GRUPO ZUMB.BOYS REALIZA TREINAMENTO ABERTO GRATUITO DE BREAKING

O Grupo Zumb.boys realiza nos dias 04 e 11 de fevereiro um treinamento gratuito de breaking para os interessados na modalidade. Os Zumb.boys vem se destacando ao realizar um trabalho incrível feito por b-boys, valorizando a cultura de danças urbanas, fortalecendo a cena do breaking e propondo através da dança, importantes reflexões sobre a sociedade contemporânea.

LADRÃO

LADRÃO

TREINAMENTO DE BREAKING GRATUITO – GRUPO ZUMB.BOYS

 

O Grupo Zumb.boys, que tem a frente o diretor Márcio Greik, ao longo dos anos vem construindo um trabalho sólido no que diz respeito às danças urbanas. O grupo formado exclusivamente por b-boys vem realizando intervenções urbanas, estudos de campo e interagindo com outras linguagens artísticas, com o objetivo de aprimorar o seu trabalho e sua pesquisa. O resultado são espetáculos potentes, sensíveis e que propõe importantes reflexões sobre o comportamento na sociedade contemporânea.

Agora, contemplados pelo 21° Edital de Fomento à Dança de São Paulo, o grupo dá continuidade a suas pesquisas anteriores e ao seu treinamento corporal. E como parte das ações deste grande projeto oferece um treinamento aberto e gratuito, para aproximar aqueles que de alguma forma se interessam pelo trabalho do grupo.

O Zumb.boys vem desenvolvendo ao longo de quase 10 anos estudos práticos e teóricos, mais especificamente da técnica breaking, como linguagem artística. A partir desses estudos, o grupo organizou uma série de procedimentos/exercícios e propostas relacionadas tanto à técnica, quanto corpo e espaço, sendo estes cênicos ou não.

“Desejamos construir um espaço para prática de breaking onde possamos compartilhar não só conhecimentos técnicos, mas também nossas experiências profissionais e pessoais, para juntos descobrirmos novos saberes” – explica Márcio Greik, diretor do grupo Zumb.boys.

O Grupo Zumb.boys vem apresentando um trabalho inédito na cena do breaking e hip-hop, expandindo as possibilidades de investigação corporal e corroborando com novas estruturas de pensamento criativo, valorizando a cultura de danças urbanas, fortalecendo a cena e elevando seu patamar de pesquisas nessa modalidade. O grupo surgiu em 2007, com a proposta do diretor Márcio Greyk de criar uma linha de pesquisa nas danças urbanas, transformando a ideia de ser uma dança apresentável apenas nas ruas, para ser levada aos palcos, através de uma estrutura de pesquisa, produção e criação.

O grupo traz em sua formação os bailarinos Márcio Greyk, Danilo Nonato, David Xavinho, Guilherme Ferreira e Vinicios Silva Costa, que possuem diferentes históricos na dança contemporânea, participando inclusive do processo criativo de importantes companhias como OMSTRAB, Cia. de Dança, Teatro Ivaldo Bertazzo e entre outros.

A partir de 2008, aprofundou sua pesquisa em danças urbanas, ampliando o seu foco de ação de acordo com seus experimentos e necessidades, propondo reflexões e vivências por meio da dança. Contemplado pelo Programa VAI – Valorização de Iniciativas Culturais, da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, criou em 2008 seu primeiro espetáculo, intitulado B.E.C.O [B.boys em Construção Original], e em 2009, o “Método de ensino Zumb.boys” cujo a didática de ensino é fundamentada na pesquisa dos movimentos, nas discussões da relação entre espaço, dança e musicalidade, voltado tanto para o público iniciante quanto para o experiente, preparando os corpos para a cena, o palco e dança.

Em 2010, contemplado pelo ProAc – Hip Hop, da Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo, circulou com o “Bloco Original Dança de Rua”, além de se apresentar em diversas unidades do CEU, Sala Crisantempo, Centro Cultural São Paulo, Virada Cultural Paulista e Festival ABCDança.

Sentindo a necessidade de pesquisar algo que criasse maior interação com o público, em 2012, em uma produção independente, estreou “Dança por Correio”, primeiro espetáculo de intervenção urbana, com caráter performático do grupo. Com este projeto, o grupo já se apresentou em cerca de 40 cidades diferentes, interagindo com diversos públicos e com este projeto foi vencedor do prêmio APCA de Dança.

Em 2014, em outra produção independente, o grupo criou o espetáculo “Ladrão”, e em um processo de imersão nas regiões periféricas da cidade.

Primeiro grupo de danças urbanas a ser contemplado no Fomento à Dança de São Paulo (17ª edição do edital), o Grupo Zumb.boys intensificou a sua pesquisa em danças urbanas e deu continuidade à pesquisa do espetáculo “Ladrão”,  convidou artistas de outras áreas da dança e outras linguagens como teatro e música, para participar do processo criativo do espetáculo “O que se rouba”, que estreou no dia 23 de outubro de 2016, no Teatro Flávio Império.

Se você tem interesse em aprofundar conhecimentos em danças urbanas, se aprimorar nas técnicas de breaking e conhecer melhor o trabalho deste grupo, não deixe de participar deste treinamento.

Para mais informações acesse: www.facebook.com/grupozumbboys / www.zumbboys.com / www.instagram.com/zumb.boys

TREINAMENTO DE BREAKING – GRUPO ZUMB.BOYS

Local: CRDSP – Centro de Referência da Dança de São Paulo.

Data: 04 e 11 / 02 / 17

Das 10 às 13h

Inscrições: produção@zumbboys.com

 

Contato Assessoria de imprensa: Luciana Gandelini // Cel: 99568-8773 // lucigandelini@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s