Literatices e outras conversas: “Querem matar a literatura portuguesa!”

Nos idos anos de 1990, quando, deliberadamente, a parte destinada à literatura (ficando esta inserida dentro de um contexto maior das “linguagens” – que, a meu ver, parece tudo englobar, mas nada explica especificamente) foi retirada do Exame Nacional do Ensino Médio, lembro que o jornal O Globo publicou uma interessante crônica, intitulada “Querem matar…

Confessionário

Essa é uma casa sem deus. Sem pedestais. Essa é uma casa horizontal: quisera sótão, quisera porão, mas tudo se mistura no carpete mofado da sala. É uma casa de cacos de espelhos distorcidos, de graus confusos. É uma casa de tempo, que passa majestoso. Uma casa de morte, nos lembrando do tempo vivido. Ainda…