CASA DAS CALDEIRAS ANUNCIA NOVO FORMATO DO PROJETO TODODOMINGO MUSICAL EM SP

Após 7 meses trabalhando de forma independente, a Associação Cultural Casa das Caldeiras volta a realizar os seus eventos dominicais de forma gratuita e continuada. Através do edital PROAC-ICMS da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo e com o patrocínio da empresa TNT Energy Drink, o projeto TODODOMINGO MUSICAL EM SP promove uma programação potente e diversificada que vai de Agosto a Abril de 2018. Programa imperdível neste que é um dos polos multiculturais mais bacanas de São Paulo!

2506-samba-do-sol-na-casa-das-caldeiras-1497834055

PRÓXIMA EDIÇÃO DO TODODOMINGO APRESENTA MOSTRA DE PROJETOS DA RESIDÊNCA ARTÍSTICA                                          

Um dos projetos mais democráticos e interessantes da cidade de São Paulo está de volta em novo formato! O projeto dominical da Associação Cultural Casa das Caldeiras TODODOMINGO Musical em SP, ou como muitos conhecem TODODOMINGO, que tem como seu principal foco a produção cultural independente, foi contemplado pelo edital PROAC-ICMS da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo e conquistou o patrocínio da empresa TNT Energy Drink. Com isso, a Casa das Caldeiras volta a ter uma programação semanal continuada gratuita e convida o público para conferir a super programação que virá nos próximos meses! A edição do próximo domingo, dia 20 de agosto, apresenta TEMPO FORTE I, uma mostra do programa de residência artística o OBRAS EM CONSTRUÇÃO com os artistas: Lucas Erro, Vera Sala, Marcus Moreno, O que há de norte em cada um de nós, Cristian Espinoza / DUO b (Marcelo Bressanin & Pedro Ricco) e Jorge Garcia Cia de Dança.

“Obras em construção” é um programa de residência que valoriza o processo do artista no curso do desenvolvimento de sua obra com o local, tendo como temática a dialética entre Arte e Patrimônio, que a Casa das Caldeiras peculiarmente propicia. O Programa consiste em viabilizar espaços de Residências Artísticas propondo acompanhamento logístico, administrativo e de estruturação do projeto, fomentando um contexto de troca de conhecimentos, métodos e impressões entre os artistas residentes. O programa já acolheu desde 2008, mais de 150 projetos de artistas e portadores de projeto do Brasil e do Exterior.

A exposição dos trabalhos dos artistas residentes faz parte de uma programação diversificada, que vai de agosto de 2017 a 22 de abril de 2018, sem intervalos (exceto pausas especiais para comemorações de fim de ano e carnaval). Serão 9 meses com eventos gratuitos, democráticos e que pretendem abarcar o máximo de diversidade possível! Do samba-rock às batalhas de breaking dance, música brasileira, latinidades, mostras artísticas, performances e muito mais, a população terá acesso a este polo multicultural que vem fazendo história em São Paulo e que já foi eleito como Melhor Clube de São Paulo em 2014 pelo júri do Guia da Folha. Além das apresentações, o público poderá desfrutar das comidinhas, artesanato e muitas novidades que a Associação Cultural Casa das Caldeiras, junto com os produtores e coletivos artísticos parceiros do TODODOMINGO, estão preparando e prometem surpreender.

Durante os últimos 7 meses o projeto foi mantido de forma independente, com apresentações extraordinárias, algumas com a cobrança de valores simbólicos para a entrada. Tudo isso com objetivo de manter este projeto que foi construído ao longo de muitos anos de trabalho e que conquistou o seu espaço na programação cultural da cidade de São Paulo. Foi mantido um espaço colaborativo com os produtores independentes para que realizassem seus eventos culturais e também seguissem com as atividades para a ocupação cultural na Casa das Caldeiras. O projeto resistiu durante todo este tempo, criando alternativas para que pudesse existir. E agora, com a chegada do novo patrocínio da TNT Energy Drink, o TODODOMINGO MUSICAL EM SP vem com força total e totalmente reformulado.

