Mostra Internacional de Cinema encerra com exibição de filme ao ar livre e trilha sonora ao vivo no Auditório Ibirapuera

O longa metragem A General, de 1926, é um dos principais clássicos que retratam a Guerra Civil Americana; na exibição para a plateia externa do Auditório, ele ganha trilha sonora ao vivo composta e regida por Robert Israel, e executada pela Orquestra Juvenil Heliópolis

No dia 2 de novembro, quarta-feira, às 19h30, a plateia externa do Auditório Ibirapuera assiste a mais uma projeção histórica da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Pela primeira vez encerrando o evento, a exibição do filme A General, de 1926, é acompanhada pela Orquestra Juvenil Heliópolis, que interpreta de forma inédita a trilha sonora do filme sob a batuta do compositor norte-americano Robert Israel. O evento dá sequência às tradicionais sessões ao ar livre promovidas pela Mostra no Auditório Ibirapuera, precedido por Metrópolis, em 2011, Nosferatu, em 2012, Nathan, o Sábio, em 2013, O Circo, em 2014, e Meu Único Amor, em 2015.

Na década de 1970, Orson Welles disse, ao apresentar A General antes de sua exibição em um canal de televisão dos Estados Unidos, que a obra tinha “uma extraordinária beleza” e que não se tratava “só de um filme sobre a Guerra Civil [Americana], mas que era O filme”. O cineasta também elegeu a produção de 1926, dirigida pela dupla Clyde Bruckman e Buster Keaton, como uma de suas preferidas. Hoje, 90 anos após estrear, o longa metragem ainda figura em diversas listas, como a do American Film Institute (AFI), que o colocou na 18ª posição na seleção dos 100 melhores títulos americanos de todos os tempos.

A trama conta a história do encanador maquinista Johnnie Gray, interpretado pelo também diretor e roteirista Buster Keaton, que se alista no período da Guerra Civil para impressionar a namorada, Annabelle Lee (Marion Mack). O rapaz, no entanto, não é aceito para lutar, pois as autoridades o consideram mais útil como engenheiro da ferrovia. A negativa faz a garota pensar que o amado é um covarde. É quando sua locomotiva, “a General”, e Annabelle são sequestradas por espiões da União, e Johnnie tem a missão de salvá-las.

As aventuras do personagem pela ferrovia marcaram para sempre a carreira de Keaton, que protagoniza — ele odiava dublês — sequências de ação coreográficas, dignas de um bailarino equilibrista. Tudo executado na companhia de sua principal marca: o rosto melancólico e impassível, que o tornou conhecido como o palhaço que não ri.

Sobre a Orquestra Juvenil Heliópolis

Formada por 60 instrumentistas, a Orquestra Juvenil Heliópolis (OJH) alia a jovialidade de seus músicos – com idades que variam de 14 a 25 anos – com a maturidade e o conhecimento adquirido de seus professores e regente titular, Edilson Ventureli. Criada em 2009, e mantida pelo Instituto Baccarelli, a Orquestra está comprometida em promover a democratização do acesso à música de concerto – missão que já levou o grupo a importantes palcos, como Sala São Paulo, Theatro São Pedro, Centro Cultural São Paulo e Auditório MASP Unilever. O grupo também representou o Instituto em eventos notáveis, como os programas Criança Esperança (2011) e a III Conferência Global Sobre o Trabalho Infantil, realizada pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em Brasília.

Sobre o maestro Robert Israel

O maestro e compositor nasceu em Los Angeles, EUA, em 1963. Fez sua estreia profissional aos 18 anos de idade, poucos meses após iniciar os estudos formais de piano e órgão. Em suas mais de três décadas de carreira, apresentou-se em diversos locais, como a Galeria Nacional de Arte, em Washington, o Museu d’Orsay, em Paris, e a praça Maggiore, em Bolonha. Além de performances ao vivo como maestro, ele compõe trilhas sonoras para filmes mudos, como Fantasma (1922), de F.W. Murnau, O Maricas (1924), de Fred C. Newmeyer e Sam Taylor, Marinheiro por Descuido (1924), de Donald Crisp e Buster Keaton, Dois Cavaleiros Árabes (1927), de Lewis Milestone, e Esta Vida É uma Comédia (1928), de Frank Capra. Israel criou canções para obras televisivas, como o curta Chaplin Hoje: O Circo, de François Ede, e a série Biografias, do canal A&E, e também viaja pelo mundo palestrando sobre música e imagem em movimento.

A General (The General)

(1926, P&B, 70 min., ficção, EUA)

Direção: Buster Keaton e Clyde Bruckman

Roteiro: Buster Keaton e Clyde Bruckman

Fotografia: Bert Haines, Devereaux Jennings

Montagem: Buster Keaton e Sherman Kell

Elenco: Buster Keaton, Marion Mack, Glen Cavender, Jim Farley e Charles Henry Smith

Produção: Joserph M. Shenck / Cohen Film Collecion

general6

 

SERVIÇO

Encerramento da 40ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

Exibição do filme A General, de Clyde Bruckman e Buster Keaton

com acompanhamento da Orquestra Juvenil Heliópolis

Dia 2 de novembro, quarta-feira, às 19h30

Duração: 90 minutos (aproximadamente)

Gratuito. Plateia externa.

Classificação indicativa: Livre.

Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer

Av. Pedro Alvares Cabral, s/n – Portão 2 do Parque do Ibirapuera

(Entrada para carros pelo Portão 3)

Fone: 11.3629-1075

info@auditorioibirapuera.com.br

http://www.auditorioibirapuera.com.br/

Ar-condicionado. Acesso a deficientes. Proibido fumar no local.
Estacionamento do Parque Ibirapuera, sistema Zona Azul – R$ 5,00 por duas
horas. Dias úteis das 10h às 20h, sábados, domingos e feriados das 8h às 18h
Ônibus:

Linha 5154 – Terminal Sto Amaro / Estação da Luz

Linha 5630 – Terminal Grajaú / Metrô Bras

Linha 675N – Metrô Ana Rosa / Terminal Sto. Amaro

Linha 677A – Metrô Ana Rosa / Jardim Ângela

Linha 775C/10 – Jardim Maria Sampaio / Metrô Santa Cruz

Linha 775A/10 – Jd. Adalgiza / Metrô Vila Mariana

O Auditório Ibirapuera não possui estacionamento ou sistema de valet. O estacionamento do Parque Ibirapuera é Zona Azul e tem vagas limitadas. Sugerimos que venha de táxi ou transporte público

 

Assessoria de Imprensa:

Conteúdo Comunicação

Fone: 11.5056-9800

Cacau Cerullo: cacau.cerullo@conteudonet.com

Carina Bordalo: carina.bordalo@conteudonet.com

Cristina R. Durán: cristina.duran@conteudonet.com

Isadora Bertolini: isadora.bertolini@conteudonet.com

Larissa Correa: larissa.correa@mailer.com.br

Roberta Montanari: roberta.montanari@conteudonet.com

No Auditório Ibirapuera

Giovanna Leopoldi / Fone: 11.3629-1017

imprensa.auditorioibirapuera@itaucultural.org.br

giovanna.leopoldi@conteudonet.com

www.conteudocomunicacao.com.br

www.twitter.com/agenciaconteudo

www.facebook.com/agenciaconteudo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s