Escritor cria obra de viagem no tempo e nostalgia ambientada em Minas Gerais

Ferramentas como GoogleMaps, Spotify, YouTube e QR Code, dão vida à narrativa sobre um jornalista capaz de interagir com o passado

 conexao-hirsch_carlosromero

A viagem no tempo não é um tema inédito. Várias obras, na literatura e no cinema, exploraram o assunto como artifício para acessar outras épocas e desenvolver tramas envolvendo datas relevantes na Histórica ou encontros com grandes figuras históricas. No entanto, em “Conexão Hirsch – Nostalgia, obsessões e viagens no tempo”, romance recém-lançado pela editora Penalux, o que chama a atenção é a ambientação criada pelo autor Carlos Romero Carneiro, que adotou como enredo a história de um jornalista que tem acesso ao passado para produzir reportagens e desvendar segredos de família, como a morte do próprio pai.

A narrativa acontece nos meados dos anos 70. E não por acaso: “Eu tinha a intenção de fazer com que os personagens transitassem pela cidade e percebessem as mudanças, físicas e comportamentais, no decorrer das décadas” – explica o autor da história, que tem por cenário uma pequena cidade no sul de Minas.

– As ruas e construções são reais – conta Romero. – Em contrapartida, os personagens são todos fictícios.

O enredo

Através de uma narrativa rápida e densa, o autor explora a nostalgia como pano de fundo para um cenário de ressentimento e dor, entrelaçando a narrativa com histórias fantásticas e elementos arquetípicos. Tudo permeado pela dificuldade do protagonista – o jornalista Gabriel – em se relacionar com as pessoas à sua volta.

Para dar vida à trama, o livro é ilustrado com imagens obscuras, o que torna a experiência ainda mais fascinante. Além dos recursos gráficos, o leitor tem a possibilidade de assistir vídeos com trechos da obra, por meio de QrCode. Para isso, é só acessar os códigos afixados nas locações que serviram de inspiração ao autor e seguir os passos de Gabriel e Amarante. Tampouco precisa visitar a cidade que ambienta o romance para ter um melhor conhecimento do cenário do enredo. Basta que o leitor acesse os ambientes listados no Google Maps, cujos links estão no site criado exclusivamente para o livro: <www.conexaoh.com>.

Outro recurso disponível no site é a seleção de uma trilha sonora alternativa (via Spotify). Segundo o autor, que costuma ouvir as mesmas músicas enquanto escreve, essa possibilidade serve para o leitor imergir ainda mais na história.

 

Sinopse

Você já teve uma sensação estranha ao caminhar por uma antiga rua ou visitar um casarão em ruínas? Foi acometido pelo mal-estar ao tocar uma fotografia velha ou ter um objeto nas mãos? Gabriel experimentava as mesmas sensações e tornou-se obcecado em absorver os fluidos confinados em Capituva. Tudo não passava de intuição, até conhecer um homem que mudaria para sempre a sua vida. Através de seus ensinamentos, Gabriel aprenderá a desvendar técnicas de absorção do passado e a ter acesso a centenas de histórias escondidas ao seu redor. O encontro improvável com um judeu russo, entretanto, colocaria a sua vida em risco. Que relação haveria entre o protagonista e uma criança morta há mais de meio século? Essas e outras perguntas guardam suas respostas neste romance que promete ao leitor uma leitura recheada de mistérios e conexões.

foto_carlosromero_arquivopessoal

Ficha Técnica

Título: “Conexão Hirsch – Nostalgia, obsessões e viagens no tempo”, romance.
Editora: Penalux,
Autor: Carlos Romero Carneiro,
Páginas: 152 páginas,
Preço: R$ 40;
Disponível em:
https://www.editorapenalux.com.br/loja/product_info.php?products_id=585

Acesse:
Site: http://www.conexaoh.com
Facebook: http://www.facebook.com/conexaohirsch

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s