COLETIVO INOMINÁVEL ESTREIA PEÇA SOBRE O UNIVERSO GAY

Com dramaturgia de Fernando Pivotto e Cezar Zabell, que também assina a direção, INHAI – COISA DE VIADO traz à cena uma reflexão sobre a homofobia no Brasil atual de uma forma política e poética Em INHAI – COISA DE VIADO estudos científicos, fatos históricos e notícias recentes são usados como material cênico pelo Coletivo Inominável, que bebe na fonte dos…

‘Moça quase-viva enrodilhada numa amoreira quase-morta’, de Evandro Affonso Ferreira. Por Jorge Antônio Ribeiro

O poeta, a musa e as palavras. É nas entranhas deste triângulo que Evandro Affonso Ferreira compôs sua narrativa poética com um cuidado que se assemelha ao esmero do escultor ou ao capricho do músico ao realizarem suas obras; este livro remete às imagens que um escultor encontra na pedra e às músicas que um…