Poeta em Queda: artifícios forjados em fogo

Arte Pedro Alberto Ribeiro

Arte Pedro Alberto Ribeiro

desenterrei teu cheiro
das pontas dos dedos
meio como quem lembra
de um rosto depois de tatear
outro sexo

meio como quem se atreve
a cheirar a última cueca
da pilha de roupas por lavar
e sente prazer de infestar a casa
com o perfume proibido.

incendiei umas fumaças nos teus olhos
para acessar linguagens de sinais
tão ancestrais quanto seus pequenos impulsos

meio como quem pede pra repetir
as doses do café da manhã
apenas para sentir os grãos moídos
por cima da mesa

meio como quem no meio de tanto cheiro
fecha os olhos pra lembrar do gosto
da língua da gente caindo uma na outra
tipo fruta no outono

e se lembra que, na verdade,
nunca chegou a experimentar.

enquanto os fogos se atiravam contra o céu,
forjávamos nossos artifícios na cama
nossas mãos entrelaçando tratados de paz
sem tinta pra firmar assinatura

sem corpo que saiba o que seja silêncio

sem beijo que aceite ser sem entrega.

barco buscando bússola,
teus olhos tremem feito garrafa
e se perdem num destino de ausências
sabendo que o querem mesmo perder
é a lucidez.

corpo sobre flecha:
assim nós nos curvamos.

e ainda que chamem de fodido o ano passado
nada justificaria chamar de foda as páginas de calendário
enterradas sem nenhum indício de prazer
nenhum cheiro que lembre libido
nenhum toque que faça estímulo
nenhum fio terra
datilografando prazeres
dentro das sombras.

assim preparamos os primeiros dias:
absolutamente sem
nenhum
preparo.

e sangra.

POETA EM QUEDA

Anúncios

Um comentário sobre “Poeta em Queda: artifícios forjados em fogo

  1. Pingback: artifícios forjados em fogo – Poeta em Queda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s