Flipoços terá mesa sobre panorama da leitura no Brasil

Literatura empresarial, romances e discussões sobre políticas públicas de leitura marcam os primeiros dias do evento

date

Com início marcado para o próximo dia 29 de abril, o Festival Literário de Poços de Caldas, o Flipoços traz várias mesas com assuntos técnicos e também voltadas ao romance – tema central do encontro – durante a sua 12ª edição, que acontece no Espaço Cultural da Urca e tem entrada gratuita.

Panorama da leitura no Brasil

No dia 01 de maio às 10h30 acontece o bate-papo Panorama sobre Retratos da Leitura no Brasil, onde serão apresentados e cruzados dados de relevantes pesquisas do cenário, como  a Retratos da Leitura no Brasil, e Produção e Vendas do Mercado Editorial (Fipe). Será então promovido o debate sobre esses indicadores para orientar futuras políticas públicas de formação de leitores. A mesa terá duração de 1h30 e contará com a mediação de Zulmar Wernck, representante da Câmara Mineira do Livro e a presença de Zoara Failla, coordenadora da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil; Luís António Torelli, presidente da Câmara Brasileira do Livro (CBL) e Martha Mouterde – Coordenadora-Geral de Leitura, Literatura e Economia do Livro do MINC.

 

Literatura empresarial e empreendedorismo

No domingo (30), o evento recebe o Encontro Empresarial, com palestras sobre negócios, cultura, literatura, artes e investimentos entre o Brasil e Moçambique, que é o país homenagedo neste ano e terá uma comitiva de 7 autores vindas diretamente para o festival.

 

Milton-Hatoum-777x437

Milton Hatoum

“Nesta mesa estarão presentes empresários e autoridades de Moçambique, São Paulo, Belo Horizonte e Poços de Caldas. Um deles é o diretor nacional das Indústrias Culturais e Criativas de Moçambique, Roberto Dove, então, prevemos um bate-papo muito enriquecedor e importante para a área de intercâmbio cultural e de negócios“, destacou Gisele Corrêa Ferreira, criadora do Flipoços.

Já no dia 03 de maio às 19h ocorre a palestra Literatura e Gestão com Matheus Haddad. No bate-papo com o tema “Descubra como criar um novo significado para o trabalho substituindo comando e controle por autonomia e colaboração“, o jovem que possui MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e é consultor e palestrante sobre empreededorismo e gestão falará sobre a criação do Instituto Haddad, uma organização que ajuda pessoas e empresas a irem além da gestão tradicional, substituindo o comando e contorle por trabalho em equipe.

joselia

Joselia Aguiar

Minha vida é um romance. Qual é o seu?

Com este tema, o Flipoços neste ano aborda também o romance. No domingo (30) às 16h ocorre a mesa Os Demônios da Escrita, com o escritor, dramaturgo, tradutor e jornalista Bernardo Carvalho e om o jornalista mestre em teoria literária, Manuel da Costa Pinto.

Paralelo a esta mesa, na arena cultural ocorre a discussão Literatura Provocativa – A função dos livros que fogem dos padrões, com o escritor Alessandro Thomé, autor do romance A casa Iluminada (finalista do Prêmio Benvirá). A mediação será de Marcelo Laier, bacharel em literatura inglesa pela USP e resenhista do jornal O Rascunho.

Em seguida, às 17h30, Afonso Cruz falará sobre a literatura portuguesa e seus premiados romances. Às 18h30 acontece a mesa Depois do fim – romance ambientado no impeachment de 1992 com o escritor Alex Bezerra de Menezes e mediação da jornalista Jesuane Salvador.

Já às 19h30, o patrono do evento, Milton Hatoum falará sobre suas obras, sobre o  livro Órfãos do Eldorado, transformado em filme e que será exibido no Flipoços. A conversa será mediada por Josélia Aguiar, jornalista e curadora do Festival Literário de Paraty (Flip).

No dia 06 de maio (sábado) quem bate um papo com o público é o escritor Ubiratan Muarreck, para falar do livroUm Nazista em Copacabana. Mestre em mídia e comunicação na London School of Economis, Muarrek trouxe para o livro um romance que mistura ficção e bom humor. Na obra, ele fala sobre as ideologias totalitárias e de como os preconceitos seguem vivos, embora difusos no cotidiano brasileiro. Para essa construção, utiliza bons diálogos. Quem media a conversa é Alessandro Tomé.

Também neste sábado, quem conversa com o público é a jornalista Tati Bernardi, autora do Depois a louca soueu ao lado de Jacques Fux, que é autor do livro Meshugá: um romance sobre a loucura. Eles vão falar sobre literatura, amor e loucura.

Bernardo Carvalho

Bernardo Carvalho

Programação

A programação do Flipoços 2017 pode ser conferida no site do festival www.flipocos.com e também pelas redes sociais na página Feira do Livro/Flipoços. O Flipoços 2017 e a 12ª Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas contam com o patrocínio do Grupo DME, Prefeitura Municipal, Mineração Curimbaba, CBA Votorantim, Supervale e EPTV Sul de Minas. Parceria Cultural Sesc. Apoio IMS, Leiturinha, Câmara Brasileira do Livro, Câmara Mineira do Livro, Embaixada de Moçambique no Brasil, Camões Instituto de Línguas e Cooperação, CPCLP – Comissão para a Promoção de Conteúdo em Língua Portuguesa, Instituto Pró-Livro, ACIA Poços, Senac, Poços Convention, ANL – Associação Nacional das Livrarias, Secretarias de Estado da Cultura, Turismo, Relações Internacionais e Educação. Realização GSC Eventos Especiais. Informações pelo (35) 3697 1551.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s