Quarteto Osesp toca Villa-Lobos e Tchaikovsky no MASP

MASP_Brazil

O MASP e a Osesp, duas das instituições culturais mais simbólicas de São Paulo, retomam, a partir de 26 de agosto (sábado), a série de concertos OSESP MASP, que une arte e música no palco do MASP Auditório. O objetivo do projeto é estabelecer diálogos entre as duas formas artísticas, relacionando similaridades estéticas e históricas de ambas. Este ano conta com cinco apresentações, de 26 de agosto a 19 de dezembro, com obras das diferentes coleções do Museu e inserções de compositores clássicos, contemporâneos e também brasileiros.

Em seu acervo, o MASP possui séculos de história da arte, despertando inúmeras possibilidades de conexões com a música. Na primeira apresentação, no dia 26 de agosto, as peças de Arvo Pärt, Richard Wagner, Johannes Brahms e Olivier Messiaen estão em diálogo com a obra A Virgem em lamentação, são joão e as pias mulheres da Galiléia (1485 – 1490), de Hans Memling; no dia 12 de setembro, as composições de Heitor Villa-Lobos e Piotr Ilitch Tchaikovsky estão em interlocução com A estudante (1915-1916), de Anita Malfatti; já na apresentação de 16 de outubro, as peças de Johann Sebastian Bach, Roberto Sion, Astor Piazzolla, Leonard Bernstein e Charlie Parker são apresentadas juntas com a obra Composição com fundo amarelo e vermelho (1945), de Alexander Calder; e por fim, no dia 28 de novembro, a programação combina as composições de Nino Rota, Samuel Barber, Roberto Terreiro Prado e Paquito D’Rivera, com a tela O carregador (Las Illusiones) (1944), de Diego Rivera.

O encerramento do programa OSESP MASP 2017 acontece no dia 19 de dezembro, com o Coro Acadêmico da Osesp apresentando um repertório de peças natalinas em diálogo com a obra A Virgem com o Menino de pé abraçando a Mãe (Madonna Willys), 1480-1490, do pintor italiano Giovanni Bellini. Clément Janequin, Maurice Ravel, André Mehmari, Francis Poulenc, José Viera Brandão e Franz Xaver Gruber são os compositores contemplados da noite.

A Osesp leva ao MASP recitais de seu coro e três grupos de música de câmara com diferentes formações: Quinteto de Sopros, Quinteto de Fagotes, Quarteto Osesp. O projeto acontece uma vez por mês, a partir das 20h. Cada apresentação é comentada por especialistas convidados, que fazem a conexão entre as obras de arte da coleção do MASP e as composições musicais interpretadas. A programação está sujeita a alterações.

21032677_10155058746296025_6650452444342737035_n

 

OSESP MASP 2017

12 de setembro (terça-feira)

QUARTETO OSESP

VILLA-LOBOS, Heitor Quarteto n. 1 19′
TCHAIKOVSKY, P.I Quarteto n. 1 op. 11 Ré Maior 28′

Palestrante: PAULO DE TARSO SALLES

Obra comentada: Anita Malfatti, A estudante, 1915-1916

Local: MASP Auditório
Data: 12 de setembro de 2017
Hora: 20h00
Ingressos: Inteira R$ 50,00 / Meia – Entrada R$ 25,00

Os ingressos custam R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia) e estão disponíveis na bilheteria do museu e pelo site http://www.ingressorapido.com.br.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s