Poema Livre com Débora Arruda

filete-de-papel-rasgado_2209929

rasguei todos os meus poemas velhos
depois amassei folha por folha
enquanto arremessava para bem longe os cadernos
e não tinha tempo nem de refletir
que eu estava finalmente usando o verbo arremessar
e essa era a minha primeira vez

se pudesse vestiria as minhas palavras
com roupas nobres e joias raras
e tudo de oneroso que você odeia
elas caminhariam banhadas a ouro e clichês
pela sua rua às 11h da manhã
e permaneceriam em pé o dia inteiro
não iriam recorrer à sombra
embaixo das árvores que aliviam seus dezembros e janeiros
tampouco se sentariam para diminuir o cansaço
pois fariam greve de descanso em forma de protesto
até você aparecer

mas você disse não

e essas palavras jamais conseguiram encontrar as outras
nada além de greve e protesto
e fadadas a mesmice de uma existência previsível
só lhes restava morrer

como matar uma palavra depois que ela já nasceu?

sempre achei que a morte das palavras
precedia o seu nascimento e viria antes mesmo de sua vida
a passagem de ar que vem dos pulmões
e anda pela garganta e depois pela laringe
ou anda pela laringe e depois pela garganta
já que eu nunca soube qual das duas vem primeiro
e desliza pela língua e bate no dente
e gira dentro da boca e se esbarra nos lábios
que não se abrem para pronunciar o sim

imediatamente tento engolir os meus
e enterrá-los no chão da barriga
para que eu só possa te dizer o não
e como você pode ver agora
eu já te disse dois apenas nessa estrofe
e talvez eu não esteja tão sozinha
como imaginei que estaria sem você
ao lado de linhas e mais linhas de páginas sem letras
pois eu rasguei todos os meus poemas velhos.

debora-arruda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s