Professor da UFSCar lança novo livro

UntitledO professor Wilton José Marques, de Departamento de Letras da UFSCar, está lançando seu novo livro – O poeta sem livro e a pietà indígena – pela Editora da UNICAMP.

O poeta sem livro e a pietà indígena procura rediscutir importância do poema – “Nênia à morte do meu bom amigo o Dr. Francisco Bernardino Ribeiro” – de Firmino Rodrigues Silva (1815-1879) para a literatura brasileira. O aparecimento da nênia, em 16 de março de 1841 no jornal O Brasil, fez com que, ao longo do século XIX, Firmino Rodrigues, sem nunca ter publicado um livro de poemas, fosse considerado um dos precursores do indianismo romântico brasileiro. Nesse sentido, além de historiar o caminho da crítica oitocentista em relação ao poema, o livro apresenta uma nova leitura do texto com o intuito de não apenas destacar sua importância histórica, mas também com o de reintroduzi-lo no cânone romântico.

Segundo o professor Wilton, que recentemente descobriu textos inéditos de Machado de Assis e José de Alencar, este livro é resultante de mais uma pesquisa de “arqueologia literária”.

Neste caso, procura rediscutir a importância do poema – “Nênia à morte do meu bom amigo o Dr. Francisco Bernardino Ribeiro” – de Firmino Rodrigues Silva (1815-1879) para a literatura brasileira. O aparecimento da Nênia, em 16 de março de 1841 no jornal O Brasil, fez com que, ao longo do século XIX, Firmino Rodrigues, sem nunca ter publicado um livro de poemas, fosse considerado um dos precursores do indianismo romântico brasileiro.

Ainda segundo Wilton, “além de historiar o caminho da crítica oitocentista em relação ao poema, o livro apresenta uma nova leitura do texto com o intuito de não apenas destacar sua importância histórica, mas também com o de reintroduzi-lo no cânone romântico”. No limite, conclui o autor, “espera-se que o livro ajude o poema a sair da incômoda e comum categoria de textos apenas citados, mas nunca lidos. Afinal, tanto em literatura quanto no exercício da crítica, a leitura é tudo”.

Confira uma análise do livro Gonçalves Dias: o poeta na contramão

Wilton José Marques é professor de Literatura Brasileira e Teoria Literária do Departamento de Letras, do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Literatura da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e do Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP – Araraquara). Em 2011, recebeu o Prêmio Jabuti pelo livro Gonçalves Dias: o poeta na contramão. (EDUFSCar) e, em 2014, publicou O poeta do lá (EDUFSCar).

LANÇAMENTO – A Editora da Unicamp, a Livraria da EdUFSCar e o PPGLit – Programa de Pós-Graduação em Estudos de Literatura – convida para palestra e lançamento do livro O poeta sem livro e a pietá indígena, de Wilton José Marques. O evento acontece na quinta-feira (28), às 17h00, no Auditório 3 da BCO – Biblioteca Comunitária da UFSCar (Rodovia Washington Luís, s/n – Jardim Guanabara, São Carlos – SP, 13565-905).

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s