Maria Carolina De Bonis: Sombras andaluzas

 

Sombras andaluzas

Da janela vê-se o interior
de fora quem observa?
Cortejo à meia-luz aos mecanismos
dos bichos, espreguiçadeiras a cômoda
estala a outra presença, esse espelho
vazio segreda as ventanias
cobertas e cortinas se movem
o gato com seu rabo espichado
caminha por sombras andaluzas
Certamente, guiado ao devaneio
a ausência é do hábito mais do que esse
ao gesto gasto e além dos olhos externos
que veem como plateia a aplaudir
o gato com suas patas úmidas
amainando as frestas do porvir
desafinando a superfície do chão
elegante a quem de fora olha
e pressente ao frio coração dos homens
Avisa antes de avistarem-no
esse ver-se no meio-fio
feito jogo de luz interna
armadilha que nunca foi o bastante
para as artimanhas dos mistérios
que seguem semeando.

 

 

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no Livre Opinião – Ideias em Debate? É só seguir os perfis oficiais no Twitter, InstagramFacebook e Youtube. A cultura debatida com livre opinião

 

 

Anúncios

3 comentários sobre “Maria Carolina De Bonis: Sombras andaluzas

  1. Pingback: Maria Carolina De Bonis: Caixa branca | Livre Opinião - Ideias em Debate

  2. Pingback: Maria Carolina De Bonis: No natural a comunhão do corpo | Livre Opinião - Ideias em Debate

  3. Pingback: Maria Carolina De Bonis: Pudesse consentir a pedra | Livre Opinião - Ideias em Debate

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s