Circuito SESC de Artes começa dia 24 e percorrerá seis cidades da região de São Carlos

Sem título

Realizado pelo Sesc São Paulo, o Circuito Sesc de Artes – Conectando lugares, circulando ideias, chega a sua edição de 2015 como o maior realizado até hoje e traz em sua programação apresentações de música, dança, teatro, circo, cinema, artes visuais, literatura e cultura digital. Este ano, o evento chega a 108 cidades do interior, litoral e Grande São Paulo e mais a capital, com uma programação itinerante formada por 12 roteiros diferentes, sendo que cada um deles vai percorrer nove cidades do interior do estado.

Ao todo, serão 68 atrações e 615 apresentações e intervenções artísticas nos finais de semana (sextas, sábados e domingos), no período de 24 de abril a 10 de maio, com a participação de 392 artistas. Seguindo o formato das edições anteriores, as apresentações serão realizadas em espaços públicos, com entrada gratuita, totalizando 547 horas de programação. Em 2014, 280 mil pessoas passaram pelas atividades do Circuito.

Os destaques da programação dos roteiros que chegam a região são o cantor e compositor Felipe Cordeiro (PA), o rapper Rael (SP). Na literatura, a MUDA Práticas de Leitura (SP) estimula diálogos literários com a atividade Leve Livro. Os espetáculos de teatro com a Cia. São Jorge de Variedades (SP) e a Grande Cia. Brasileira de Mystérios e Novidades (RJ) e de circo com a Cia. de Malabarismos (SP), integram as atividades desses roteiros.

O Circuito Sesc de Artes também está presente na Internet. Acompanhe histórias, personalidades e sabores singulares de cada uma das 108 cidades na série RG, atualizada diariamente no site do Circuito. A programação completa dos 12 roteiros também está disponível para consulta e pode ser filtrada por cidade, atividade e data.

PROGRAMAÇÃO NA REGIÃO

Roteiro 10

Pirassununga
24 de abril, sexta, das 17h às 22h
Parque Municipal Temístocles Marrocos Leite – Avenida Painguás, s/nº, Jd. do Lago
Brotas
25 de abril, sábado, das 17h às 22h
Praça Amador Simões, s/nº, Centro
Araras
26 de abril, domingo, das 16h às 21h
Praça Barão de Araras, s/nº, Centro

Programação com sinopses

LITERATURA
Leve Livro
MUDA Práticas de Leitura (SP)
Uma estante móvel montada na praça, com cerca de 200 livros para ler e trocar. É só chegar, escolher um e sentar-se num dos bancos da sala de leitura ao ar livre. Essa ação busca criar aproximações entre os leitores, estimulando diálogos literários, conversas sobre os livros que cada um já leu, proporcionando a troca de opiniões e histórias. O público conta com o suporte de dois mediadores que auxiliam na seleção dos livros disponíveis de acordo com o interesse de cada leitor. E eles também entram na roda de conversas com suas experiências. A rua se torna uma biblioteca viva.

Curadoria: Heloísa Sobral e Fábio Figueiredo / Produção e Coordenação: Heloísa Sobral / Concepção, Projeto Cenográfico e Design: Laura Sobral / Cenotecnia: Raphael Franco e Rodrigo de Moraes Machado / Mediadores de Leitura: MUDA Práticas Culturais e Educativas.

Dulcinéia Catadora (SP)
Como fazer seu próprio livro, usando restos de caixas de papelão? As “cartoneras”, como é chamada essa atividade editorial artesanal, têm uma grande importância social, valorizando o trabalho dos catadores, e também literária, já que coloca em circulação obras de novos autores. Em suas oficinas, os participantes encontrarão folhas impressas com textos e fotos, tintas, linhas para costura e papelão, escolherão o conteúdo de seu interesse, montarão seu próprio livreto com costura simples, pintarão as capas e levarão seu livro para casa.

Oficineiras: Lúcia Rosa, Kátia Fiera, Andreia Emboava e Maria Dias da Costa / Escritores Colaboradores: Carlos Pessoa Rosa e Leo Gonçalves.

ARTEMÍDIA
ET Color
Márcio Ambrósio (SP)
Brincando com as possibilidades das novas tecnologias, esta instalação interativa propõe ao participante um game performático. Com um capacete de um ETcolor, as pessoas precisavam encontrar a sua volta a cor que o mestre Pantone designou. Criado pelo premiado artista gráfico Márcio Ambrósio, o jogo, com cinco participantes, funciona da seguinte maneira: cada um recebe um kit e um capacete de ETcolor. Depois, o mestre Pantone, representado por um obelisco, acende uma cor. É esta cor que os participantes precisam encontrar no público ou em objetos presentes na praça. Com uma luva ou pistola de captura de cor, o participante encosta no objeto. Se ele acertar, continua jogo; e quem não encontrar, sai da partida abrindo a vaga para outra pessoa.

