SLAM LONAN: Competição de poesia movimenta Ocupação Coaty, na Ladeira da Misericórdia

14322370_1174941845909215_961084087385519393_n

O coletivo Blackitude – Vozes Negras da Bahia inicia, no próximo sábado (24\09), a primeira edição do Slam Lonan, que pode ser definido como uma batalha ou peleja de poesia. Dividido em sete etapas, até dezembro, o evento se junta às atividades da Ocupação Coaty, que está movimentando o histórico casarão na Ladeira da Misericórdia, com uma série de atividades. Com entrada gratuita, o Slam Lonan acontece das 16h às 20h e é aberto a poetas baianos ou residentes no estado, que podem participar com seus poemas autorais de até 3 minutos.

Nascido nos Estados Unidos, o Slam Poetry já conta com boa tradição no Brasil, sobretudo em São Paulo, onde acontece um campeonato nacional no final do ano, o Slam-BR. É justamente uma vaga no evento paulista que o vencedor do Slam Lonan vai ganhar. Para isso, terá de conquistar o público e os jurados com seus textos e suas sua performances orais.

A programação da tarde começa às 16h e vai alternar as rodadas de disputa com rodas livres de poesia, abertas a todos os presentes. O evento conta com um DJ residente, Gug Pinheiro, que discotecará antes e após as performances poéticas e acompanhará os convidados: nesta primeira edição, o evento recebe o rapper Daganja, que mostra canções de seu último álbum;  o poeta Nelson Maca e o percussionista Jorjão Bafafé, que apresentam o projeto Tamborismo.

A DISPUTA – Cada edição do Slam Lonan contará com um número máximo de catorze poetas, que pode se inscrever no local, até o início do evento. Serão seis edições classificatórias e a grande final, na qual se enfrentarão os seis vencedores de cada etapa.  O slamterá a seguinte dinâmica: três apresentações individuais, seguidas de nota dada por um júri espontâneo, formado, na hora, por cinco pessoas escolhidas na plateia. Os membros do júri darão uma nota de 0 a 10 para cada poeta, sendo eliminadas a menor e a maior delas. As duas rodadas iniciais são eliminatórias e a última decide quem será o vencedor do dia. Ou seja, para o poeta sair vencedor, ele precisa recitar, no mínimo, três poemas autorais. A primeira etapa classifica sete competidores, e a segunda, três.

Durante a declamação, não é permitida a utilização de figurino ou outro recurso além do corpo e a voz. Os poemas podem ser lidos ou memorizados, mas não podem ultrapassar 3 (três) minutos de duração. Os vencedores de cada edição receberão como premiação um kit com sete títulos dos escritores Fábio Mandingo, Juraci Tavares, Landê Onawalê, Lívia Natália, Nelson Maca, Valquíria Lima e Wesley Correia, importantes nomes da Literatura Negra da Bahia. Já o campeão geral do Slam Lonan, além de um kit com livros da Literatura Negra nacional, será premiado com um troféu e com a vaga na final do Slam-BR 2016. O campeão do Slam-BR garante vaga para o mundial que acontece na França em 2017.  (www.slamlonan.blogspot.com)

Ocupação Coaty – Com uma série de atividades abertas ao público e gratuitas,  que começaram em agosto e seguem até dezembro, a Ocupação Coaty  é uma iniciativa do Projeto Ativa. O projeto compreende saraus, slam, performances, vídeos, oficinas, palestras, shows musicais, exposições, etc. Na segunda metade da década de 80, a arquiteta Lina Bo Bardi (1914 – 1992) desenvolveu um projeto para revitalização da área, como parte do Plano de Recuperação do Centro Histórico de Salvador. No entanto, hoje, o lugar está, novamente, semi-abandonado e quase esquecido. Através da Ocupação Coaty, artistas, grupos e coletivos se reúnem no intuito de retomar aquela ação. Através da arte,  promove a discussão sobre a reocupação e conseqüente revitalização da área onde funcionou o bar e restaurante Coaty e, por extensão, do conjunto arquitetônico da Ladeira da Misericórdia como um todo.

Etapas do Slam Lonan

Dia 24\09 (primeira eliminatória)

Dia 08\10 (segunda eliminatória)

Dia 22\10 (terceira eliminatória)

Dia 05\11 (quarta eliminatória)

Dia 19\11 (quinta eliminatória)

Dia 03\12 (sexta eliminatória)

Dia 04\12 (final)

 

Ficha

O que: Slam Lonan – Peleja Poética da Bahia

Quando: sábado, das 16 às 20h

Onde: Ocupação Coaty, Ladeira da Misericórdia (Antigo Zanzibar – Atrás da Prefeitura)

Entrada gratuita 

Assessoria de Imprensa: Ana Cristina Pereira (99176-5755)

Mais informações: Nelson Maca (99130-4618 e 3326-4620)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s