Livro de Bruno Azevêdo e Ana Mendes sobre vendedores de ostras será lançado dia 26

O livro será lançado dia 26 de agosto na casa de Nhozinho, Praia Grande, com exposição

unnamedQuem frequenta as praias de São Luís do Maranhão conhece bem os ambulantes da orla: queijeiros com suas latas em brasa, fruteiros com enormes bambus, marisqueiros com camarões salgados e pequenos sacos de sal.

E os ostreiros: um grupo silencioso de pessoas com isopores, conchas abertas, sal, limão, tempero seco. As ostras de praia são parte da tradição culinária local como o caranguejo, o arroz de cuxá.

O escritor Bruno Azevêdo e a fotojornalista Ana Mendes andaram pelas praias da cidade no primeiro semestre de 2016 para fotografar e ouvir esses vendedores de rua, caderninho pras histórias, celulares pras fotos, em busca da vida por trás dos isopores, para compor o primeiro perfil de um grupo de trabalhadores comuns na paisagem da cidade: extrativistas, comerciantes, pescadores, tirando o sustento com limão e sal ao sol do quase equador. O resultado é Ostreiros (Pitomba!, 2016), livro com fotografias e histórias de vida de 33 catadores e vendedores de ostras, que traz o perfil e os retratos de 33 personagens e o espaço físico onde trabalham e circulam, principalmente nos finais de semana.

Ostreiros é um livro de afetos. Apesar do cuidado etnográfico, do exercício da pesquisa, o que Ana Mendes e Bruno Azevêdo realizam amplia o lugar do registro, do mapeamento das relações sociais da economia pregoeira. O que temos em mãos, em fotografias e textos, é um esforço eficiente de construção narrativa voltada para a transformação de ocupantes da faixa de praia em protagonistas genuínos”, diz o poeta Josoaldo Rego na orelha do livro.

LANÇAMENTO

O evento do lançamento prevê, além da noite de autógrafos, uma exposição com as fotos dos ostreiros em tampas de isopores e uma instalação com ostras, isopores e paus de mangue preparada pelo artista visual Layo Bulhão. “Estamos também tentando trazer os personagens do livro, além de servir ostras e cachaça pros visitantes”, afirma Bruno Azevêdo. O livro já está disponível na livraria Poeme-se e no site da editora (www.pitomba.iluria.com)

Bruno Azevêdo, 36, é ludovicense. Autor de 9 livros, entre eles O Monstro Souza, Baratão 66 e Em ritmo de seresta.

Ana Mendes, 31, é gaúcha, fotojornalista e antropóloga.

Este slideshow necessita de JavaScript.

★★★

OSTREIROS
Bruno Azevedo e Ana Mendes
120 p, formato 14x18cm
R$ 30,00
Apresentação de Josoaldo
Lima Rêdo e Pedro Garcia

LANÇAMENTO
26 de agosto,
19h – Casa de Nhozinho,
rua Portugal, Praia Grande
Disponível em pitomba.iluria.com e na livraria Poeme-se.

CONTATOS
Bruno Azevêdo
98-8159.0200
bazvdo@hotmail.com

11891133_429138227273210_5355119397365565758_n

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s