Teatro do Incêndio promove Rodas de Conversa abertas ao público com mestres e comunidades tradicionais

Samba de bumbo, rezadeiras, catira, fandango, recomenda de almas, congada, festa do divino e dança de santa cruz são algumas das manifestações que integram a programação de A Gente Submersa para vivência com o público

unnamed-3

A Cia. Teatro do Incêndio promove, no período de 7 de março a 10 de outubro (terças, ás 19h), Rodas de Conversa e Vivências com mestres e comunidades tradicionais do estado de São Paulo. Esta iniciativa, que tem entrada franca, integra o projeto A Gente Submersa, contemplado pela 29ª edição da Lei de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo, em comemoração aos 21 anos do grupo.

Esta realização vem de encontro à verticalização da busca de raízes brasileiras pela companhia que apontou caminhos imediatos necessários de aprimoramento e investigação, ações vitais para o presente do coletivo. Com a parceria da Comissão Paulista de Folclore, que ao longo de 67 anos vem mapeando, fomentando e salvaguardando as manifestações culturais tradicionais e os patrimônios culturais imateriais, o Teatro do Incêndio torna-se o terreiro, o quintal para esses encontros de artistas, públicos e griôs.

A programação das Rodas de Conversas – A Gente Submersa prima pela diversidade saberes e fazeres tradicionais. São vivências com temas ligados à dança, música, religiosidade, dialeto e culinária. O tema que abre os caminhos da programação, no dia 7 de março, é a Congada com a tradicional Congada de Santa Efigênia, vinda de Mogi das Cruzes, sob o comando da Mestra Laine, para falar da devoção a São Benedito e Santa Efigênia e da sua relação com os tambores.

Do sagrado para o profano: os tambores também estão presentes com o Samba de Bumbo da Dona Ester (samba rural paulista, vindo de Pirapora do Bom Jesus), pelos mestres João Mario e Dona Ester, dando o tom ao encontro do dia 21 de março.

No decorrer das atividades, as raízes da cultura brasileira se manifestam em grupos que resistem e mantém viva a nossa história. De Campinas vêm os tambores do Jongo da Roseira, comandado por Dito Ribeiro. As festas tradicionais também serão contempladas: Festa de Santa Cruz, Festa do Divino e Folia de Reis.

E o dialeto caipira chega com destaque aos encontros: o Mestre Amarildo, de Lagoinha, e a culinarista Cida do João Deitado, de São Francisco Xavier, vão compartilhar seus saberes populares por meio de canções, causos e receitas. Os sapateados e palmeados tropeiros marcam presença pela Catira de Mestre Edson Fontes e Seu Oliveira (seu pai), de Guarulhos, e pelo Fandango da Comunidade de Iguape.

Outros temas como Cantos das Verônicas, Catira, Samba de Umbigada, Moçambique e Recomenda de Almas, bem como as aldeias urbanas da tribo indígena Wassu Cocal, estão no roteiro das Rodas de Conversas no Teatro do Incêndio.

Cronograma

Rodas de Conversas / Vivências: A Gente Submersa

Terças-feiras, às 19h

 

      7 de marçoCongada (Mogi das Cruzes)

Tema: São Benedito, Santa Ifigênia e Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos

      21 de marçoSamba de Bumbo (Pirapora de Bom Jesus)

Tema: Samba de Bumbo da Dona Ester

      4 de abrilCatira (Guarulhos)

Tema: Favorito da Catira – Palmeado, Sapateado e Viola.

      18 de abrilSamba de Umbigada (Capivari)

Tema: Dona Anicides – Samba de Umbigada

 

      2 de maioFandango (Iguape)

Tema: Bate Mão Bate Pé

      16 de maioArtesanato / Benzedeira / Temperos (São Francisco Xavier/SP)

Tema: Cida do João Deitado – Caipira na Cozinha

 

      30 de maioCururu, Violas e Divino (Lagoinha)

Tema: Dialeto Caipira, Violadas, Reis e Cururu

 

      13 de junhoFolia de Reis (Atibaia)

Tema: Cantos para Reis – A Folia, o Giro, a Festa

 

      27 de junhoJongo (Campinas)

Tema: Jongo da Roseira – Comunidade de Campinas

 

      11 de julhoReisado (Guarujá)

Tema: Reisado Sergipano

 

      25 de julhoCongadas (Olímpia e Taubaté)

Tema: Congada Chapéu de Fitas – Cantos que Curam

 

      8 de agostoAldeia Indígena (Guarulhos)

Tema: Wassu Cocal – Aldeias Urbanas: Toré como Resistência

 

      22 de agostoDança de Santa Cruz (Carapicuíba)

Tema: Festa de Santa Cruz – O Profano e o Sagrado Caminhando Juntos

 

      5 de setembroCantos Sagrados (Joanópoles)

Tema: Canto das Verônicas – Mulheres que Choram

 

      26 de setembroMoçambique (São José dos Campos)

Tema: Moçambique – Passos e Entrelaço de Bastões

 

      10 de outubroRecomenda de Almas (Bom Jesus dos Perdões)

Tema: Recomendas e Excelências – Os Cantos Sagrados para a Morte

unnamed-2

Serviço

Rodas de Conversa / Vivências: A Gente Submersa

De 7 de março a 10 de outubro

Horário: terças-feiras, às 19 horas

Local: Teatro do Incêndio

Rua Treze de Maio, 53 – Bela Vista/SP. Tel: (11) 2609 3730 / 2609 8561

Ingressos: Grátis (não há necessidade de retirar ingresso).

Duração: 3 horas. Capacidade: 80 lugares.

http://www.teatrodoincendio.com/

https://www.facebook.com/teatrodoincendio/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s