Comunicado – Batalha da Matrix

15349790_1126176347500410_7922090907967723435_n

A Batalha da Matrix sofreu opressão policial. Em comunicado oficial, expressam os acontecimentos ocorridos na cidade de São Bernardo do Campo: “O que a gente faz é o legítimo hip-hop de rua, a invasão da cultura de periferia no centro, o sucesso da batalha se deve somente pela identificação da massa com o hip-hop, o rap e o freestyle. Os problemas sociais que a massa traz junto são problemas que também existem no seu trabalho, na sua rua e na sua casa. Porque são problemas SOCIAIS.”

BATALHA DA MATRIX

A Batalha da Matrix é um duelo de MCs que fazem rimas improvisadas para atacar um ao outro, 30 segundos de cada vez. Os MCs tem 2 ou 3 rounds para mostrar suas rimas ao público, que por sua vez, decide qual dos dois é o vencedor fazendo barulho, e assim o duelo segue de modo eliminatório. O evento acontece semanalmente há três anos.

Fundada em 07/05/2013, a Batalha da Matrix tem em sua história momentos de alegria e também momentos de crise. Inicialmente, um grupo de amigos denominado Sociedade Alternativa de Campom organizou e produziu a primeira batalha com o intuito de reunir mais gente que fazia Freestyle na cidade de São Bernardo, para se encontrar e fazer a cultura acontecer na rua num local de fácil acesso à todos, a tradicional praça da Igreja Matriz, uma das mais antigas da cidade, que recentemente havia sido reformada.

Palco de inúmeros eventos históricos tanto para a cidade de São Bernardo do Campo quanto para o Brasil, a praça da igreja matriz acabou se tornando o local de nascimento de mais um movimento social.

Nas semanas seguintes de sua fundação, o público aumentou de 30 para 50 pessoas, de 50 para 100, o número foi crescendo e atualmente reúne em média 600 pessoas por edição, podendo chegar a um ápice de até 1500 pessoas em datas comemorativas ou com convidados especiais. Não existe perfil para participar. Inscrevem-se os 16 primeiros MCs que chegam e pedem para participar da Batalha.

Nesse período, a Matrix se tornou o maior e mais frequente evento cultural da cidade de São Bernardo do Campo, e atualmente, além de ser uma vitrine para a nova geração de MCs da região do ABC e de São Paulo, serve também de palco para mestres do Rap Nacional comparecerem e terem um contato mais próximo com seu público, na rua. Por nosso banco sagrado já passaram grandes nomes como GOG, Dexter e Emicida, trazendo assim uma nova experiência também para o público, que pôde estar cara a cara com artistas de caráter nacional sem ter que sair de sua cidade.

Nem só de alegrias é feita essa história. Desde o final de 2013 até os dias atuais, a Batalha da Matrix também tem sido palco para episódios de repressão policial, sendo a mais séria delas no início de 2016 quando a PM surpreendentemente lançou granadas de efeito moral no meio do público durante a final do evento, sem que houvesse nenhum conflito a ser contido. Houveram feridos.
A notícia repercutiu na grande mídia, o público saiu às ruas para protestar e a organização pôde pressionar as autoridades cabíveis para estabelecer um contato direto com a organização a fim de que tais situações não se repetissem mais.

Além da repressão vinda da PM e GCM, o Ministério Público e a Polícia Civil eventualmente intimam a organização para esclarecimentos sobre o evento.

13900315_1006214306163282_8394997821056263039_n

Leia o comunicado na íntegra

Alguns agentes da GCM e PM de São Bernardo do Campo ao abordar frequentadores da batalha tem espalhado o argumento de que nossos dias estão chegando ao fim devido à troca de governo.

Pedimos o compartilhamento desse post pra atravessar o nosso público e chegar em quem não gosta de nós a seguinte mensagem:

O que a gente faz é o legítimo hip-hop de rua, a invasão da cultura de periferia no centro, o sucesso da batalha se deve somente pela identificação da massa com o hip-hop, o rap e o freestyle. Os problemas sociais que a massa traz junto são problemas que também existem no seu trabalho, na sua rua e na sua casa. Porque são problemas SOCIAIS.

Nossa cara é gerar cultura pra minimizar os danos e doenças que existem na sociedade do século 21, tanto nas classes sociais mais privilegiadas quanto na classe pobre. Todas as classes sociais vão pra batalha, porém a epidema social é enorme, tão grande que mesmo ela acontecendo ao nosso redor, a gente não cura só por estar ali.

Mas quem vocês querem enganar?!
Vocês tem o uso de drogas como principal argumento contra nós, dizendo que a gente não consegue controlar o uso na praça.
Vocês também não controlam o uso de drogas nas suas próprias famílias.

Vocês também não equilibram a desigualdade social que cruzam na rua todos os dias. Não interferem para a mudança. E ainda ignoram que ela existe.

E ainda esperam que algum engravatado rico, articulado com empresas que movimentam a corrupção do sistema político mais falho do mundo mude essa situação. Não se enganem.
Respeitem quem toma atitudes de mudança. Conheça nossos trabalhos sociais e procurem nossa história.

Nosso espaço foi conquistado, não existe governo que interfira no poder do povo.

A troca de um governo “de esquerda” para um de direita em SBC não interfere em nada na nossa disposição e luta.

É pelos muleque começando no rap.
É pelo público que gosta de escutar as rimas.
É pela pessoa que se envolve pela primeira vez com o hip-hop.

Aproveitamos para lembrá-los que o poder da nossa cidade foi passado para Orlando Morando, antigo deputado estadual, que tem envolvimento em grandes doações de dinheiro vindo de fontes duvidosas, como a OAS, grande empresa do ramo da construção e um dos alvos principais na Operação Lava-Jato.

Uma dessas doações também acabou no bolso de Alex Manente, o outro candidato à prefeitura de SBC.

Confira o nome dos dois políticos sendo citados em doações suspeitas junto à nomes como Paulo Maluf:
http://noticias.uol.com.br/…/maioria-da-comissao-do-impeach…

Que venham as bombas de 2017, assim como vieram desde o começo da nossa história.
A Batalha da Matrix não acaba antes do fim do mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s