VII Simpósio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea: cartografias da produção atual

13903202_1679252992396262_5774831170125569713_n

O VII Simpósio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea dá continuidade aos trabalhos de pesquisa realizados pelo Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea acerca das relações entre literatura e sociedade, os procedimentos de representação e autorrepresentação de grupos marginalizados e a emergência de novos parâmetros críticos para se refletir sobre a produção atual.

Ao reunir professoras/es e estudantes de diferentes instituições nacionais e internacionais, o encontro se constitui em um ambiente privilegiado para a discussão de aspectos relevantes da literatura e, mesmo, da cultura contemporâneas. Este VII Simpósio pretende movimentar um conjunto de problemas significativos para se pensar nossa literatura recente de maneira mais ampla – como a questão da autoria, da personagem e do narrador do romance, o lugar da memória, da História e das escritas de si, do corpo e de seus deslocamentos por fronteiras nacionais e locais, o debate sobre a violência, a justiça, a ética e o autoritarismo, sobre a identidade racial, de gênero e de classe, a relação da literatura com o mercado e com os poderes públicos, a posição da crítica e do ensino de literatura no cenário atual.

Embora as abordagens possam ser múltiplas, o eixo que unirá os trabalhos será a preocupação com a democratização da produção literária; daí, o consequente questionamento das instâncias legitimadoras do campo literário brasileiro e a abertura para o diálogo com outras expressões artísticas e outras áreas do conhecimento.

Mais informações: http://gelbcunb.blogspot.com.br/

ORGANIZAÇÃO

Brasília – Universidade de Brasília – 4 a 7 de dezembro de 2016. Coordenação geral: Regina Dalcastagnè (UnB) e Lucía Tennina (UBA) Coordenação do Fórum dos Estudantes: Milton Colonetti (PUC-RS) e Paula Dutra (UnB). Comissão de organização: Anderson Luís Nunes da Mata (UnB), Gislene Maria Barral Lima Felipe da Silva (SE-DF), Paulo C. Thomaz (UnB), Pedro Mandagará (UnB), Virgínia Maria Vasconcelos Leal (UnB). Comitê científico: Carmen Villarino Pardo (Universidade de Santiago de Compostela), Florencia Garramuño (Universidade de San Andrés), Georg Wink (Universidade de Copenhague), José Leonardo Tonus (Universidade de Paris-Sorbonne), Leila Lehnen (Universidade do Novo México), Luciene Almeida de Azevedo (UFBA), Marcel Vejmelka (Universidade de Mainz), Ricardo Barberena (PUC-RS), Roberto Vecchi (Universidade de Bolonha), Sara Brandellero (Universidade de Leiden), Stefania Rota Chiarelli (UFF)

Organização: Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea. Local: Auditório do Instituto de Letras (ICC Sul, Subsolo, Sala 99).

Programação

Dia 4 de dezembro

Recepção dos participantes

Dia 5 de dezembro

Abertura – 8h30

Mesa 1 – 9h às 10h

Literatura, política e corpo

Escrituras do corpo/novas materialidades: um olhar filosófico-político

Rita Terezinha Schmidt (Universidade Federal do Rio Grande do Sul)

A teoria, a crítica e a historiografia brasileiras no òpelè-ifá: a literatura-terreiro como devir

José Henrique de Freitas Santos (Universidade Federal da Bahia)

Intervalo

Mesa 2  – 10h30 às 11h30

Realismo e perspectivismo

“Ainda o realismo. Por quê?”

Tânia Pellegrini (Universidade Federal de São Carlos)

Ver com os olhos do outro: perspectivismo ameríndio e A queda do céu

Pedro Mandagará (Universidade de Brasília)

Almoço

Mesa 3 – 14h às 15h

Política, ética e justiça

O silêncio, a voz, a memória: para um leitura política do romance brasileiro contemporâneo
Vincenzo Russo e Marianna Scaramucci (Universidade de Milão)

De golpes e outras histórias: ecos (anti)democráticos na literatura brasileira contemporânea

Leila Lehnen (Universidade do Novo México)

Mesa 4 – 15h às 16h

Violência, memória histórica e autoritarismo

“A máquina do mundo” de Paulo José Miranda: a vertigem tanatológica de seus mecanismos

Paulo C. Thomaz (Universidade de Brasília)

Masculinidade neo-autoritária, criando monstros

Jeremy Lehnen (Universidade do Novo México)

Intervalo

Mesa 5 – 16h30 às 17h30

Testemunho e resistência

Escrevem Marias e Clarices: uma releitura dos testemunhos escritos por familiares dos mortos e desparecidos da ditadura civil-militar

Rebecca Atencio (Universidade de Tulane)

