Para marcar na agenda: Lançamentos da Malha Fina Cartonera

Dia 15 de abril, a partir das 18 horas, no Centro Universitário Maria Antonia, a Malha Fina Cartonera lançará seus primeiros livros, com a presença dos autores: “Os olhos dos pobres de Julián Fuks, “22 poemas” de Fabiano Calixto, “Diálogos e Incorporações” de Juliano Garcia Pessanha e “O pretexto para todos os meus vícios” de Heitor Ferraz Mello. Ainda, no evento, serão revelados os vencedores da  Primeira Convocatória Malha Fina Cartonera, para publicação de autores inéditos vinculados à Universidade de São Paulo.

 

b718648c-8ddb-4a6c-b91f-2913bcd9276e

A Malha Fina Cartonera é um selo editorial associado à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas e tem apoio do Programa Unificado de Bolsasa USP. Pretende ser um espaço de publicação independente, que estimule a vida literária dentro e fora da universidade, dando visibilidade a autores ainda não publicados, como aqueles que foram eleitos pela Primeira Convocatória Malha Fina Cartonera, e serão divulgados dia 15 de abril; e a autores da cena contemporânea da literatura brasileira. Ademais, como projeto cartonero, pretende criar livros em edições únicas e sustentáveis.

As obras que serão lançadas são frutos de parcerias editoriais com a Mariposa Cartonera, de Recife, a La Sofia Cartonera, de Córdoba (Argentina) e a Yiyi Yambo, de Ponta Porã, cidade na fronteira com o Paraguai. Dentre as obras, duas são de poesia: 22 poemas, de Fabiano Calixto e O pretexto para todos os meus vícios, de Heitor Ferraz Mello. Embora ambas as obras estejam fortemente localizadas na experiência da cidade de São Paulo, através de cada uma, diferentes aspectos são iluminados: Os poemas de Fabiano Calixto são anárquicos e insaciáveis em suas explorações pelas possibilidades do lirismo tanto na linguagem quanto nos temas; em Heitor Ferraz Mello, por sua vez, o tom é mais baixo e a busca é por iluminações frente ao cotidiano massacrante.

Os olhos dos pobres são contos de Julián Fuks que exploram grandes temas como a ditadura argentina, a memória, os condenados das cidades e a relação com o Outro. Diálogos e Incorporações, de Juliano Garcia Pessanha, está num campo híbrido entre a ficção, a poesia e o ensaio: seus textos são experimentos entre vozes, entre a(s) sua(s) e as de Nietzsche, Rimbaud, Cioran e Tsvetáieva, mais que objetos, parceiros de escrita.

 Os autores compartilham um posicionamento de escrita: são escritores também ligados à academia, como pesquisadores e/ou professores. Posição que não fica à parte, mas vem à luz nas relações que estabelecem na escritura, tanto com a tradição literária quanto com outros discursos, como a filosofia ou a música. Trata-se de autores importantes no cenário contemporâneo da literatura brasileira, (re) conhecidos por suas obras literárias e por seu papel na discussão sobre o atual status da literatura. Um começo ilustre para a novíssima cartonera.

 

Serviço

Lançamento dos quatro títulos da Malha Fina Cartonera: 22 poemas, de Fabiano Calixto, O pretexto para todos os meus vícios, de Heitor Ferraz Mello Diálogos e incorporações de Juliano Garcia Pessanha e Os olhos dos pobres, de Julián Fuks. Data: 15 de Abril de 2016. Local: Centro Universitário Maria Antonia, Rua Maria Antonia 294, Vila Buarque – São Paulo. Horário: A partir das 18h.  Preço dos livros R$ 15,00. Não serão aceitos cartões. Mais informações no blog: https://malhafinacartonera.wordpress.com/.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s