Andrea Ferraz lança a novela ‘Guardem as Cinzas’

Livro narra conturbada trajetória de Antônio, que peregrina à procura de uma parteira para o nascimento do filho

unnamedPublicado pela editora Confraria do Vento, o livro Guardem as Cinzas, da escritora pernambucana Andrea Ferraz, narra a conturbada trajetória de Antônio. Prestes a ser pai, ele passa a peregrinar em busca de uma parteira para tornar possível a chegada de seu filho ao mundo. A fictícia Vila do Olho Calado é cenário de uma história permeada por diversos sentimentos, como dor, desejo, inveja e individualismo. A partir do ponto de vista do protagonista, o leitor tem acesso à vida de vários personagens imersos em um contexto inusitado. Há um triângulo amoroso envolvendo o personagem central, a esposa Maria da Paz e a empregada Maria Santa, intensificando o enredo.  O projeto gráfico e a capa são da Alemterra Graphic Designs. A revisão é de Conceição Rodrigues e Victor Paes.

“Tem alma e suor. E sangue. No varal, o vento açoitava a calcinha. Se eu pegar eu cheiro, como. Comi. Paizinha? Nunca viram nua, nem mulher viu o couro da barriga dela. Eu? Vi não, luz apagada, fizemos o filho por debaixo dos lençóis, só os quatro calcanhares do lado de fora”.  Trecho de Guardem as Cinzas

Nesta obra, a escritora mostra novamente um domínio da narrativa, apostando no uso do discurso indireto livre, com muitas vozes circulando dentro da trama. Sobre o personagem central, a autora considera que a falha de caráter dele faz com que as situações apresentadas sejam mais críveis. “Os defeitos de Antônio o tornam mais humano e me ajudaram a mostrar a condição humana. Foi um personagem muito bom de trabalhar. Ele pode ser considerado machista, covarde e egoísta, mas muito humano”, comenta Andrea Ferraz.

Para o consagrado escritor Raimundo Carrero, o livro se insere “na grande tradição do realismo mágico latino-americano ao criar vínculos muito fortes com títulos como ‘Ana-Não’ e ‘Pedro Páramo’. Com universalidade e encantamento, a autora lança uma novela na linhagem das tragédias gregas e universais, para ser lida com admiração e respeito.”

“Deste lado da mesa, cabeça baixa, finjo não ver. Os movimentos estão todos aqui, meu nariz no espelho do café, meu filho dentro das águas, meu filho e a mãe dele, um só corpo. Paizinha me causa aflição com a barriga enorme, os peitos começaram a minar, vi um pingo de leite na blusa branca, a aréola um pouco escura através do tecido, senti nojo. Leite precoce de ansiedade, deve ser, vive mimando esse menino, fala e canta para ele, vejo a careta que ela faz quando está distraída, alisando o umbigo, o rosto vai se deformando, mudando de cor, os dentes crescem e os olhos amarelos mofinos esbugalham, passam a vermelhos, duas brasas, que é isso? Que estranho, não quero olhar, mas olho, não Antônio, pare com isso, é sua esposa. Queixa-se de dores, pega minha mão e bota na barriga dura, bem dura, contraída, muito, tudo muito diante de mim, sobrando”. Trecho de Guardem as Cinzas

Guardem as cinzas ganhou lançamento no Recife no último dia 18 de abril. O Centro Cultural Raimundo Carrero, no Espinheiro, Zona Norte do Recife, sediou a chegada do novo livro da autora de “A Sutileza do Sangue”, romance premiado pela Academia Pernambucana de Letras como Melhor Ficção de 2016. O evento também contou com apresentação do grupo de jazz Café Trio.

No dia 18 de maio, às 19h, a publicação será lançada em São Paulo, na Tapera Taperá. Endereço: Av. São Luís, 187, 2º andar. Galeria Metrópole, República, São Paulo. Cada exemplar será comercializado por R$ 43 e poderá ser adquirido nas principais livrarias.

unnamed (1)

Andrea Ferraz

Andrea Araújo Gomes Ferraz, 46, nasceu em Floresta, no Sertão de Pernambuco, e vive no Recife. Com formação em Letras, tomou gosto pela escrita ao participar da oficina de criação literária de Raimundo Carrero. Escreveu o romance “A Sutileza do Sangue” e é uma das autoras da antologia de contos “O Bordado das Sombras”, ambos publicados pela editora Mondrongo. É mãe de Júlia Roberta Ferraz Furlani e Luisa Helena Ferraz Furlani.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s