Diários de detentos: relatos, cartas, & raps 

Emanuelle K. F. Oliveira-Monte (Universidade Vanderbilt)

Apresentação de pôsteres – 17h30 às 18h30

Dia 6 de dezembro

Mesa 6 – 8h30 às 9h30

Trauma, escrita e subjetividade

A estética deformada: considerações acerca da expressão narrativa do trauma

Milton Colonetti (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul)

Escrever uma vida nos espelhos da literatura brasileira contemporânea

Cristian Molina (Universidade Nacional de Rosário)

Mesa 7 – 9h30 às 10h30

Cidade, errâncias e lirismo

O sentido antropológico da experiência poética: duas leituras

Edimilson Pereira de Almeida (Universidade Federal de Juiz de Fora)

Poesia e cidade: das vozes do corpo

Susanna Busato (Universidade Estadual Paulista – São José do Rio Preto)

Intervalo

Apresentação de pôsteres – 11h às 12h

Almoço

Mesa 8 – 14h às 15h

Cidade, exclusão e resistência

A expansão da produção cultural brasiliense

Sophia Beal (Universidade de Minnesota)

Saraus das periferias de Brasília: vozes fora do Eixo

Lucía Tennina (Universidade de Buenos Aires)

Mesa 9 – 15h às 16h

Estudos de gênero, mobilidades e hibridismo

Um pouco mais além: desafios contemporâneos aos estudos de gênero

Virgínia Maria Vasconcelos Leal (Universidade de Brasília)

Arte como cura: doença, morte e gênero na obra de Valêncio Xavier

Edma Cristina de Góis (Universidade Regional do Cariri)

Intervalo

Mesa 10  – 16h30 às 17h30

Gênero, nação e identidade

O que vocês leem, além não se lê assim: leitura estrangeira das escritoras brasileiras do século XXI

Helena González Fernández (Universidade de Barcelona)

Estratégias de subjetificação na ficção contemporânea de mulheres: exílio, migração, errância e outros deslocamentos

Lúcia Osana Zolin (Universidade Estadual de Maringá)

Apresentação de pôsteres – 17h30 às 18h30

Lançamento de livros – 19h

Dia 7 de dezembro

Mesa 11 – 8h30 às 9h30

Estranhos estrangeiros

Navegar é preciso? 

Stefania Rota Chiarelli (Universidade Federal Fluminense)

Caixa de guardados

Regina Dalcastagnè (Universidade de Brasília)

Mesa 12  – 9h30 às 10h30

Literatura e performance

Literaturas ex-postas

Paloma Vidal (Universidade Federal de São Paulo)

De mim, ninguém me tira: desabafos performáticos de quatro personagens da literatura brasileira recente

Bruna Paiva de Lucena (Secretaria de Educação do Distrito Federal)

Intervalo

Mesa 13 – 11h às 12h

Crítica literária e democratização

Crítica literária nos anos 1970: a democratização da teoria e suas consequências

Jefferson Agostini Mello (Universidade de São Paulo)

Narrativas exemplares: criação literária como antecipação ou legitimação da crítica acadêmica contemporânea

Igor Ximenes Graciano (Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira)

Almoço

Premiação dos melhores pôsteres – 14h

Mesa 14 – 14h30 às 15h30

Crítica, mapeamentos e novos olhares

Questão de método: mapas da crítica literária brasileira no século XXI

Anderson Luís Nunes da Mata (Universidade de Brasília)

Bastonetes críticos: novos diafragmas do olhar

Ricardo Araújo Barberena (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul)

Mesa 15 – 15h30 às 16h30

Campo literário, autoria e agenciamentos

O papel dos agentes literários nos atuais processos de internacionalização da literatura brasileira contemporânea

Carmen Villarino Pardo (Universidade de Santiago de Compostela)

Autoria e curadoria

Luciene Almeida de Azevedo (Universidade Federal da Bahia)

Intervalo

17h às 19h

Reunião de trabalho dos professores: Projetos de pesquisa; cooperação entre as instituições universitárias do Brasil, da Argentina, dos Estados Unidos e de diferentes países da Europa; publicações; encontros internacionais; convênios; intercâmbios e cotutelas.

Reunião de trabalho dos estudantes: Publicação dos anais; outras publicações; organização do próximo Fórum; participação nos colóquios realizados no exterior.

Encerramento – 19h

Fórum dos estudantes (pôsteres)

A representação do marginal em Cidade de Deus, de Paulo Lins

Aline Teixeira da Silva Lima (Mestranda em Literatura, Universidade de Brasília)

O que nos contam os muros?

