Jefferson Pereira: Não toquem em minha solidão!

 

Não toquem em minha solidão!

Caminhar somente só,
aprender a ser o tempo-singular!

Assim, contemplar minha
tristeza imatura com altivez.

Porque, de tanto andar sozinho,
busquei fechar os olhos
para não mais ver o
passado que rasgava o meu peito.

O medo que fazia do percurso
um itinerário ausente, vago, perdido, solitário,
constante aperto e desassossego.

Caminhar, desbravar os incontinentes
desejos de morrer sem conhecer o amor
que trazia nos devaneios de criança.

Abraçar o pressuposto das vaidades,
supor que o amor é silêncio e
ferida exposta aos ventos,
aos cantos do coração.

Mas perambulo, ando só,
afeito à noite que desce em mim,
e escure as bordas dos sonhos,
esconderijo de restos que sou.

Contudo, não quero que mexam
na minha solidão, deixem-na
aqui, calada, aberta aos ferimentos e
cicatrizes que coleciono.

Quero senti-la dormir em mim,
gritar que sou louco e vazio,
um erradio que desvia da multidão
para sorver da solidão.

Eu sou mar rente, rio nascente,
um tanto comedido nas frases,
Nos enunciados que carrego
engasgado de tanto esbravejar.

Sou ermo, parvo, fardo ambulante,
todavia, fazedor de poesias,
Minha desgraça é tecer palavras,
olhar o fio da navalha ficar falha.

Não toquem em mim,
deixem que as horas digam o que sou,
ainda preencherei as lacunas de versos
assimétricos como forma de amor!

 

Livre Opinião – Ideias em Debate
jornal.livreopiniao@gmail.com

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no Livre Opinião – Ideias em Debate? É só seguir os perfis oficiais no Twitter, InstagramFacebook e Youtube. A cultura debatida com livre opinião

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s