Coluna 58: Só no domingo, por Lucimar Mutarelli

3e0056b8-2f04-476e-8816-23c3c8fe0464Meu marido foi pra festa do amigo

O filho foi pra praia com a namorada

Fiquei lavando a roupa porque a louça, os dois lavaram

Saí para ir ao cinema e comprar meu livro só aos domingos para a Sarita

Fui a pé porque a chuva ameaçou e não caiu

Seguimos

A Paulista estava aberta para pedestres, crianças, cachorros e pombos. Nada de gatos

Tinham uns bombeiros sósias do Tom Cruise quando jovem mas acho que era uma pegadinha. Pareciam modelos e eu tenho um sobrinho bombeiro, fui puxar assunto com os meninos

– Quer tirar uma selfie?

– Não, meu marido não deixa

Coloquei o pé na calçada e fiquei só. De olho

Passo batido pelo Reserva. Perdi o francês do momento

Ouço aquela canção do Roberto na voz do menino

– Esse é o menino flautista de Cuzco – o pai orgulhoso

Tadinho

Mais uma criança explorada

Uma senhora tropeça nas minhas pernas estendidas no chão da Paulista

– Praia de paulista

Mando a foto no grupo da família. Não aquele da família toda. Só no grupo do meu marido e do meu filho. Tem coisas que são íntimas, não precisa compartilhar tudo. Meu filho tenta me ensinar de novo

A senhora volta e aponta o dedo na minha fuça

– A senhora é jornalista?

– Não, sou escritora

Fico com preguiça de contar a história toda

Acho que foi o Inácio de Loyola que disse que quando não vinha a ideia para a crônica, ele saía para dar uma volta

O show acaba. Levanto e a velha reacionária me segue

– Esses maconheiros…não acredito…

Finjo que não entendo

Mostro pra ela uma família formada por 2 pais, 2 mães e 2 filhos

Não pergunto quem é de quem

Acho muito invasivo

McDonalds, será que a surpresa já é do Snoopy?

Não, Angry Birds. Não conheço. Mesmo assim como dois lanches por causa do porco rei. Lorena e Pedrinho. A Lorena eu até entendo torcer para o Palmeiras mas o Pedrinho é neto do Fininho, bisneto do Simpliciano

– Tira essa camiseta agora, menino

– Tadinho, tia. ele só escolheu porque a camiseta é verde. Não tem nada de futebol

– Puxou a tia – sorrimos e seguimos nossa caminhada juntas e de mãos dadas

Todos sorriem na Paulista

– O que aconteceu? Essa gente tá louca? Isso aqui é passagem pro hospital!!!

A velha volta xingando

– Qual hospital a senhora tá procurando?

– O nove de julho

– É por aqui. Tá vendo o Masp? A senhora desce a próxima a direita

– Obrigada, minha filha. Vai com Deus, Deus te abençoe

– amém, nós todos – agradeço

L2 – escolho sorrindo e teclando com meu marido no whatsapp

A bilheteira espera que eu digite 189 carinhas amarelas com o coração soprado nos beijinhos

– Precisa mandar tudo isso de emoticon?

– O que é isso?

– Figurinhas

– Ah! Precisa!!! É para o meu marido. Se fosse para você, seriam três sequências diferentes

– Mãe, você não existe

Eu adoro quando me falam isso

Encontro a Lygia e as meninas

– Eu não te conheço?

– Não sei

– Por onde você anda?

– No vão da História

– Não. Eu frequento a ECA e a Letras

– Você não é professora de História da Arte?

– Às vezes eu esqueço

– Então é isso

– 10,00 tá caro. Faz por 5. Eu sempre compro de você

– A senhora vai doar no face?

– Esse não. Já passei pra frente e me arrependi. Quero grifar todos os livros que já li, para deixar para meu filho, sobrinhos e netos

– Deixa esse pra mim

– Tá bom. Vou escrever na página 4

– Não tem página 4

– 21 então

– É o dia que a senhora nasceu?

– Não. Meu filho. E ele vai fazer 21 anos no dia 21

– Podia ser em 2021

– Aí ele ia fazer 26 e a piada perdia a graça

– Perdia nada. 26 de setembro é aniversário do Edson. Da página 1 até a página 31 sempre tem alguém fazendo aniversário

– O John falou que pode nasceu no dia 13 de julho, dia do Rock

– Dia de Santo Antônio

– Eu não gosto porque quando ele crescer vai ganhar só um presente no dia dos namorados

– Mais uma geminiana?

– Deus me livre

– Quem é geminiana?

– A Lucimar, a Jessica, a Laís e a Alice

– Isso não tem nada a ver. É tudo bobagem

– Qual é o seu signo?

– Capricórnio

– Só um capricorniano para não acreditar em signos. Pergunta para as mães delas. Ninguém merece ser mãe de geminiana

– Nem de ariano

– E escorpião? Tenho horror

– Que isso, gente? É um bebê inocente

– Nenhuma criança é inocente

– O que é isso? Tio Lou?

– Tá na bíblia

– Do cheiro do ralo?

– Acho que é. Não lembro

– Como assim não lembra? Você não é a maior fã dele? A número 1?

– Não. Acho que sou a número 3. É muito chato decorar texto

– Eu gosto

– Eu sei. Por isso você é atriz

Foco

Ninguém merece ser mãe

Ninguém merece perder um filho no meio do mato ou vê-lo ser internado a força ou no velório. Ninguém merece passar por nada disso

– Era só isso?

– Era. Quanto custa?

– Um café, 2 brigadeiros e três abraços

Você tá ficando muito careira

Tenta terapia de verdade

Mas você é de verdade!!!

– Eu sei, tia. Tô falando para ir no médico direitinho, tomar remédio

– você tá tomando remédio?

– Sim, 35. Almeida Prado

– Veio da Louise?

– Sim. Importado de Fernandópolis

– Mentira, tia. Cê tá zuando

– Não! Tô falando sério. O tio comprou e minha cabeça acalmou. Não ouço mais vozes

– Então fica quieta que vai começar o filme

– Qual?

– O clã

– Caralho. É o máximo

– Fica quieta. Sem spoiller

– Beijo

– Bjbj

lucimar-mutarellinovo

Confira as colunas anteriores da Lucimar Mutarelli

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s