Amanda Maria Garcia Holgado de Oliveira (Graduanda em Letras, Universidade de Brasília)

A escrita contemporânea de Luci Collin

Andiara Maximiano de Moura (Doutoranda em Letras Universidade Estadual de Maringá)

O lugar da literatura afro-brasileira na crítica contemporânea

Carina Rodrigues Lobato (Graduanda em Letras, Universidade de Brasília)

Intermidialidade, trânsitos migratórios e as escritas cinematográficas de Karim Aïnouz

Calila das Mercês Oliveira (Doutoranda em Literatura, Universidade de Brasília)

Os contos infantis contemporâneos como campo de discussão da construção das identidades afro-brasileiras

Dalva Martins de Almeida (Doutoranda em Literatura, Universidade de Brasília)

A memória como uma tecnologia pessoal: o artefato nostálgico em Guia afetivo da periferia, de Marcus Vinícius Faustini

Diego J. Bustos (Doutorando em Literatura, Universidade do Novo México)

A leitura como direito cultural no Brasil: o caso das Jornadas Literárias de Passo Fundo

Elena Veiga Rilo (Doutoranda, Universidade de Santiago de Compostela)

A literatura na era digital: modificações na estética contemporânea

Elizangela Maria dos Santos (Doutoranda em Literatura e Cultura, Universidade Federal da Bahia)

Narrativas e silêncios da ditadura militar na literatura brasileira recente

Graziele Frederico (Mestranda em Literatura, Universidade de Brasília)

Os intelectuais e o amanhã: reflexões sobre o período pós-ditadura em Sérgio Sant’Anna e Beatriz Bracher

Humberto Torres (Doutorando em Literatura, Universidade de Brasília)

O lugar onde se faz a crítica: a relação instituições e produção da crítica literária brasileira

Isadora Maria Santos Dias (Graduada em Letras, Universidade de Brasília)

Memória e ditadura no romance brasileiro contemporâneo

João Pedro Coleta (Graduando em Letras, Universidade de Brasília)

Ruído branco, silêncio negro: intersecções na poesia de Ricardo Aleixo e Michel Yakini

Laeticia Jensen Eble (Doutoranda em Literatura,Universidade de Brasília)

Ao trabalho: a literatura laboral de Ana Paula Maia

Lígia de Amorim Neves (Doutoranda em Letras, Universidade Estadual de Maringá)

Bazar Oió: uma livraria e o convite a novos olhares

Lúcia Tormin Mollo (Mestranda em Literatura, Universidade de Brasília)

Da vida real à ficção: apontamentos sobre Inquérito policial: Família Tobias, de Ricardo Lísias

Maíra Fonseca Ramos (Mestranda em Literatura, Universidade de Brasília)

“Pensamento liminar”: descolonizando a crítica literária

Maria Aparecida Cruz de Oliveira (Doutoranda em Literatura, Universidade de Brasília)

O espaço das literaturas autóctones na crítica literária contemporânea

Marcos Eduardo Lopes Rocha (Graduado em Letras, Universidade de Brasília)

As condições da mulher: diálogos entre Angélica Freitas e Cristiane Sobral

Matheus Menezes Marçal (Mestrando em Teoria da Literatura, PUC-RS)

Hibridismo e inespecificidade na literatura brasileira contemporânea

Michel Machado Flores (Mestrando em Teoria da Literatura, PUC-RS)

Deslocamentos espaciais e construção identitária em Hanói e Rakushisha

Mirian Cardoso da Silva (Mestranda em Letras, Universidade Estadual de Maringá)

Oficinas de criação literária: a formação do escritor contemporâneo

Neila Brasil Bruno (Doutoranda em Literatura e Cultura, Universidade Federal da Bahia)

A polêmica em revista: Bruno Tolentino, um crítico em ação

Nívia Maria Santos Silva (Doutoranda em Literatura e Cultura, Universidade Federal da Bahia)

A violência contra a mulher nos contos de Beijo, boa sorte, de Ana Elisa Ribeiro

Paula Queiroz Dutra (Doutoranda em Literatura, Universidade de Brasília)

A representação das conjugalidades não hegemônicas na literatura brasileira contemporânea

Pollianna de Fátima Santos Freire (Doutoranda em Literatura, Universidade de Brasília)

Vozes das margens: a crítica literária no interior do Brasil

Raysa Soares (Graduanda em Letras, Universidade de Brasília)

Em parafusos: memórias do enlouquecer e a urgência da escrita

Rosângela Lopes da Silva (Mestranda em Literatura, Universidade de Brasília)

A literatura especulativa na crítica brasileira contemporânea

Waldson Souza (Graduado em Letras, Universidade de Brasília)

★★★

APOIO

capes

cnpq

ORGANIZAÇÃO

logo do grupod

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s