Casa Mário de Andrade tem curso que narra a história do poeta em passeio pelo Centro e Barra Funda

A terceira edição do evento discute atuação do poeta na área da etnografia

 

mario-de-andrade-em-sua-mesa

o escritor Mário de Andrade

Conhecer as ruas de São Paulo sob a perspectiva de Mário de Andrade é a proposta do curso Caminhos de Mário, que está em sua terceira edição na Casa Mário de Andrade e debate as diversas áreas de atuação do autor de Macunaíma. Os encontros do mês de outubro discutem a atuação do poeta na área da etnografia com duas saídas: em 17 de outubro os participantes visitam o antigo prédio da Sociedade de Etnografia e Folclore, localizado no Largo São Francisco, e no dia 7 de novembro, a exposição “Pavilhão da Criatividade Darcy Ribeiro”, no Memorial da América Latina.

Em Caminhos de Mário – Etnografia na cidade de São Paulo, os participantes discutem a atuação do poeta no campo da etnografia – estudo descritivo das etnias, suas características antropológicas, sociais etc. – a partir da leitura de textos. Os encontros serão entre 3 de outubro e 21 de novembro, às terças-feiras, das 14h00 às 17h00. No último encontro haverá um evento aberto ao público para apresentação do processo desenvolvido pelo próprio grupo.

Este é o terceiro módulo do curso que busca refletir sobre a diversidade de atuação de um dos principais escritores brasileiros. Em abril, cerca de 30 participantes debateram sobre a produção do poeta na literatura e as viagens do autor pelo Amazonas e Nordeste. Na segunda edição, as discussões ficaram em torno da São Paulo de Mário, e os participantes foram estimulados a criar obras inspiradas em sua trajetória. “Eu li o livro Amar, verbo intransitivo e fiz todos os trabalhos em cima dele: fiz uma resenha, um poema e foi um processo muito rico”, conta João Pedro Torres, estudante de publicidade e propaganda. Para a artista visual Fernanda Heitzman, o curso foi importante para retomar a produção artística: “consegui retomar minha produção artística com fotografia analógica e me reencontrar nas artes novamente”.

Cronograma do curso

3/10 – Apresentação do projeto

10/10 – Leitura de documentos da criação da Sociedade de Etnografia e Folclore, de Mário de Andrade

17/10 – Saída – Visita ao antigo prédio da Sociedade de Etnografia e Folclore, no Largo São Francisco, centro de São Paulo

24/10 – Discussão de trechos selecionados das aulas da Sociedade de Etnografia e Folclore

31/10 – Discussão de trechos selecionados da atuação do antropólogo Darcy Ribeiro

07/11 – Saída – Exposição Pavilhão da Criatividade Darcy Ribeiro, com acervo permanente de cerca de quatro mil peças etnográficas do Brasil, México, Peru, Equador, Guatemala, Bolívia, Paraguai, Chile e Uruguai, expostas no Memorial da América Latina

14/11 – Preparação de mostra dos processos

21/11 – Evento aberto ao público de mostra dos processos, com textos, fotografias, resenhas, etc…

CASA MÁRIO DE ANDRADE
A Casa Mário de Andrade funciona no endereço da antiga casa do escritor e intelectual Mário de Andrade, um dos principais ideólogos do movimento modernista e da Semana de Arte Moderna, em 1922. Abriga uma exposição permanente com objetos pessoais do modernista, além de gravações e filmes nos quais ele aparece. Realiza, também, uma intensa programação de atividades culturais e educativas. A Casa integra a Rede de Museus-Casa Literários da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerenciados pela Poiesis.

 

POIESIS
A POIESIS – Instituto de Apoio à Cultura é uma organização social. A instituição tem por objetivo o desenvolvimento sociocultural e educacional, com ênfase na preservação e difusão da cultura, desenvolve e gere programas e projetos, pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais voltados para o complemento da formação de estudantes e público em geral. A POIESIS trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

casa-mario-de-andrade_-foto-leco-de-souza-05

Curso Caminhos de Mário – Etnografia na cidade de São Paulo
De 3/10 a 21/11, terças-feiras das 14h00 às 17h00.
Inscrições até o dia 3/10 no site: http://bit.ly/2fsAn93
40 vagas.

Casa Mário de Andrade
Rua Lopes Chaves, 546 – Barra Funda – São Paulo – SP
Telefone: (11) 3666-5803 | 3826-4085
Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado, das 10h00 às 18h00.

 

Assessoria de Imprensa – POIESIS
Carla Regina – Coordenação | (11) 4096-9827 | carlaregina@poiesis.org.br
Aline Takaschima | (11) 4096-9852 | alinetakaschima@poiesis.org.br
Victória Durães | (11) 4096-9810 | victoriaoliveira@poiesis.org.br

Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – Assessoria de Imprensa
Gisele Turteltaub – (11) 3339-8162 – gisele@sp.gov.br
Damaris Rota – (11) 3339-8308 – drota@sp.gov.br
Gabriela Carvalho – (11) 3339-8070 – gabrielacarvalho@sp.gov.br
Stephanie Gomes – (11) 3339-8243 – stgomes@sp.gov.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s