‘Feira Moderna – um Woodstock Mineiro’ promove shows de Lô Borges, Beto Guedes, Wagner Tiso, Francis Hime e Azymuth

Festival, que acontecerá na Fazenda Pedra Negra, a céu aberto, homenageia os 40 anos do lendário show do Paraíso; dentre as atrações ainda estão Nelson Ângelo, Daniel Gonzaga, Marginália, Quarteto Sentinela, Compasso Lunnar e o guitarrista Frederah

Beto Guedes_divulgação

Beto Guedes

No dia 12 de agosto (sábado), Três Pontas (MG) escreverá mais uma página de sua íntima relação com a música brasileira. A primeira edição do projeto “Feira Moderna” homenageará os 40 anos de realização do show do Paraíso, promovido por Milton Nascimento em 1977. A majestosa Fazenda Pedra Negra, patrimônio histórico da cidade, receberá em seus terreiros de café 12 horas de shows com apresentações de Lô Borges (relembrando o épico “Disco do Tênis”), Beto GuedesWagner TisoFrancis Hime, Nelson Ângelo e o grupo instrumental Azymulth – nomes do Clube da Esquina e da rica cena do país da década de 1970 que estiveram naquele que ficou conhecido como o “Woodstock Mineiro”.

Homenageando uma das grandes vozes que estiveram no show do Paraíso e que já nos deixou, Gonzaguinha, o Feira Moderna também contará com show de seu filho, Daniel Gonzaga. E o palco do festival ainda receberá performances dos grupos trespontanos Marginália e Compasso Lunnar – este recebendo a participação especial do lendário guitarrista Frederah, que também esteve no encontro de 1977 na mesma cidade. O encerramento do festival será com a banda Quartetto Sentinela, de Alfenas, que faz uma celebração do cancioneiro do Clube da Esquina.

Lô Borges e banda - O disco do tênis - 2016 © Flávio Charchar

Lô Borges (Foto de Flávio Charchar)

Ao celebrar o passado e valorizar o presente da rica música brasileira, uma nova história surge com o Feira Moderna sob os trilhos do imaginário artístico pavimentado em Três Pontas, celeiro de amizades, da criação artística e da cultura mineira.

O festival contará com estrutura para atender um público de até 5 mil pessoas, incluindo festival de Food Trucks, banheiros, duas áreas de pista e camarotes – este com open food, open bar. O evento estimula o uso de transporte coletivo: vans sairão de Três Pontas e Varginha a cada meia hora, além do aeroporto de Três Pontas, próximo à fazenda, onde é possível deixar os veículos em estacionamento. O hotel-fazenda, que não fará reservas durante o evento, contará com área de camping.

Wagner-Tiso.jpg

Wagner Tiso

Festival do Paraíso – 1977

Em 30 de julho de 1977, a trajetória de Milton Nascimento foi reconhecida em Três Pontas com a instituição do nome “Travessia” para a praça localizada em frente à casa de seus pais. A homenagem acabou por motivá-lo a convidar grandes artistas e amigos com quem mantinha convívio intenso à época para uma retribuição com um show especial em sua terra. Foi assim que desembarcaram na cidade nomes como Chico Buarque, Fafá de Belém, Simone, Gonzaguinha, Clementina de Jesus, o grupo chileno Água, Francis Hime e integrantes do já consagrado Clube da Esquina, como Beto Guedes, Lô Borges, o trespontano Wagner Tiso e Nelson Ângelo, dentre outros. Os dois dias de shows, que aconteceram num imenso descampado da fazenda Paraíso (terreno hoje utilizado para plantação de café), atraíram uma multidão de jovens que chegavam de toda a região e mesmo de estados como Rio de Janeiro e Bahia.

