Aline Bei: antiguidades

 

disco2

a feira vazia

as pessoas que passavam eram as pessoas que andavam por ali a caminho de alguma coisa que não a feira,

que solidão ficar nas barracas insistentes na mesma frase:

 

– fique a vontade.

 

de nada.

 

ninguém se anima a comprar sequer 1 talher de prata

ou 1 rádio cansado

ou um pôster do michael

Jackson é a Crise

disse o moço dos discos que me fez um desconto incrível

nos 10 títulos que comprei.

 

– e quando não é esse calor dos infernos é uma chuva dos diabos. – ele reclamou se abanando, depois me perguntou como estava

a vida, sou cliente.

 

bem, bastante música.

a música Salva do tédio.

 

eu disse de olho no cozinheiro do food  truck ao telefone

porque a fila pedindo panqueca

era

Nenhuma, a kombi do chef

cheirando gordura de uma longa estrada de trabalho menos hoje.

menos nas últimas semanas.

nos últimos

meses. durante o último ano desde o dia

em que nasci.

até que Enfim a barraca de bordado tinha uma mulher comprando 1 tapete mas

a máquina de passar cartão morreu de sinal fraquíssimo e

o que quase se transformou em uma compra

se manteve uma tarde

exageradamente quente

da feira que vende

o que ninguém quer comprar.

as barracas

começaram a

desistir o que parece

bom pra quem há muito

Cansou e precisa dormir.

apertei agradecida a mão

do moço

do disco, ele ainda mais.

no calçadão de volta pra casa um menino de 15 anos me disse um:

 

– oi.

 

comprido,

devolvi com outro

andando

e foi o que bastou pra ele ter Certeza de que eu estava a fim.

perguntou se eu podia dar pra ele o número do meu whatsapp,

ri por dentro sem olhar pra trás, um moleque

daquele tamanho

só podia estar brincando

comigo,

não estava.

ele me arrancou a bolsa do ombro e levou tudo que tinha dentro incluindo meu telefone

cheio

de nudes que ele nem precisou mandar mensagem pra pedir.

alinebei

Leia outros textos da Aline Bei publicados no LOID clicando aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s