Centro Acadêmico XI de Agosto realiza Semana Luiz Gama

Depois de 190 anos de exclusão, a Faculdade de Direito da USP deu um salto histórico no caminho da democratização do ensino e da popularização da universidade ao aprovar, em abril de 2017, a reserva de vagas à população negra e indígena em seu vestibular.

A Semana Luiz Gama, tem como objetivo marcar, comemorar e, principalmente, aprofundar essa vitória contra o racismo. Em sua 1ª edição, busca trazer a cultura, arte, o povo e os debates envolvendo a questão racial.

Luiz Gonzaga Pinto da Gama (1830 – 1882) foi poeta, jornalista e advogado. Filho de mãe negra e pai fidalgo de família portuguesa, aos 10 anos é vendido pelo pai, como escravo, para saldar dívidas, embora tenha nascido livre. É levado para Lorena, São Paulo. Aos 18 anos, após aprender a ler com um hóspede de seu dono, foge para São Paulo e entra para a Guarda Municipal, da qual é expulso em 1854, acusado de insubordinação. Em 1859, por ter boa letra, consegue trabalho como copista da Secretaria de Polícia, onde permanece até 1868, quando é demitido. Mesmo sem formação acadêmica, torna-se orador e conhecedor das leis assinadas em defesa dos negros, conseguindo a libertação de mais de 500 escravos até 1880. Poeta, publica em 1859 as Primeiras Trovas Burlescas de Getulino, este o pseudônimo que adota. Jornalista, edita em 1864 um dos primeiros e mais importantes jornais ilustrados da época, o Diabo Coxo, em parceria com Sizenando Nabuco de Araújo (1842 – 1892) e o pintor e litógrafo italiano Ângelo Agostini (1833 – 1910). Também participa da criação dos jornais Cabrião, Radical Paulistano, O Polichinelo, entre outros. Morre em São Paulo, em 1882.

Programação

08-12/05 • Pátio das Arcadas
Exposição Artística – Universidade Popular: As Cotas no Brasil

10/05, às19h • Sala dos Estudantes
Cine-debate
Dear White People e o Racismo na Universidade

11/05, às 10h • Sala João Mendes Jr.
Darcy Ribeiro: O povo Brasileiro em debate
Aula com o Prof. Márcio Macedo, professor da FGV.

12/05, às 19h • Porão
Cultura e resistência negra

 

LOCAL

Centro Acadêmico XI de Agosto
Rua Riachuelo, 194, Sé, São Paulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s