A TRUPE BAIÃO DE 2 INICIA TEMPORADA DE ‘RETIRANTES: MALAS, SONHOS E MANCEBOS‘ E CELEBRA A CULTURA NORDESTINA ATRAVÉS DO CIRCO

 Uma viva ao Nordeste! É o que a Trupe Baião de 2 propõe com a montagem “Retirantes: Malas, Sonhos e Mancebos”, que inicia temporada no dia 16 de setembro, em São Paulo. O projeto contemplado pelo edital ProAC do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Estado da Cultura, tem apresentações gratuitas e conta com um intérprete de libras, convidando de fato toda a população para conhecer a história de dois nordestinos em seu novo lar. Explorando os novos rumos da dramaturgia circense, o grupo apresenta um trabalho especial, que valoriza a cultura popular e une habilidades como força, equilíbrio, acrobacia e manipulação de objetos. Um trabalho forte e encantador, que traz dois retirantes com as malas cheias de sonhos!

 

unnamed-1

TRUPE BAIÃO DE 2 UNE CIRCO E CULTURA NORDESTINA

Formada por Guilherme Awazu e Rachel Monteiro, a Trupe Baião de 2 é um grupo de circo contemporâneo que vem ganhando cada vez mais espaço, por ir além da diversão e exibição de habilidades técnicas, apresentando um trabalho potente, delicado e muito poético. Na próxima sexta-feira, dia 16 de setembro, a trupe inicia a circulação do projeto “Retirantes: Malas, Sonhos e Mancebos‟, sua primeira montagem, feita para ruas e praças, através do edital ProAC (Programa de Ação Cultural), do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Estado da Cultura.

Em “Retirantes: Malas, Sonhos e Mancebos” as malas carregam os sonhos de um casal de retirantes que está construindo um novo lar. Malas que levam objetos repletos de afetos e significados, mas também a esperança e expectativa de uma vida nova. A alegria, o trabalho, o cansaço e a esperança, se misturam às técnicas circenses em uma contagiante coreografia. A montagem de um lar, a reafirmação de um vínculo de amor e companheirismo. O início.

“Para tratar de um tema tão íntimo e tão presente ao nordestino, tomamos muito cuidado, uma vez que nossa intenção não era mostrar a dificuldade, nem o lado triste por ter de abandonar a terra querida. Mas sim, a esperança, que dá forças a tantas famílias para migrarem em direção a uma nova vida. É uma homenagem aos nordestinos! Propositalmente, passaremos por municípios que possuem grande número de migrantes. Acreditamos que com esse projeto, o circo adquire um papel importante de interação social, em um campo que pretende valorizar a cultura nordestina e discutir o preconceito”, explica Rachel Monteiro, cofundadora da trupe e volante de acrobacia.

O espetáculo tem clima de festa e começa com um cortejo ao som do maracatu, convidando os passantes para se achegar e conhecer uma história composta por elementos típicos da cultura nordestina. A cenografia, inserida no contexto da memória, utiliza objetos escolhidos por fazerem parte da memória afetiva e constituírem um ambiente de conforto e segurança, como se aquelas pessoas os utilizassem para recriar o lar de outrora. O figurino tem referências dos festejos e da cultura retirante. Tecidos como juta, rendas e bordados se misturam para criar um visual alegre para esses personagens se deslocam em busca de um lugar melhor, sempre cheios de esperanças.

“Toda essa presença do Nordeste em São Paulo e a própria história dos dois artistas criadores da trupe, foi o que norteou a pesquisa e realização desta obra de circo carregada de referências da cultura nordestina. Desde os ritmos escolhidos, danças realizadas, até os objetos e sua relação com o cotidiano tradicional nordestino”, conta Guilherme Ribeiro Awazu, cofundador da Trupe, acrobalance, perna de pau e malabarismos.

 “Retirantes: Malas, Sonhos e Mancebos”  é uma obra que divulga o circo como arte cênica com dramaturgia própria. Conta uma história sem falas, por meio das técnicas circenses presentes e utiliza habilidades como força, equilíbrio, acrobacia e manipulação de objetos, para criar sua narrativa. A direção artística é de Ronaldo Aguiar, importante artista da cena circense atual, e tem a direção de produção e apoio conceitual de Marcia Vilela, da Arena Projetos.

A primeira apresentação da temporada, acontece no dia 16 de setembro, em Santo Amaro (SP), às 14h00. Depois o grupo segue para a Cidade Tiradentes, Suzano, Guararema, Ferraz de Vasconcelos, São Miguel Paulista, Itaquaquecetuba e Mogi das Cruzes.  O espetáculo é gratuito e trata da acessibilidade com um intérprete de libras, o que assegura posicionamento exclusivo na plateia para idosos e portadores de deficiência física, auditiva e visual. Após cada apresentação, a trupe realiza um bate-papo sobre o tema do espetáculo e sobre circo. E a população pode acompanhar toda esta jornada da Trupe Baião de 2 através do blog: https://retirantes.wordpress.com/  e pela fanpage: http://www.facebook.com/TrupeBaiaoDe2

FICHA TÉCNICA

Artistas Circenses (elenco): Guilherme Awazu e Rachel Monteiro| Figurinista: Cleuber Gonçalves| Técnico Som: Clóvis Vilela| Direção artística: Ronaldo Aguiar| Produção Executiva: Álvaro Rovares| Direção de Produção e Elaboração: Marcia Vilela/Arena Projetos| Concepção: Trupe Baião de 2

 SINOPSE

“Retirantes: Malas, Sonhos e Mancebos” conta a história da chegada de um casal de retirantes nordestinos a uma nova terra que agora será chamada de lar. Da arrumação do solo para firmar a casa, até a organização dos objetos que são cheios de histórias, o espetáculo se presta a mostrar a felicidade e a esperança dos retirantes com a nova terra. Retirantes é um espetáculo de circo que também traz à cena elementos de dança e de música, tendo o retirante como tema principal.

Números: Percha de equilíbrio, Perna de Pau, Duo Acrobático e outros.

Duração: 45 minutos – Classificação indicativa: livre – Entrada gratuita

PROGRAMAÇÃO

16 de setembro– 14h – São Paulo – Santo Amaro – Calçadão em frente à Casa Amarela, Praça Floriano Peixoto 131

17 de setembro – 15h – São Paulo – Cidade Tiradentes – Rua Naylor de Oliveira s/n, Praça Maria das Graças Reis em frente Terminal novo de ônibus de Cidade Tiradentes

30 de setembro – Suzano – Praça João Pessoa s/n – Centro –  11h e 14h30

01 de outubro – Guararema – Pátio Central do Bairro Luís Carlos – 10h30 e 15h30

07 de outubro – 11h/16h – Ferraz de Vasconcelos – Praça Independência, Centro (Estação CPTM)

08 de outubro – 13h – São Paulo – São Miguel Paulista – Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra (Praça do Forró)

14 de outubro – 11h e 15h – Itaquaquecetuba – Pátio da Feira – Estrada de Santa Isabel, n° 3.500 –  Vila São Carlos

21 de outubro – 10h e 14h – Mogi das Cruzes – Praça Monsenhor Roque Pinto de Barros , 360.

 

Contato Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini – Cel.: 99568-8773 – lucigandelini@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s