua generosidade e do seu carinho com a minha família

Avisa do show do Almir Sater e me faz companhia na fila e vai comigo no show e segura minha mão enquanto eu tremo na frente dele e paga uma cerveja só pra eu conhecer seus novos amigos e me faz rir quando estou caindo de tanto chorar e me manda lavar louça ou roupa ou varrer o chão só para que eu pare de pensar

Faz um CD com todas as músicas que tocavam no ano em que cada um da nossa família nasceu, me dá uma cópia do DVD da festa de final de ano do seu filho onde você disse que eu apareço dando tchauzinho, meia colorida pra usar com aquela sandália que você comprou pra você mas a Clarice falou que era a minha cara e ou um áudio ou um vídeo compartilhado em segredo só comigo e o tio vai ver e vai querer e você vai mandar porque é o dindo e ele também quer ver você sorrindo

Um calendário do Snoopy ou qualquer tipo de sabonete onde esteja escrito> cuide você

Passeios em Paris, na José Paulino, Londres, Brás, Rua Augusta, Espaço Unibanco, filme francês no reserva, entrar camuflado no vegano ou no Mc só pra ganhar brinquedo, brincar de casinha em Nova Iorque ou com um pouquinho de água na bacia que é de lavar roupa e cuidado com a temperatura não toma banho muito quente e leva a sombrinha e cadê a sua blusa e cuida do meu prato pra não derrubar de novo

Pode ser também um lençol e edredon de letras ou qualquer peça de porcelana ou miniatura e repara a bagunça porque a gente gosta muito de receber e é uma casa boa para fumantes mas quando tem criança a gente fuma na área e depois a gente volta pra sala e aqui pode colocar os pés em cima da mesinha porque a sala não é só pra estar é pra ser e essa você ouviu do Caetano e obrigada por assistir o canal de cultura que eu vi a Adriana Calcanhoto lendo poesia concreta e eu aprendi mais essa

Sorvete de mentirinha, só nos adesivos porque de verdade você já sabe que eu e o Ross não gostamos porque é muito gelado e aprende a contar historinhas só usando figurinhas e joga mímica ou imagem e ação comigo no teclado e fala merda e usa um monte de kkkkk mesmo nessa hora difícil e vem tomar leite com Nescau

Pode me ensinar a pintar no seu tablet e a tirar selfie com as pernas pra cima, fazer um vídeo game com a história do meu livro e comprar e não ler o meu livro, comprar  só pra me ajudar ou ler o meu livro e querer vir na minha casa pra comentar

Pode ser também um álbum de fotos um porta retratos ou descanso para copos em forma de discos que combina com o aparador de livros que a sua irmã comprou e vocês foram juntas e eu fiquei feliz de saber, me conta uma novidade, fala da escola ou da faculdade, do emprego novo, do chefe velho, da amiga trouxa e muda de opinião e uma hora é uma coisa e depois é outra e fala que eu não sou fofoqueira e me defende na frente dos outros e me deixa chorar vendo filme ou novela ou comercial de natal de páscoa ou de margarina e de bebês fofos com a fralda caindo e me marca naquele vídeo de pintura clássica ou o vídeo do cachorrinho e do gatinho porque se for filhote você já sabe e desculpa se eu te marquei de novo é porque queria te mostrar que eu também me preocupo que eu sou mimada mas também gosto de mimar e isso não tem fim porque sempre que eu recebo uma figurinha eu tenho que responder e se você sabe que eu visualizei a mensagem e eu tenho que responder mas hoje eu não posso porque acordei com a boca cheia de pontos e eu queria ficar quietinha e quando eu vi eu já falei e me desculpa se não sei usar os pontos ou as vírgulas corretamente porque exatamente nesse momento não tem importância nenhuma e muito obrigada por comprar o meu livro e postar a foto e desenhar aquele monte de corações e carinhas amarelas rindo ou tímidas ou gritando feito o grito do Munch

Um vale massagem ou dia no SPA ou vale livros ou vale sentar no sofá e falar até o assunto acabar e você não ir embora e ficar pra dormir e acordar cedo e arrumar a mesinha da sala e ir embora sem fazer barulho mas deixar um bilhete na TV, no espelho do banheiro, na porta da frente ou da geladeira

Vem almoçar comigo e com o meu marido e escolhe o que quer comer de almoço ou de lanche ou na janta e traz champanhe, vinho, vodca, chá, cerveja, suco ou água pra gente brindar junto e olhar no olho e todos de roupa branca pra comemorar ano novo no lugar do natal porque você sabe que este ano a gente vai pular o natal e só voltar no carnaval e comer brigadeiro de colher na panelinha

Ver um filme com a gente e na minha casa pode falar durante o filme mas não no cinema que eu prefiro ir sozinha e você entender isso também é um presente

Porque o que eu gosto mesmo é de gente que está presente

E muito obrigada porque você está aqui e não desiste de mim e uma hora dá certo e você falou que a vida dá uma rasteira mas que a nossa vingança é persistir e continuar e cuidar de quem tá perto mesmo estando tão longe e tudo que a gente espera são “dias melhores pra sempre”

lucimar-mutarelli

Coluna 1Coluna 2Coluna 3Coluna 4Coluna 5Coluna 6Coluna 7Coluna 8, Coluna 9, Coluna 10, Coluna 11.

6 comentários sobre “Coluna 12: Inventário, por Lucimar Mutarelli

  1. Pingback: Coluna 13: “Guilherme de Deus!!!!”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  2. Pingback: Coluna 14: “Trocando figurinhas”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  3. Pingback: Coluna 15: “Baseado”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  4. Pingback: Coluna 16: “Adágio”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  5. Pingback: Coluna 17: Cada um no seu quadrado, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

  6. Pingback: Coluna 18: “Vila Itaim”, por Lucimar Mutarelli | Livre Opinião - Ideias em Debate

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s