Jefferson Pereira: Para Sabotage

Para Sabotage

A esperança é o que nos faz viver.
Crianças sem chão,
Famílias vivendo sem pão.
É, o pobre réu agora
É fel, ainda é refém, sem
Céu…

– A lei das ruas é rude,
Ensina-nos a viver, diria
Você, maestro do Canão.

Não somos Munrás,
Mas temos, sim, a bondade,
A irmandade por nós.

O pobre que acorda com a
Cara cheia de tristeza,
Caminha pelas ruas sem
Perder a nobreza.

Já a ganância excita
À selvageria da violência:
Homens matam uns aos outros
Como animais.

Cada vez mais presos nas nossas
Desigualdades sociais, nos tantos
Apartheids raciais e culturais.

jefferson-pereira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s