Aline Bei: X

  abrindo álbuns vi uma foto minha com o rosto depois do choro, me conheço, o úmido estava discreto mas eu me conheço e li meu olho descendo pro âmago, imagine uma galáxia. é como se por dentro eu não tivesse limite, imagine um pântano. é como se eu me afogasse em mim. naquele dia,…