Santiago Santos: Negócio de família é osso

unnamed

Sentem, por gentileza, sentem. Fiquem à vontade. Esse aqui é o meu filho, Rodrigo, nosso vice-presidente. Gostamos de manter as coisas assim, em família. Foi meu pai quem fundou a empresa e desde então somos integralmente comprometidos. Minha avó era quem cozinhava o almoço dos funcionários nos primeiros anos, minha esposa é a atual diretora de finanças. Não é à toa que nosso padrão de qualidade nunca caiu. Estamos atentos aqui, senhores, muito atentos. Um bolinho de fubá, um café, um croissant? Por favor, fiquem à vontade.

Pois bem. Rodrigo, pode diminuir as luzes? Obrigado. O que vocês veem, senhores, é um pedaço do minério que deflagrou toda a nossa pesquisa, aqui recém-extraído de um veio no Pará. Nessa próxima imagem vemos ele sendo manipulado por nossos cientistas em laboratório. Aqui, ele inserido em minúsculas partículas em flocos de milho. E neste vídeo, um jovem que consumiu regularmente granola com os flocos de milhos por dois meses. Percebam a altura do despenhadeiro. Ele se prepara… pula… cai e rola. Percebam, senhores, a impossibilidade que a estrutura óssea regular do ser humano apresentaria de se manter intacta ao receber o impacto de uma queda de oito metros e meio. Percebam como o garoto fica ileso. É claro que há a questão do choque interno, dos órgãos. De certa altura, nem mesmo um esqueleto de titânio seria capaz de evitar rupturas e hemorragias. Mas nosso foco são os acidentes não fatais.

Imaginem a aplicação dessa substância para reduzir o número de sequelas nos sobreviventes de acidentes de trânsito ou acidentes envolvendo maquinários perigosos nas fábricas, nos sobreviventes de desabamentos, brigas e uma infinidade de imprevistos capazes de danificar nossa estrutura óssea. Imaginem, senhores, os danos que podemos evitar, e quanto a sociedade não estaria disposta a pagar por essa proteção. Ou aperfeiçoamento ósseo, como prefere o nosso departamento de marketing.

Falando no marketing, nestas próximas imagens vemos os estudos preliminares que foram idealizados para vincular os seus produtos ao minério, cujo apelido é Canimo para evitar as impronunciáveis designações científicas. A melhor combinação do Canimo é com a granola, como já vimos, pois suas partículas passam despercebidas na densidade dos flocos de milho. Uma vez na corrente sanguínea, são automaticamente atraídas pela estrutura óssea. Dois meses de consumo diário são a indicação de revestimento total para um adulto com as medidas tradicionais. Aqui vemos como poderiam ficar suas novas embalagens para os biscoitos integrais de cacau e nozes, para os snacks de soja e para o mix de castanhas.

A luz, por gentileza, Rodrigo. Obrigado. Recebemos na semana passada a autorização da Anvisa para a comercialização do Canimo em alimentos. Estamos prontos para negociar, senhores. Conheço a visão de vanguarda da sua empresa e tenho plena confiança de que conquistaremos muita coisa juntos.

Uma última demonstração, se me permitem. Senhor Cabral, sei que o senhor passou por uma experiência traumática recentemente. Não sei o que faria se perdesse o meu Rodrigo aqui. Se me permitem. Rodrigo, por favor, aqui do meu lado. O Rodrigo, senhores, tem ingerido o Canimo há três meses. E esta aqui é uma pistola Sig Sauer nove milímetros. Fiquem calmos, senhores, é apenas uma demonstração. Percebam como eu posso atirar à queima-roupa na cabeça do meu filho — BAM! — e causar nada mais que um machucado superficial e uma tontura. Está bem, Rodrigo? Ótimo, sente-se aqui. Observem, senhores, a bala achatada. Observem-na. Me diga, senhor Cabral, se quando o seu filho foi abordado na rua, não gostaria que ele também tivesse o crânio protegido por uma dose adequada de Canimo? É o que queremos. É o que desejamos para todos.

Obrigado, senhores. Espero ouvir de vocês em breve.

Rodrigo, passa na enfermaria e descansa um pouco. Quando voltar, pega um boné da companhia pra tampar a costura. Um tio do presidente da reunião das 11 teve o braço quebrado numa briga. Comprei um taco de beisebol, tudo bem? Claro, filho, vou ser cuidadoso. Depois temos só mais a reunião da tarde e acabou. Você não lembra? O neto desse presidente, numa visita à firma do avô, tropeçou e caiu num compactador de lixo. Foi esmagado. Calma, filho. Por isso deixamos essa reunião por último.

santiago santos

Parceria Flash Fiction
Arte da vitrine por Jean Fhilippe
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s