SOBRE A ASSOCIAÇÃO CULTURAL CASA DAS CALDEIRAS

“Casa das Caldeiras” é o nome dado a construção fabril de 1920, localizada na Avenida Francisco Matarazzo que com seus tijolos e chaminés remete os visitantes à memória viva do período em que a cidade se transformou em metrópole. Desde o seu restauro (1998-1999) abriu suas portas para a cidade e após alguns anos, passou a ser reconhecida como palco de eventos culturais, sociais, privados e coorporativos, valorizando os encontros, as relações sociais e a construção de novas histórias. Desde então, se tornou um polo de cultura independente que é referência em São Paulo, com importantes programas – OBRAS EM CONSTRUÇÃO e TODODOMINGO ou TODODOMINGO MUSICAL EM SP, este último vem anualmente se consolidando como um dos projetos mais democráticos da cidade, possibilitando a produtores independentes, realizarem eventos e ocupar esse espaço de diferentes formas.

Entre os projetos que borbulham nesta antiga fábrica de caldeiras, estão os de cunho social, que buscam produzir novas perspectivas de atuação e de protagonismo sócio-cultural para a cidade e o país. Fomentando contextos de troca de conhecimentos, partilhando e abrindo espaço para encontros, a ACCC quer dar oportunidade para que outro território seja criado: o da afetividade. Foi assim que o espaço foi aberto para receber famílias que participaram de oficinas e relataram suas experiências, engrossando o caldo do projeto “Manual da Família – A difícil arte de educar no Séc. XXI”. O projeto surgiu com a pesquisa e elaboração de um e-book com apoio da Fundação Itaú Social, e cresceu com conquista do Edital CONDECA 2015. Recentemente aconteceu a Mostra Especial do projeto Manual da Família, na Casa das Caldeiras, que foi transformada em um verdadeiro lar, com diversos ambientes, para receber o público de todas as idades e apresentar o resultado deste lindo trabalho. Cerca de 1500 pessoas puderam experimentar as práticas propostas no projeto e se inspirar para incluir práticas positivas em seu cotidiano.

PROGRAMAÇÃO MOSTRA TEMPO FORTE I – Mostra do programa de residência artística OBRAS EM CONSTRUÇÃO

Exposição dos projetos residentes (em forma experimental). O objetivo da mostra é criar um espaço-tempo para diálogos, visibilidade, intercâmbios e transferência de conhecimentos entre artistas residentes, profissionais da área da cultura e público. Quando: Domingo dia 20 de agosto de 2017 – Das 16h às 20h

Artistas Confirmados:

Lucas Erro apresenta seu projeto Máquinas Imaginárias – Técnica: Desenho – Série de desenhos retratando objetos maquinais, fazendo uso das possibilidades do suporte bidimensional como plataforma para a projeção de imagens vindas de fórmulas imaginárias e do repertório imagético do artista. Na contracorrente do progresso e da sociedade de consumo, o projeto investiga o rastro deixado pelo avanço tecnológico, para então se pensar em uma mecanização do humano onde o corpo se torna passível de obsolência em diversos setores sociais, sensoriais e afetivos. Se o progresso industrial evoca arquétipos ativos e tidos como luminosos, a pesquisa pretende trazer o sono das máquinas enquanto momento de recriação interior e recolhimento ctônico, como em um organismo casulo que se desenvolve no escuro, pelas entranhas e para si próprio – sono que também remete a morte, obsolência ou improdutividade; da ruína, estado inativo que não se constrói nada.

Vera Sala apresenta seu projeto “Lugar Nenhum – uma dança que nunca se conclui” – Tempo suspenso entre um instante e outro, uma ação e outra. No alargamento deste intervalo do tempo, o corpo se exaure, esvazia, dissolve seus contornos e limites. O silêncio, o desaparecimento, a inoperância se instauram não como passividade, mas como resistência. Zona de incertezas, rupturas, vazios, sem tempo, sem começos, sem fim. O corpo esquece, reinventa memórias e modifica-se num contínuo confrontar-se com ele mesmo, com outros pensamentos, outros corpos, outros afetos, ausências, silêncios. É de sua natureza existir como configurações sempre provisórias. Disposto a nunca se concluir é campo aberto de dúvidas e perguntas. O corpo modificado pelo tempo, por esta exposição, derrama-se para outros corpos e lugares, compondo e alterando qualidades de ambientes e sendo por eles modificado. Os estados corporais intrinsicamente conectados aos estados do ambiente produzem diversas configurações ao longo do tempo e são potencializadores de novas ignições.

