Conceição Evaristo lança seu novo livro em São Paulo

2015-801686409-foto-autora-orelha.jpg_20150323

Dia 11 de agosto (quinta-feira), a partir da 19h, São Paulo recebe o lançamento do novo livro de contos da escritora Conceição Evaristo: Histórias de leves enganos e parecenças, publicado pela Editora Malê (RJ). O evento será realizado no auditório da Ação Educativa, localizada na Rua General Jardim, 660, centro de São Paulo.

Programação
Sarau das Pretas – recital de Mulheres Negras
Renato Gama & Mariana Per – Apresentação lítero-musical com poemas da autora.
Bate-papo sobre o livro, com: Vagner Amaro (editor da Malê) e Conceição Evaristo.
Encerramento com coquetel e sessão de autógrafos.

Sobre a autora

Conceição Evaristo nasceu em 29 de dezembro de 1946 numa favela da zona sul de Belo Horizonte, Minas Gerais. Filha de uma lavadeira que, assim como Carolina Maria de Jesus, matinha um diário onde anotava as dificuldades de um cotidiano sofrido, Conceição cresceu rodeada por palavras. Teve que conciliar os estudos com o trabalho como empregada doméstica, até concluir o curso Normal, em 1971, já aos 25 anos.

Uma das principais expoentes da literatura Brasileira e Afro-brasileira atualmente, Conceição Evaristo tornou-se também uma escritora negra de projeção internacional, com livros traduzidos em outros idiomas. Publicou seu primeiro poema em 1990, no décimo terceiro volume dos Cadernos Negros, editado pelo grupo Quilombhoje, de São Paulo. Desde então, publicou diversos poemas e contos nos Cadernos, além de uma coletânea de poemas e dois romances.

A poeta traz em sua literatura profundas reflexões acerca das questões de raça e de gênero, com o objetivo claro de revelar a desigualdade velada em nossa sociedade, de recuperar uma memória sofrida da população afro-brasileira em toda sua riqueza e sua potencialidade de ação. É Uma mulher que tem cuidado de abrir espaços para outras mulheres negras se apresentarem no mundo da literatura.

Sobre o Livro

Em Histórias de leves enganos e parecenças, Conceição Evaristo subverte as marcas do real a favor da sua escrita. Conceição Evaristo, escritora mineira, poetisa, romancista e contista nos oferece um livro inovador com doze contos e uma novela, nesses tempos de conturbação política, à beira de um inesperado retrocesso das conquistas sociais no Brasil. Dizemos inovador porque, mesmo que se comprove a existência de elementos discursivos recorrentes nos livros anteriores, em Histórias de leves enganos e parecenças, Conceição toma a decisão de percorrer a seara do insólito, do estranho e do imprevisível.

Desse modo, a antologia Histórias de leves enganos e parecenças encaminha o leitor a múltiplas vias de leitura e ainda proporciona investigações por diversos enfoques teóricos, entre eles, o de identificar as linhas mestras do projeto literário de Conceição Evaristo. Do primeiro ao último conto e a novela “Sabela”, que encerra o livro, vamos encontrar, no âmbito dos enunciados, diálogos intratextuais com a obra da autora e intertextuais com mitos e outros textos da cultura brasileira. Sob o primeiro viés, pode ser instigante para o leitor estabelecer relações formais e temáticas com os livros anteriores da autora, como Ponciá Vicêncio, (2003), Becos da memória (2006), Poemas da recordação e outros movimentos (2011), Insubmissas lágrimas de mulheres (2011) e Olhos d’água (2015). No segundo, o intertexto é tecido com outras vozes da música popular brasileira, ou com histórias dos ancestrais divinizados africanos. Tal percurso há de ser produtivo na averiguação dos aspectos da linguagem, da construção das personagens e da concepção das narradoras notadamente imbuídas de postura ético-estética.

Ao lançar sua sexta obra, a escritora vivencia o status de ter inúmeros episódios de uso de seus textos em bibliografias de processos seletivos e a escolha de suas obras para diversos estudos acadêmicos, confirmando tratar-se de uma das escritoras brasileiras mais lidas e estudadas, com obras lançadas em outros países e responsável pela circulação de uma escrita marcada pela oralidade, dedicada a produzir ficção e reflexão sobre a comunidade afro-brasileira, suas memórias e histórias.

0989904f85ecc9717f0e24964fc55edf

SERVIÇO

Histórias de leves enganos e parecenças – Conceição Evaristo
Editora Malê – 2016
Quinta-feira, 11 de agosto, às 19h
Local: Ação Educativa (Rua General Jardim 660 – Vila Buarque)
Realização: Editora Malê – InaLivros – Ciclo Contínuo Editorial
Parceria: Ação Educativa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s