Concepção e Criação: Márcio Ambrósio.

TEATRO
Uirapuru
Grande Cia. Brasileira de Mystérios e Novidades (RJ)
Inspirada nas operetas populares de Belém do Pará, a peça conta a lenda do Uirapuru e dos pássaros encantados, seguindo a tradição amazônica. Para a sua realização, o grupo também buscou referências no poema sinfônico “Uirapuru”, de Heitor Villa-Lobos. O espetáculo, que reúne performances de dança, teatro e música, é quase que inteiramente apresentado com os personagens em pernas-de-pau, fortalecendo a narrativa poética realizada pelos atores. Com quase três décadas de atividade, a Grande Cia. Brasileira de Mystérios e Novidades procura recuperar a linguagem musical e gestual dos antigos atores e músicos populares, criando uma espécie de circo dramático.

Direção: Ligia Veiga / Assistente de Direção: Mafalda Pequenino / Preparação Corporal: Marilia Felippe / Figurino: Caetana Dias / Diretora de Produção: Marina França / Elenco: Ligia Veiga, Mafalda Pequenino, Sara Hana, Fabio Costta, Fabio de Sousa, Dicoklen Brito, Veronica Pereira, Alexandre Rosani, Marilia Felippe, Joao Bittencourt, Renata Neves, Pedro Lima, Thiago Queiroz, Joana Queiroz, Lelena Anhaia.
Duração: 60 minutos

CIRCO
Nois Um
Cia. Delapraká (RJ)
Unindo dança contemporânea, acrobacia e música, Marina Collares e Ronan Lima criam uma coreografia cheia de sincronicidade que une os corpos e articula suavidade e impacto de maneira poética. Em atividade desde 2007, a Cia. Delapraká desenvolve uma linguagem de dança e elementos circenses como veículo de expressão e diálogo. A própria formação dos dois é bastante exemplar deste belo encontro. Marina Collares é licenciada em dança contemporânea, estudou trapézio e duo acrobático na Escola Nacional de Circo, no Rio de Janeiro, e se aperfeiçoou em cursos realizados em outros países. Já Ronan Lima iniciou sua vida artística aos 8 anos, fazendo acrobacia solo, e aos 13 aprendeu capoeira e dança. É formado em educação física e também passou pela Escola Nacional de Circo. A companhia já trabalhou em diversos festivais, em países como Alemanha, França e Suíça, participando de workshops e performances.

Concepção, Coreografia e Interpretação: Marina Collares e Ronan Lima / Música: Pedro Collares / Produção no Brasil: Arueira / Difusa Fronteira.
Duração: 30 minutos

MÚSICA
Felipe Cordeiro (PA)
O compositor e multi-instrumentista Felipe Cordeiro, um dos destaques da cena musical do Pará, apresenta o repertório de seu segundo disco solo, “Se Apaixone Pela Loucura do seu Amor”. O próprio músico classifica seu trabalho como “pop tropical”, no qual mistura os ritmos pop com o brega, a guitarrada e a lambada. Ao som de Cordeiro, o público não tem como ficar parado: o convite para a dança é direto e sem rodeios. Neste trabalho, ele traz ainda parcerias com Arnaldo Antunes, Luê, Betão Aguiar, Saulo Duarte, Lia Sophia e também com seu pai, Manoel Cordeiro, um dos mestres da música popular da Amazônia. O disco recebeu críticas elogiosas e a canção “Problema Seu” conquistou o primeiro lugar na lista da revista Rolling Stone (BR).

Roteiro 9

Mococa
1º de maio, sexta, das 17h às 22h
Praça da Bíblia, bairro CECAP I
Itirapina
2 de maio, sábado, das 17h às 22h
Praça Central, s/nº
São João da Boa Vista
3 de maio, domingo, das 16h às 21h
Praça Coronel Joaquim José, s/nº, Centro

Programação com sinopses

LITERATURA
Banho de Leitura
MUDA Práticas de Leitura (SP)
No Banho de Leitura, encontre uma seleção de livros de poesia, conto, crônica e livros ilustrados. Traz a participação de mediadores de leitura que estimulam a troca de histórias entre o público. Com rodinhas, a banheira pode ser deslocada, ocupando cenograficamente uma praça ou um parque. Além disso, há também cangas de chitão, banquinhos dispostos ao redor e um guarda-sol para proteger os leitores.