Marcus Moreno apresenta seu projeto Estudo para o Encontro – Este trabalho surge de temas corporais concretos para a criação de imagens sensoriais. Sua concepção compreende a criação de um espaço que vai se construindo a partir de elementos disparadores. Os temas para este mergulho são conhecidos pelo próprio corpo: presença, articulações, peso, apoios, resistência, oposições, eixo global; vetores de força localizados nos metatarsos, calcâneos, púbis, sacro, escápulas, cotovelos, mãos e cervical; que remetem a um encontro mais recente com o estudo da Técnica Klauss Vianna. O que faz com que a encenação aconteça é o rearranjo destes elementos – uma dose de acaso nas suas inúmeras possibilidades de organização; o encontro do corpo-dança de Marcus Moreno com o corpo-música do artista Moisés Mendoza Baião; com o corpo-luz que Calu Zabel propõe inventando diferentes modos de perceber o que se vê; e, por fim, com as imagens sensoriais decorrentes de todos estes processos.

O que há de norte em cada um de nós? – Os artistas Andrez, Caio, Barra, Feliz, Guy, Iaci, Luiz, Teresa e Yuri produzem e pesquisam desde 2013 os atravessamentos entre dança e performance, corpo e política, em suas fronteiras experimentais. “O que há de norte em cada um de nós?” é um projeto de produção de espetáculo inédito, onde o principal foco de discussão é a decolonialidade. Se no trabalho anterior “Macaquinhos” o dispositivo coreográfico e diretriz performativa foi a investigação da zona anal como metáfora do sul no corpo, neste trabalho a pergunta é: qual seria a metáfora do norte no corpo? O projeto de criação teve seu ponto de partida no Mousonturm em Frankfurt (Alemanha) e será desenvolvido no espaço da Casa das Caldeiras.

Cristian Espinoza / DUO b (Marcelo Bressanin & Pedro Ricco) apresentam o projeto: Campo Sonoro  / Corredor Eletromagnético Paulista – Instalação sonora “site specific” composta por antenas, circuitos amplificadores e alto-falantes. A obra é uma das ações do projeto “Corredor Eletromagnético Paulista” e traduz em sonoridades as ondas eletromagnéticas captadas no entorno da Casa das Caldeiras.

Cristian Espinoza é arquiteto e se dedica a investigação e experimentos em diferentes territórios. Suas obras foram exibidas em espaços e galerias de Buenos Aires, Bogotá, Valparaíso, Santiago de Chile, São Paulo e Paris. DUO b é um projeto artístico criado por Marcelo Bressanin e Pedro Ricco, que se dedica a investigações artísticas que orientadas em torno de duas direções: a plasticidade do som, explorada através de recursos eletromecânicos e digitais, e a percepção do espaço através da ação do som.

Jorge Garcia Cia de Dança apresenta Abertura de processo: Plano Sequência /  Take 2

Levar o trabalho da Cia para um espaço com fluxo maior de pessoas mostrou-se uma necessidade para a continuidade de uma pesquisa em dança e cinema iniciada pela Cia em 2016, chamada TAKE A DEEP BREATH, que trata da execução de um filme em plano-sequência, numa performance transmitida ao vivo, e criada a partir do cotidiano e relações de um espaço de trabalho. A transposição dessa pesquisa para um local de proporções completamente diferentes implicará em novos enquadramentos para cenas já rascunhadas, e alimento para novas criações.

PRÓXIMA EDIÇÃO DO TODODOMINGO (27/AGO) APRESENTA FESTIVAL MUNDO PENSANTE

Informações – Contato Casa das Caldeiras:  (11) 3873-6696

http://www.facebook.com/casadascaldeiras ou casadascaldeiras.com.br/blog

 

Contato Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini – lucigandelini@gmail.com – 99568-8773

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s