Itaú Cultural fecha a programação teatral em junho com a apresentação de ‘Vaga Carne’, debates e bate-papo de artistas com o público

A Cia. Os Crespos encerra a série de encontros, que fez no instituto durante todo o mês, recebendo os grupos Clariô de Teatro, Emú, Gumboot Dance Brasil e a escritora Ana Maria Gonçalves. Ainda dentro da programação teatral da instituição em junho, a atriz e diretora Grace Passô participa do Camarim em Cena e, no fim de semana, apresenta o espetáculo Vaga Carne. No domingo, a atriz e diretora Georgette Fadel e o ator Marcos Felipe participam do Encontro com o Espectador que tem como objeto de conversa a peça Epidemia Prata

 Epidemia Prata_ator Leonardo Akio_foto Juliana Moraes

O Itaú Cultural encerra a programação de teatro de junho, apresentando em quatro dias – de 21 a 24 de junho (quinta-feira a domingo) – uma peça, conversa sobre bastidores, leituras de textos e reflexões a respeito de espetáculos e temáticas levadas aos palcos. Nomes importantes da cena teatral contemporânea passam pelo instituto, tratando, tanto no palco quanto fora dele, de temas como a elaboração do corpo negro em cena, a urgência de discurso e pertencimento em torno da identidade e a desconstrução de personagens estigmatizados pela sociedade.

 

A programação abre no dia 21 (quinta-feira), às 16h, recebendo a premiada atriz e diretora mineira Grace Passô no Camarim em Cena, ação do Itaú Cultural que recebe artistas para uma conversa com o público sobre sua trajetória e os momentos que antecedem sua atuação. Esta edição é mediada pela jornalista e crítica Beth Néspoli, do site Teatrojornal – Leituras de Cena. Grace, que, de sexta-feira a domingo (22 a 24), apresenta no instituto a peça Vaga Carne, tem uma trajetória marcante no teatro, como atriz, diretora ou dramaturga, em atuações lhe renderam prêmios e indicações ao Prêmio Shell, APCA, Prêmio Questão de Crítica RJ, Prêmio APTR RJ, Prêmio Cesgranrio, e Prêmio Bravo. 

 

No mesmo dia 21, às 20h, a Cia. Os Crespos comanda o terceiro e último encontro do Quintas Crespas, todos realizados no instituto. Tendo como tema o Teatro Negro Contemporâneo – Diferentes Abordagens na Construção de Narrativas, eles recebem o Grupo Clariô de Teatro, coletivo de arte que discute a arte produzida pela, na e para a periferia; o Grupo Emú, do Rio de Janeiro, que investiga a linguagem teatral por meio do diálogo entre questões raciais e contemporaneidade; e o Grupo Gumboot Dance Brasil, que trabalha com a dança popular sul-africana Gumboot.

 

Apresentando cenas curtas de trabalhos, a proposta é abrir a discussão sobre a elaboração do corpo negro em cena, dialogando com as tradições culturais negras e o universo contemporâneo do teatro no Brasil. A escritora Ana Maria Gonçalves faz os comentários.

 

Quintas Crespas foi uma série de encontros realizada pela Cia. Os Crespos no Itaú Cultural ao longo do mês de junho. A proposta foi reunir artistas negros do teatro e da performance para formação de público, intercâmbio, discussão e construção de material crítico sobre os trabalhos que vêm sendo desenvolvidos por esses artistas no panorama do teatro nacional.

Vaga Carne_foto Lucas Ávila_3

Vaga Carne

De 22 a 24 (sexta-feira a domingo), Grace Passô volta à programação com a Vaga Carne, primeiro texto do projeto Grãos da Imagem, que reúne peças em torno de temas identitários. Trata-se de um solo, com concepção, atuação e texto da atriz e diretora, estreado em abril de 2016, no Festival de Curitiba. O espetáculo é uma espécie de jogo entre a palavra e o movimento, no qual um corpo de mulher vive a urgência de discurso, à procura de suas identidades e de pertencimento.

 

No palco, uma voz errante invade a matéria sólida, líquida ou gasosa e toma, pela primeira vez, o corpo de uma mulher. A partir da experiência, na qual vira sujeito, essa voz narra suas sensações, o que finge ser, o que é insondável em si e o que sua imagem é para o outro. Nesse processo, sonda, ainda, o que significa um corpo enquanto construção social.

