Eduardo Okamoto apresenta “OE” no Sesc São Carlos

oe

OE Espetáculo inspirado na obra do escritor japonês Kenzaburo Oe Com Eduardo Okamoto Encenação de Marcio Aurelio Dramaturgia inédita de Cássio Pires. Foto: Divulgação.

Nesta quinta-feira (10), Eduardo Okamoto apresenta, no Sesc São Carlos, solo com dramaturgia inédita inspirada no livro “Jovens de um novo tempo, despertai!”, do autor japonês Kenzaburo Oe. Na história, ao reconhecer a possibilidade iminente da morte, um homem escreve para o seu filho primogênito, que possui severa deficiência intelectual, um livro contendo a definição de todas as coisas existentes no mundo.

OE é livremente inspirado na obra do escritor japonês Kenzaburo Oe (Prêmio Nobel de Literatura/1994) – sobretudo, no romance autobiográfico Jovens de um novo tempo despertai! No livro, o autor procura definições sobre a sociedade e a vida (morte, sonho etc.) para o seu filho mais velho, deficiente intelectual.

A enfermidade do filho – que viveu até os seis anos de idade sem desenvolver a capacidade da fala – é recorrente na obra de Kenzaburo Oe. Demonstrando grande sensibilidade auditiva e aprendendo a falar ao reconhecer o som dos pássaros, o menino aprendeu a tocar piano e, hoje, é compositor respeitado no Japão e fora dele.

O espetáculo, porém, não se limita a uma narrativa sobre autossuperação. Assim, não se dramatiza passagens da obra do autor nipônico. Vê-se nela impulso para a abertura de imaginários. A partir da prosa de Oe, o dramaturgo Cássio Pires escreveu um texto inédito: um poema para a cena que sintetiza 28 imagens.

Estas imagens procuram se equilibrar nas bordas entre sonho e memória, vivência e imaginação, palavras e não-ditos.

O resultado é uma cena que não estabelece limites claros entre a singularidade de um único homem e a universalidade do conjunto plural dos homens. A partir de uma narrativa pessoal, o espetáculo propõe um chamado para novas formas de cidadania, baseadas na responsabilidade intransferível de cada ser sobre suas ações: “[há uma] conexão entre a violência em escala mundial, representada por artefatos nucleares, e a violência existente no interior de um único ser humano”, escreve Kenzaburo Oe.

Assim, o espetáculo toma a ficção como uma forma, comparável ao universo simbólico dos sonhos, de significar as experiências. O mundo só faz sentido quando contado, reinventado pela história. No ato de narrar, assim, haverá sempre espaço para a vivência de jornadas e, sobretudo, aprendizado.

Em 2012, Okamoto recebeu o prêmio de Melhor Ator pela APCA e indicação ao prêmio Shell de Melhor Atorpor “Recusa”, espetáculo da Cia Teatro dirigido por Maria Thais. Em 2009, foi indicado ao prêmio Shell de Melhor Ator por sua atuação em seu segundo solo, “Eldorado”, com direção de Marcelo Lazzaratto. O espetáculo foi contemplado, ainda, com o Programa de Ação Cultural – ProAC 2015. Em 2016, o espetáculo realizará uma circulação nacional pela região nordeste pelo Prêmio FUNARTE de Teatro Myriam Muniz.

O processo de pesquisa para a obra incluiu um estágio de Eduardo Okamoto, em fevereiro de 2014, no Kazuo Ohno Dance Studio, no Japão. O espetáculo foi financiado com recursos do Prêmio Myriam Muniz 2013, da Funarte, e do Faepex / UNICAMP.

Serviço

Dia 10, quinta, às 20h.
Teatro. 70 min. 12 anos
Teatro.  Livre

R$ 17,00
R$ 8,50 – Aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, professor, estudante e servidor de escola pública com comprovante.
R$ 5,00 – Trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciados no Sesc e dependentes (Credencial Plena).

Endereço: Av. Comendador Alfredo Maffei, 700 – Jardim Sao Carlos, São Carlos – SP, 13560-649

Telefone:(16) 3373-2300

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s