Aline Bei: a crise de Flávia durante um programa de tv

tumblr_m1sfdrnv3c1qbr8r3o1_400

se existir mesmo esse negócio de reencarnação, – a Flávia pensou,
então na minha próxima vez na Terra eu ficarei de novo sem poder escolher onde nascer?
e se na próxima vida eu nascer no meio de uma guerra? com cruz vermelha na cabeça de enfermeira, uma criança
brincando com granada ou um homem
destroçado pelos tiros.
nunca senti
as dores de um tiro, nem quero, além de me preocupar com isso nessa vida vou ter que me preocupar com isso por toda eternidade? tomar cuidado pra sempre não adianta, uma hora eu me distraio, não tem jeito, e então levo o tiro e
morro
de novo, pra nascer mais uma vez.
são quantas as chances,
infinitas? para todas as pessoas o mesmo número de chances?
quem Decide não dorme nunca? as pessoas não param de morrer.
será que na minha próxima vez renasço homem? será que é assim que funciona? 1 vez homem
na outra mulher.
na outra homem no corpo de uma mulher
e na última mulher
no corpo de um homem
até começar tudo de novo
com os relógios do mundo rodando
sem ninguém pra lembrar de nada ou simplesmente pedir chega e ser ouvido. quem é o meu verdadeiro eu?
a que sou
ou as que fui junto com as que serei? – a Flávia pensou.
e se calhar de eu renascer numa lavoura? nunca tive o menor interesse por plantação. trabalharia no sol o dia todo
sem nenhum livro em casa
comigo morrendo de câncer provavelmente aos 40.
e se eu for uma pessoa ruim na próxima vida?
sem conseguir me livrar dessa ruindade
ainda que no fundo da alma eu queira pensar diferente, ser mais como sou hoje,
não que eu seja grande coisa
mas pelo menos nunca matei ninguém.
ou Será que a gente ama o que é, a vida que tem,
e esquece os valores da vida passada mais distante que o passado dessa vida que já nem lembro
o nome da rua que fui ontem e lá fiquei por horas
no café – a Flávia pensou
debaixo do lençol
a testa franzida
o dedão do pé curvado, tenso. odiava ter que pensar naquelas coisas,
dava um Vazio igual ver programa de planeta no discovery channel.
acontece que a Flávia não conseguia desligar a tv, estava interessante a beça, o filósofo falava com tanta veemência de Bauman, de
Nietzsche,
em que momento do pós morte entra deus?, os anjos,
o diabo e todas aquelas pessoas que a gente ajoelha a vida inteira por elas e que estão na bíblia.
como é que elas foram parar num livro sagrado, essas pessoas?
se houver mesmo reencarnação, numa vida passada eu posso ter sido judas? Jimi Hendrix.
Sylvia Plath.
um amigo me disse que se eu ver espíritos de noite não é pra eu ficar com medo,
é pra eu ficar feliz
já que fica provado a existência de alguma coisa pós morte e isso acalma.
pós morte com vida Pode ser um inferno, eu disse pra ele.
pior que esse não é, – ele riu, mas
e se não houver
absolutamente nada
além dessa minha existência besta? e então quando morre
é morte Mesmo
fim da linha
terra e osso
é assim que acaba pra qualquer sujeito, o gente boa, o cuzão, o bêbado, o gênio, a menina brutalmente assassinada. fica tudo por isso mesmo
debaixo da terra
e as pessoas não param de querer ter filho.
talvez a terra esteja só querendo descansar um pouco e a gente não entende.
vai pra onde
depois da morte
a memória, as roupas das pessoas mortas, todas as coisas que ela descobriu e não contou?

deus é uma invenção dos covardes. a ideia de um ser supremo que nos ama incondicionalmente não importa quem você é só comprova uma séria carência do ser pós moderno.
qualquer pessoa inteligente que reflete um pouco não consegue acreditar em algo por mais de 2 horas. – disse o Filósofo na tv,
o auditório anotava

o dedo da Flávia abaixou
o volume
tentando encontrar uma saída mais leve do que
o suicídio, quem sabe dormir um pouco
ou até interfonar
pro Ângelo
pedindo pra ele:

-Sobe.

alinebei

Confira os textos anteriores da escritora Aline Bei 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s