PERFORMANCE CRIADA POR RENAN MARCONDES É ATIVADA EM EVENTO DO SESC BELENZINHO

Autor de trabalhos tais quais Como um jabuti matou uma onça e fez uma gaita de um de seus ossos, Renan Marcondes apresenta trabalho inédito no Sesc Belenzinho e dá curso no CPF do Sesc SP

 IMG_1891

Projeto Invisível, performance criada pelo artista Renan Marcondes (representado pela Adelina Galeria) acontece no próximo dia 21 de outubro, a partir das 11 horas, no Sesc Belenzinho. Ela faz parte da programação do projeto Instauração, com curadoria de Ananda Carvalho, e que segue na unidade até o mês de novembro.  A performance, que será ativada pelas atrizes Tetembua Dandara e Carolina Callegaro, deve ser a primeira de algumas frentes que Renan pretende abrir com Projeto Invisível.

As duas performers irão usar óculos que a impedem de ver e serem vistas e, durante as seis horas, não irão falar com ninguém também. Quando algum adulto chegar perto delas, irá receber um cartão com uma frase de Judith Butler, que aparece no livro Quadros de Guerra: “Julgamos um mundo que nos recusamos a conhecer e nosso julgamento se transforma em um meio de nos negar a conhecê-lo”. Já as crianças irão ganham um cartão em que tem achar algumas palavras que estão ligadas à performance.

Apesar de ter sido concebida há algum tempo e estar guardada na gaveta, Renan ressalta que a atualidade do trabalho é inegável: “a minha ideia é chamar a atenção das pessoas para que elas possam o olhar o outro com empatia, se colocando sempre no lugar do outro ao enxergar o mundo. Estamos vivendo tempos complicados, em que as pessoas não tem esse tipo de cuidado ao se relacionarem – quando dão espaço para que um relacionamento aconteça”, explica o artista.

 

O título do projeto Instauração faz referência ao artista Tunga (que utilizou o termo para pensar o seu próprio trabalho com o desejo de somar o que a “performance” e a “instalação” não davam mais conta em suas compreensões isoladas). De acordo com a curadora Ananda Carvalho, o projeto Instauração faz essa referência justamente para evidenciar a amplitude do campo da performance nas Artes Visuais e também tem o desejo de pensar as possibilidades de desconstrução do que já foi institucionalizado ou consolidado como performance na História da Arte. Por esse viés, considera também o próprio significado de “instauração” encontrado no dicionário que consiste em “processo ou resultado de criar algo”, procurando fomentar o acesso a performance como manifestação artística para todos os públicos. E, “em tempos tão complexos, o projeto Instauração  procura relembrar que os nossos corpos são a última instância de resistência e liberdade, apresentando ações que acontecem nos espaços de fluxo e de convivência do Sesc” – afirma a curadora.

 

Curso

Também em outubro, Renan Marcondes ministra o curso O corpo como centro: considerações sobre a arte da performance, que se divide em quatro encontros, de 18 de outubro a 8 de novembro, no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo.

A cada quarta-feira, o curso discute um momento específico da arte da performance a partir da apresentação e discussão de textos e obras essenciais para a linguagem, busca pontuar algumas das principais transformações materiais que ocorreram na concepção de performance ao longo do século XX. Ele é voltado para interessados no tema e será puramente teórico.

As inscrições pela internet (link) podem ser realizadas até um dia antes do primeiro módulo, ao custo de R$ 50,00. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Sobre Renan Marcondes

Artista visual, performer e pesquisador, Renan Marcondes (São Paulo, 1991) tem indo na contramão e apostado seus esforços no uso de todo um aparato que o ajuda a retratar a maneira como nós vemos e nos relacionamos com o mundo: matemática, desenho técnico, perspectivas, objetos cotidianos, textos, gestos socialmente codificados, etc. Com uma formação que mistura artes cênicas e visuais, Renan usa a performance para refletir não a partir de um corpo presente no espaço, mas sim para refletir sobre aqueles que estão ausentes e que já interferiram ou ainda o farão nas estruturas expostas no espaço de ativação.

 

Sobre a Adelina Galeria

A Adelina Galeria, inaugurada em abril de 2017, nasceu como um espaço para comercializar, produzir, conviver, pesquisar e falar sobre arte contemporânea, buscando ampliar seus diálogos, suas possibilidades e seus públicos. Para isso, muitas são as relações com as quais a galeria se compromete a ativar, cultivar e transformar.

Como recorte, a Adelina Galeria representa e trabalha com artistas vinculados à América Latina. Além de propor uma relação mais próxima com os artistas e entender a educação como um pilar fundamental de seu propósito, a galeria busca firmar parcerias de diversos perfis no bairro, reforçando o conceito de território que baseou a sua criação. O espaço, idealizado e dirigido pelo empresário Fabio Luchetti, está localizado em Perdizes, bairro sem tradição de galerias de arte e, por isso mesmo, um bom lugar para se estar e abrir novos circuitos para a arte na cidade.

Serviço

Projeto Invisível – Única apresentação em 21 de outubro, sábado, a partir das 11 horas

Criação – Renan Marcondes

Atrizes – Tetembua Dandara e Carolina Callegaro

Duração – 6 horas

Livre. Grátis (não é necessário a retirada de ingresso)

SESC BELENZINHO – Rua Padre Adelino, 1000 – Belenzinho (próximo à estação Belém do metrô). Telefone: (11) 2076-9700. Acesso para deficientes físicos. Estacionamento para espetáculos com venda de ingressos após as 17h: R$ 7,50 (credencial plena) 15,00 (outros)

 

Curso O corpo como centro: considerações sobre a arte da performance – De 18 de outubro a 8 de novembro, quartas, das 19h30 às 21h30, no Centro de Pesquisa e Formação do SESC SP. Valores  – R$15,00 (carteirinha do SESC), R$ 25,00 (pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante) e R$50,00 (inteira). Inscrições em toda a rede Sesc ou pelo site.

Centro de Pesquisa e Formação do SESC-SP – Rua Dr Plínio Barreto, 285 – 4º andar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s