Realizado em plena ditadura militar, com a presença de astros da MPB com forte engajamento político e um público que respirava novos comportamentos e ideais, o show ficou lembrado como o “woodstock mineiro” – em alusão ao lendário festival que ocorrera oito anos antes, em 1969, na cidade americana de Bethel, no estado de Nova York. A improvisação na produção do festival – patrocínio de um alambique local, pão com mortadela distribuído pela cidade para suprimir o esgotamento de alimentos, carros enguiçados pelas estradas de terra – passou a ser uma lembrança saudosa de um evento histórico, que tinha como elemento principal a amizade entre os artistas e a paixão do público por uma música que espelhava os dilemas e sonhos de uma geração.

Feira Moderna

O projeto, idealizado pela Gesto Produtora, apresenta-se como um festival itinerante. A cada ano uma cidade, de diferentes estados, será escolhida para receber apresentações musicais com homenagens a shows e eventos históricos que tenham ocorrido em tal localidade, a exemplo do “Woodstock mineiro” de 1977 em Três Pontas.

Fazenda Pedra Negra

Localizada a 7km de Três Pontas e a 17 km de Varginha, a Pedra Negra é um dos mais belos exemplares da arquitetura colonial na região, totalmente preservada e com estrutura de hospedagem, além de ser sede do Museu do Café. Os shows do Feira Moderna ocorrerão em alguns dos seis terreiros de café da fazenda, que é Patrimônio Histórico de Três Pontas.

 

Serviço
Feira Moderna – Um Woodstock Mineiro
Atrações: Lô Borges, Beto Guedes, Francis Hime, Azymuth, Nelson Ângelo, Wagner Tiso, Compasso Lunnar e Fredera, Daniel Gonzaga e Marginália.

Quando: 12 de agosto (sábado) *Abertura dos portões às 12h. Início dos shows às 14h. Fechamento dos portões às 02h da manhã.
Onde: Fazenda Pedra Negra – Três Pontas. *estrada para Varginha (7 km de Três Pontas e 17 km de Varginha).
Quanto:
Camarote – 1° Lote: R$ 300 (valor único)
Camarote – 2° Lote: R$ 350 (valor único)
Camarote – 3° Lote: R$ 380 (valor único)
1° Lote:
Pista – R$ 200 (inteira) e R$ 100 (meia)
Pista – Solidário: R$ 105 + 1kg de alimento não perecível
2° Lote:
Pista – R$ 300 (inteira) e R$ 150 (meia)
Pista – Solidário: R$ 155 + 1kg de alimento não perecível
3° Lote:
Pista – R$ 400 (inteira) e R$ 200 (meia)
Pista – Solidário: R$ 205 + 1kg de alimento não perecível
Vendas online: http://www.ipass.com.br <link direto>
* taxa de conveniência do site: 10%. Opção de pagamento com boleto ou cartão
Vendas em lojas:
<a partir de 14 de julho, sexta>
Três Pontas: Pizza Dog, Specialle, Vimi Café Gourmet
Varginha: Pré-festa (rua Dona Zica, 46-A, Vila Pinto)
Alfenas: Bar Januário (Rua Tiradentes – Centro) e Love Brands (próximo à Praça Getúlio Vargas)
Classificação indicativa: 18 anos (menores apenas acompanhados de responsáveis)
Capacidade: 5 mil pessoas
Estacionamento:
Aeroporto de Três Pontas / estacionamento oficial: próximo ao evento e com serviço
de transfer a cada 1h. Serviços pagos.
no local – com restrição de disponibilidade (mais informações no site)
Transporte: vans saindo de Varginha, Três Pontas e aeroporto de Três Pontas. Com retorno. Serviço pago.
Camping: Mais informações com Elisa Resende – (35) 3265 1447. Área na própria fazenda. Serviço pago.
Mais informações:
http://festivalfeiramoderna.com.br
(35) 9.8705.7953 | (35) 9.9974-0724 |contato@festivalfeiramoderna.com.br
Redes sociais:
Facebook: http://www.facebook.com/feiramodernafestival/
Instagram: http://www.instagram.com/feiramodernafestival/?hl=pt-br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s