Dois poemas de Lucas Maurílio

img-20190117-wa0041

 

ME LEVE NO LUGAR EXATO QUE DEPOSITEI NOVAS ESPERANÇAS PARA COMEÇAR DE NOVO E PROVAR UM VINHO SEM CAIR NO ABISMO NOVAMENTE

 

Me leve no bar pela última vez,
E pague um Whisky
para nós.

Quero beber um pouco
por quase ter terminado comigo.
Preciso lhe contar os meus anseios,
os meus sonhos perdidos.

Passei por muitas decepções para chegar até aqui.
Estava cheio de alegria,
de sonhos,
mas como disse: os perdi.
Cai em armadilhas,
respirei o ar que me queimou por dentro
e destruiu minha consciência.
No entanto, parei.
Essa bebida é meu último ópio
E esse lugar tranquilo
onde guardo as minhas esperanças,
só não sei onde as coloquei por aqui,
mas achei outras melhoras.

Por conta disso,
preciso que você me leve para outro lugar.
Quero uma vida nova.
Me recuperar dos problemas.

Não quero me enterrar agora,
mesmo já estando caído.
Quero me levantar e recomeçar.
(Vou levantar e recomeçar).
E quando voltar espero lhe encontrar de novo,
e pagar um vinho pra gente.

Agora que terminamos,
me leve neste endereço do cartão
e me dê um abraço
antes de eu renascer de novo.

 

 

EM MEIO AO FLUXO DAS NOSSAS CONSCIÊNCIAS PERDEMOS A OPORTUNIDADE DE NOS CONHECER MELHOR

 

Encostado no balcão
tomando um porre
por justa causa,
que vai me levar
a lugares incertos
depois que mandarem todos embora.

Você vai chegar e sentar ao meu lado.
Assim como eu, você não veio para dançar,
mas para esperar que um novo dia chegue,
e voltar para casa de madrugada
perto do amanhecer,
tomar um café,
trazendo sua lucidez
levando a ter crises existenciais.
Mas hoje você também está atrás de alguém para compartilhar suas crises,
satisfazer os seus desejos
e imaginou que sou a pessoa certa.

Mas nada vai acontecer entre nós
enquanto você não olhar para mim
e dizer que mora em um hotel cheio de artistas
com garrafas de bebidas na lixeira
leve cheiro de cigarro barato
repleto de poesia e pintura nas paredes.
Um lugar onde eu possa (durante o entardecer) me sentar no chão
e escrever uns poemas
ao redor de pessoas fumando Marlboro
enquanto eu fumo passivamente.

E quando a gente chegasse lá,
espero que o seu café
seja melhor que essas bebidas feitas
a movimentos coreografados,
que não seja adoçado com açúcar,
mas com três gotas de adoçante natural.
Então, ao voltarmos da total lucidez das nossas crises,
saberíamos que Sartre sempre falou a verdade:
ESTAMOS FADADOS A LIBERDADE.
ficaríamos sem nada para fazer,
apenas ser livres para viver
e para encarar as consequências das nossas ações.

Mas depois disso tudo
Só iria acontecer alguma coisa
Se a gente
Derrubasse o resto do café
nas nossas roupas
sem nenhuma estampa legal
para mostrar quem somos

em seguida nos entregaríamos aos prazeres humanos.

Só que provavelmente
Você nem sabe se existe esse lugar,
você nunca comprou adoçante,
abusa no açúcar
pois nunca teve medo de doenças.
Não se preocupa com nada,
sempre esteve preparada para morrer
a qualquer momento.
E ainda por cima, percebo
que está usando uma camisa
do Pearl Jam revelando bom gosto.

E o ruim é que depois
de todos esses devaneios,
a qual você também experimentou
(eu imagino)
não percebemos
que tudo poderia acontecer
se ambos tomássemos coragem
para dizer um simples “oi”
e começar a conversar
até mandarem a gente ir embora.

Lucas Maurílio – Poeta. Começou escrevendo Fanfic com 15 anos, agora, aos 18 encontrou sua voz literária: a poesia, tendo como ídolos Hilda Hilst e Ana Cristina Cesar. Escreve momentos, sentimentos, vividos ou não vividos, mas sentidos, para (de alguma forma) ficar de bem com eles. Pública seus poemas em seu perfil no Instagram: @l.maurilio_

 

Livre Opinião – Ideias em Debate
jornal.livreopiniao@gmail.com

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no Livre Opinião – Ideias em Debate? É só seguir os perfis oficiais no TwitterInstagramFacebook e Youtube. A cultura debatida com livre opinião

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s