Curadoria, Produção e Coordenação: Heloísa Sobral / Concepção, Projeto Cenográfico e Design: Laura Sobral / Cenotecnia: Leonardo Armellin / Letrista: Felipe Grimaldi / Mediadores de Leitura: Equipe Muda Práticas / Realização: MUDA Práticas Culturais e Educativas.

ARTEMÍDIA
Roda Viva
Raphael Escobar (SP)

O artista Rafael Escobar apresenta sua invenção: uma caixinha de música com uma hélice que funciona como um cata–vento. Quem dá corda é o participante, que terá de girar, girar, girar até ficar zonzo. Quando ele para, a música termina também e outra pessoa o substitui.

Concepção e Criação: Rafael Escobar.

TEATRO
São Jorge Menino
Cia. São Jorge de Variedades (SP)
Diante de portas, janelas e do asfalto da rua desenvolve-se a história da legendária figura de São Jorge, numa criação do dramaturgo Ilo Krugli, feita especialmente para Cia. São Jorge. A história começa com o anúncio da inauguração de uma estátua de São Jorge. No dia do festejo, um menino é encontrado dormindo e confundido com a figura do santo. Tendo a música como elemento narrativo, a peça toca em assuntos do cotidiano, como o trabalho alienado e a infância abandonada. A companhia conta com 15 anos de existência e realiza trabalhos voltados para o público infantil e seus familiares.

Dramaturgia: Ilo Krugli / Direção: Rogério Tarifa / Direção Musical: Lincoln Antonio / Composições Musicais: Jonathan Silva / Elenco: Adriana Aragão, Daniela Biancardi, Jonathan Silva, Lincoln Antonio, Marcelo Reis, Mauricio Damasceno, Patrícia Gifford, Rodrigo Ramos, Rogério Tarifa e Vera Lamy / Figurinos: Anahí Santos / Produção: Isabel Soares / Cenotécnicos: João Attuy e Edson Luna.
Duração: 90 minutos

CIRCO
Malabarismo É Música para os Olhos
Cia Super Circo (SP)
Um malabarista de farol, que chegou a se apresentar na Broadway. Essa é a história que serve de fio condutor para um belo espetáculo interativo de malabares. A trama dessa narrativa, cheia de magia e humor, se desenvolve da seguinte maneira: malabarismo de seis claves, performance coletiva de coordenação motora, cena interativa com sete bolas, esquete com seis argolas, quadro com instrumentos musicais e performance com maçãs. Com esses números e elementos em cena, o espetáculo faz uma lírica e lúdica homenagem visual à musicalidade que o malabarismo proporciona na sua superação diária dos desafios que a gravidade impõe.

Direção: Giovana Assumpção / Atuação e Roteiro: Richard Ruppelt / Cenografia e Figurino: Silvana de Cássia / Fotos e Vídeos: Renato Belluomini / Produção e Coordenação: Michael Cebalos.
Duração: 55 minutos

MÚSICA
Rael (SP)
Ex-integrante do grupo de rap Pentágono, o rapper Rael apresenta o seu mais recente trabalho, Diversoficando, em que concretiza um desejo de seus fãs: músicas em formato acústico, como no caso de Ser Feliz e o hit Envolvidão. Em 2014, o rapper colocou sua música nos muros de São Paulo e Rio de Janeiro. Quem passava por esses lugares precisava apenas plugar o próprio fone de ouvido num dispositivo nas paredes para começar a ouvi-las. A iniciativa virou notícia de Norte a Sul do Brasil, e a música saindo pelas paredes conquistou os fãs antes mesmo de o EP ser liberado para download gratuito e streaming no YouTube. Com letras diretas e contundentes, falando da realidade e do cotidiano do país.

Com: Rael (voz e violão), Bruno Dupré (guitarra), Bruno Marcucci (teclado), Rafael da Costa (baixo), Felipe da Costa (bateria) e DJ Soares (toca-discos).
Duração: 75 minutos

Assessoria de Imprensa Circuito Sesc de Artes 2015

Sesc São Carlos
João Pedro Caires – joao@scarlos.sescsp.org.br – 16 99793-7919
Aguinaldo Soares da Costa – aguinaldo@ scarlos.sescsp.org.br – 16 3373-2357

Conteúdo Comunicação
11.5056-9800
Alessandra Miranda – alessandra.miranda@conteudonet.com – 11. 98460-3733
Luciano Pereira – luciano.pereira@conteudonet.com – 11. 99585-8236
Roberta Montanari – roberta.montanari@conteudonet.com – 11. 99967-3292

Mais informações: sescsp.org.br/circuitosescdeartes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s