Com texto de Hilda Hilst, espetáculo ‘Osmo’ é apresentado no Itaú Cultural

Baseado em um dos contos do livro Fluxo-floema, de 1970, o Núcleo EntreTanto, da Cooperativa Paulista de Teatro, leva ao palco inquietações e sarcasmo típicos na obra da escritora

 Osmo_Foto_Leekung Kim

No dia 8 de agosto (terça-feira), às 20h, o Itaú Cultural recebe o Núcleo EntreTanto, da Cooperativa Paulista de Teatro, com a peça Osmo, baseada no conto homônimo da escritora Hilda Hilst, do livro Fluxo-floema, de 1970. No palco, Donizeti Mazonas interpreta Osmo, um assassino em série com pretensões literárias, que está mergulhado na difícil e intrincada tarefa de escrever sua própria história, quando é interrompido pelo telefonema de uma amiga que o convida para dançar. A partir disso, ensaia um ritual macabro que será realizado: sair para dançar com uma mulher, fazer amor com ela e depois assassiná-la.

Com direção de Suzan Damasceno, o cenário da peça é lacônico: como o personagem conta a sua história enquanto toma banho, Osmo permanece em um cubo de acrílico com água, representando uma banheira. Apesar de ser um monólogo, a montagem tem a participação especial da atriz Erica Knapp, presente durante toda a apresentação, mas sem falas. Osmo vai se mostrando cada vez mais macabro – é um anti-herói que busca compreender a dimensão da vida e da morte. Egocêntrico e sarcástico, só pensa em satisfazer os seus desejos, sem a interferência de uma moral que coloque freios aos seus instintos.

Contudo, busca em seus atos de horror a transcendência estética e a violência está na linguagem da narrativa. Ela é internalizada, se derrama e desdobra não só na mente do narrador, mas, principalmente, na fala, o que talvez torne essa narrativa mais violenta do que qualquer folhetim policial com os mais detalhados crimes. A subjetividade do herói expõe tudo o que ele tem de humano, e isso implica percorrer ambos os caminhos:  do bem e do mal. No conto, assim como a vida contém a morte, o bem contém o mal para que, juntos, componham a dança do universo.

Sobre Donizeti Mazonas

Formado em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp, trabalha como ator, dançarino e diretor. Integrou o Centro de Pesquisa Teatral – CPT – coordenado por Antunes Filho de 1998 a 2002. Criou o Núcleo EntreTanto em 2017, junto com Wellington Duarte e Daniel Fagundes, desenvolvendo uma pesquisa voltada para dança-teatro-performance. Participou do Núcleo de Improvisação, dirigido por Zélia Monteiro, de 2006 a 2013. Entre seus trabalhos, estão: Um Bonde Chamado Desejo, Uma Noite sem o Aspirador de Pó, A Obscena Senhora D., O que você foi quando era criança?, Werther. Na dança: Coisas que se poderia dizer no fim, Desvio para o Chão, Espetáculos Imprevisíveis, entre outros.

 

Sobre Suzan Damasceno

Formada em Filosofia pela Universidade Federal do Paraná (UFRP), integrou durante 8 anos o Grupo Macunaíma/CPT (Centro de Pesquisa Teatral) de Antunes Filho, de 1998 a 2006. Neste período, iniciou uma investigação de dramaturgia aliada à interpretação, que culminaria no projeto Prêt-à- Porter. Em 2008, estreou o espetáculo A Obscena Senhora D., de Hilda Hilst, no qual além da concepção é também responsável pela adaptação da obra, sob a direção de Rosi Campos e Donizeti Mazonas. Em 2012, estreou o espetáculo Menos Emergências, no 16° Festival da Cultura Inglesa, texto de Martim Crimp, com direção de Juliana Galdino. Em 2014, realizou a adaptação e direção do espetáculo Osmo, texto de Hilda Hilst, com interpretação de Donizeti Mazonas e Erica Knapp.

 

Sobre Erica Knapp

Formada em Jornalismo pela Universidade de São Paulo (Usp), realizou cursos de teatro na Escola Macunaíma – Curso com Sílvio Ziber, Tapa, curso com Denise Weinberg, Sátiros, curso com Fábio Penna, Teatro Vocacional, com os orientadores Lily Cury, Cleide Fahad, Natasha Dias e Donizeti Mazonas.

Osmo_Keiny Andrade

FICHA TÉCNICA
Texto: Hilda Hilst
Direção, adaptação, figurinos e trilha sonora: Suzan Damasceno
Concepção, adaptação, cenário e interpretação: Donizeti Mazonas
Participação especial: Érica Knapp
Fotos: Keiny Andrade, Hernandes de Oliveira e Leekyung Kim
Iluminação: Hernandes de Oliveira
Produção: MoviCena Produções (Jota Rafaelli)
Realização: Núcleo EntreTanto, da Cooperativa Paulista de Teatro

SERVIÇO
Osmo
Dia 8 de agosto de 2017 (terça-feira), às 20h
Duração: 70 minutos
Classificação indicativa: 18 anos
Interpretação em Libras

Sala Itaú Cultural (224 lugares)
Distribuição de ingressos:
Público preferencial: 2 horas antes do espetáculo (com direito a um acompanhante)
Público não preferencial: 1 hora antes do espetáculo (um ingresso por pessoa)
Estacionamento: Entrada pela Rua Leôncio de Carvalho, 108
Se o visitante carimbar o tíquete na recepção do Itaú Cultural:
3 horas: R$ 7; 4 horas: R$ 9; 5 a 12 horas: R$ 10.
Com manobrista e seguro, gratuito para bicicletas.
Itaú Cultural
Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô
Fones: 11. 2168-1776/1777
Acesso para pessoas com deficiência
Ar condicionado
http://www.itaucultural.org.br
http://www.twitter.com/itaucultural
http://www.facebook.com/itaucultural
http://www.youtube.com/itaucultural
http://www.flickr.com/itaucultural

Assessoria de Imprensa
Conteúdo Comunicação
Fone: 11.5056-9800
Cristina R. Durán: cristina.duran@conteudonet.com
Karinna Cerullo: cacau.cerullo@conteudonet.com
Amanda Viana: amanda.viana@conteudonet.com
Roberta Montanari: roberta.montanari@conteudonet.com
No Itaú Cultural:
Larissa Correa
Fone: 11.2168-1950
larissa.correa@ terceiros.itaucultural.org.br
Carina Bordalo (programa Rumos)
Fone: 11.2168-1906
carina.bordalo@terceiros.itaucultural.org.br
http://www.conteudocomunicacao.com.br
http://www.twitter.com/agenciaconteudo
http://www.facebook.com/agenciaconteudo

libras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s