 

Dois anos após a estreia, Vaga Carne segue uma trajetória de sucesso. Fez temporadas no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Salvador e integrou a programação de festivais como  o de Teatro de Curitiba (PR), Olonadé (RJ), TREMA! (PE), Melanina Acentuada (BA), Porto Alegre em Cena (RS), Nacional de Teatro de Vitória (ES) e Cena Contemporânea de Brasília (DF). Traz no currículo os prêmios Cesgranrio e Shell RJ de Melhor Texto, Questão de Crítica pelo conjunto do espetáculo, além de indicações aos prêmios Cesgranrio nas categorias Melhor Atriz, Iluminação e Espetáculo; APTR, APCA e ao Prêmio Bravo! como Melhor Espetáculo de Teatro.

 Georgette Fadel_foto Julia Zakia

O artista e o espectador

No dia 24 (domingo) às 15h, as atividades teatrais de junho no Itaú Cultural contam com mais uma edição do Encontro com o Espectador, programação que em todo último domingo mês recebe artistas para uma conversa com o público sobre uma peça em cartaz na cidade. Desta vez, os convidados são o ator, jornalista e arte-educador Marcos Felipe e a atriz e diretora Georgette Fadel, para debater com o jornalista Valmir Santos sobre Epidemia Prata, peça que marca os 10 anos de existência da Cia. Mungunzá de Teatro.

 

Epidemia Prata foi construída a partir de histórias colhidas de pessoas em situação de rua e usuários de crack no entorno da sede da Mungunzá, instalada no bairro da Luz, centro de São Paulo. Partindo de escolhas artísticas, políticas e éticas, o grupo costurou duas linhas narrativas: a visão pessoal dos atores sobre os personagens reais que conheceram e o mito da medusa, criatura que transforma pessoas em estátuas. De forma performática e sinestésica, a peça desconstrói personagens estigmatizados pela sociedade e transmite a sensação de petrificação diante de tudo.

 

Vaga Carne_foto Lucas Ávila_2

Camarim em Cena

Dia 21 de junho (quinta-feira), às 16h

Com Grace Passô

Mediação de Beth Néspoli

Duração: 90 minutos

Classificação indicativa: Livre

Sala Multiúso (piso 2)

Capacidade: 40 lugares

 

Quintas Crespas

Dia 21 de junho (quinta-feira), às 20h

Debate: Teatro Negro Contemporâneo – Diferentes Abordagens na Construção de Narrativas

Com a Cia. Os Crespos e os grupos Clariô de Teatro, Emú e Gumboot Dance Brasil.

Comentários da escritora Ana Maria Gonçalves.

Duração: 120 minutos

Classificação indicativa: Livre

Sala Itaú Cultural (piso térreo)

Capacidade: 224 lugares

 

Vaga Carne

Dias 22 e 23 de junho (sexta-feira e sábado), às 20h

Dia 24 de junho (domingo), às 19h

Duração: 50 minutos

Classificação indicativa: 14 anos

Sala Multiúso (piso 2)

Capacidade: 100 lugares

Ficha Técnica:

Concepção, atuação e texto: Grace Passô

Equipe de criação: Kenia Dias, Nadja Naira, Nina Bittencourt e Ricardo Alves Jr.

Luz: Nadja Naira

Técnico e operador de luz: Edimar Pinto

Trilha sonora e operador de som: Ricardo Garcia

Figurino: Virgílio Andrade

Fotografia: Lucas Ávila

Pesquisa e produção: Nina Bittencourt

 

Encontro com o Espectador

Dia 24 de junho (domingo), às 15h

Com Georgette Fadel e Marcos Felipe

Mediação de Valmir Santos.

Duração: 120 minutos

Classificação indicativa: Livre

Sala Vermelha (piso 3)

Capacidade: 70 pessoas

 

Entrada gratuita

Distribuição de ingressos:

Público preferencial: 1 hora antes do espetáculo (com direito a um acompanhante, que deve retirar o ingresso ao mesmo tempo)

Público não preferencial: 1 hora antes do espetáculo (um ingresso por pessoa)

Estacionamento: Entrada pela Rua Leôncio de Carvalho, 108

Se o visitante carimbar o tíquete na recepção do Itaú Cultural:

3 horas: R$ 7; 4 horas: R$ 9; 5 a 12 horas: R$ 10.

Itaú Cultural

Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô

Fones: 11. 2168-1777

Acesso para pessoas com deficiência

Ar condicionado

Estacionamento: Entrada pela Rua Leôncio de Carvalho, 108

Se o visitante carimbar o tíquete na recepção do Itaú Cultural:

3 horas: R$ 7; 4 horas: R$ 9; 5 a 12 horas: R$ 10.

Com manobrista e seguro, gratuito para bicicletas.

www.itaucultural.org.br

www.twitter.com/itaucultural

www.facebook.com/itaucultural

www.youtube.com/itaucultural

www.flickr.com/itaucultural

Toda a programação conta com interpretação em Libras

libras

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s