Joana Hime transita entre poemas e imagens no livro “de dentro”

c107eb91-802e-49d4-80a5-44394e6df235Joana Hime lança seu primeiro livro de poesias – de dentro – com imagens de Branca Escobar pela Editora Patuá. Joana é graduada em jornalismo e mestra em letras. Atua no mercado musical há 15 anos como produtora e pesquisadora artística e gestora de projetos na área cultural.

Este livro de exercita práticas poéticas em constante trânsito, sem lugar demarcado, à deriva, inscritas no corpo erótico da escrita e na escrita potente do corpo. O livro é tecido como patchwork, uma colagem de narrativas atravessado pela força do jogo entre textualidade, visualidade e musicalidade. de dentro é construído na exterioridade, na tensão entre os atos de ler, de ouvir e de ver. De examinar o interior das coisas de fora.

As imagens e os poemas (um campo poético único) transitam entre três grandes espaços-de-partilha: a casa (lugar da memória, da pedra, das ruínas, das pétalas, das portas de sair); o corpo (lugar dos rastros, dos riscos, dos resíduos, dos afetos) e a palavra (lugar de fora, movimento que tira do ovo o “há feto” do que é inominável e indizível).

(Julio Diniz pesquisador e professor do Departamento de Letras da PUC-Rio)

872cb6dc-95c0-4176-8658-d8a54d9a563c

Joana Hime, carioca, é poeta, letrista e gestora de projetos culturais. Graduada em jornalismo e mestra em Letras pela PUC – Rio, atua no mercado musical há 15 anos.  Em 2015, lançou pela editora Patuá o livro De dentro, um experimento poético vinculado `as imagens da artista Branca Escobar.

brancaescobar_finalbaixa

Branca Escobar é carioca de 1981. Graduada em Desenho Industrial – Programação Visual na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Além de ampliar sua formação em cursos de programas gráficos, passou a explorar outras vertentes do ofício, como o design de produtos (através da especialização em desenho de joias no SENAI), de interiores (Universidade Veiga de Almeida) e estamparia (PUC-RIO). Vislumbra a faceta multidisciplinar do design, o que considera essencial para uma visão ampla da profissão. Sua atuação se materializa em variados projetos de direção de arte e agora empresta seu olhar em um trabalho experimental, ao sugerir imagens à poesia de Joana Hime.

Prefácio

A sensorialidade da escritura de Joana Hime escorre das mil línguas de seu ser vivo-pulsante-feminino e flagra-nos precisados-carentes de algo assim tocante e íntimo na literatura de nossos dias. Desamparados. Uma sensualidade vital, de água com pedra, de gente com gente, de lua com areia, de existência. De vida real imantada de poesia. Primeiro a vida em si contaminada, grávida de poesis, vivida nesse estado de graça e depois por ele traduzida. Poderia ser só vida, já seria lindo. E, por ser belo, necessário. Mas é poesia em seu rigor e por isso bem-vindo o livro, resina da experiência para ser saboreada com todos os sentidos, fóssil ressurecto e vivo na alma de quem a Joana lê. De quem a vê e ouve e, pelo mistério da palavra, passa a ela também ser. É de dentro de suas cavernas que Joana fala e aí já nos diz ao que veio, bem-acompanhada pelo instigante diálogo com as imagens de Branca Escobar – onde nada é ilustração mas sim estímulo e sugerências, desmapas para quem quer se perder de sentidos e redesenhar descaminhos.

Chico César

Confira o vídeo poema do livro DE DENTRO

 ★★★

Leia um poema de Joana Hime, do livro de dentro

SESSÃO DA TARDE

meu olhar faz cinema nela
te vejo a cada sessão sem efeito
na tela esqueço se mereço
compareço sem cortes
caos no set do coração
meu olhar encena seu poema
sobre a saia da vida versada
me despe tua letra espreguiçada
te veste
me veste
teu verso em cinema
meu olhar cora tua cara
te olha castanho meio amendoado
soletra passeios enviesados
e se esvai assim envergonhado
sete cortes seco essa canção
set do tempo querendo pausar
a tela entornada em azul
o filme não quer findar
mas sobra cinema dentro de mim
sempre que acendem a luz
quero apagar
invento um motivo
cubro a fita do negativo
hora de acordar meu fitar
hora de acordar meu ermo estar
hora de agora

 ★★★

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s